Home / Natureza / Cuidar Das Orquídeas Após Floração: O Que Fazer?

Cuidar Das Orquídeas Após Floração: O Que Fazer?

Cuidar das orquídeas após a floração será essencial para garantir que a orquídea venha a ter floração novamente dentro de pouco tempo.

Quando a orquídea dá as suas flores e elas começam a cair, se alguns cuidados não forem tomados, será muito difícil que ela dê flores novamente, e apenas seus galhos e seus bulbos serão presentes.

As orquídeas são flores caracterizadas pela beleza, e muitas delas são utilizadas como plantas de ornamentação, onde seus bulbos, folhas e flores podem encher um ambiente de vida e beleza.

A orquídea é caracterizada por ser uma planta muito resistente, podendo crescer em variados ambientes e climas, porém, as mesmas tem um desempenho bem mais eficaz se tratadas do modo correto e no habitat ideal.

As orquídeas florescem em tempos variados, podendo ser dentro de um mês, ou de 5 meses, e as mesmas tentarão se abrir o quanto for possível para que possam ser polinizadas.

Aa orquídea passa a perder suas flores quando ela é polinizado por insetos e flores, e muitos cuidadores de orquídeas, promovem ideias para que as não sejam polinizadas, e assim garantir que elas tenham suas flores por um período muito mais longo.

Aproveite e acompanhe muitas outras curiosidades sobre as orquídeas aqui em nosso site.

Aprenda A Como Cuidar Da Orquídea Após A Floração

Quando a sua orquídea florir, tenha em mente que dependendo da espécie, ela pode ficar de 1 mês até a 4 meses com as suas flores.

Depois desse período de floração da orquídea, você precisará seguir alguns padrões de tratamento se tem a ideia de permanecer com a orquídea por mais tempo e se quer que ela venha a florescer novamente.

1ª Opção: Deixar A Orquídea Seguir Seu Processo Natural

Uma das alternativas para cuidar da orquídea após a floração, é deixar a natureza seguir seu percurso, e assim não interferir de forma alguma.

Esse processo fará com que as flores caiam e que o galho seque. Se o galho secar, será necessário realizar a poda. Porém, se o galho não secar, uma nova ramificação surgirá de um dos nódulos do caule, promovendo o crescimento de um galho que dará novas flores na próxima estação.

Apesar do tempo de floração ser o mesmo da primeira floração, é interessante observar o desempenho a orquídea tem quando ela é deixada crescer naturalmente.

Esse interesse está baseado no fato de que, a cada floração, a planta em estado natural, apresenta cada vez mais flores e mais ramificações, ficando cada vez mais robusta e resistente.

Se sua ideia é ter orquídeas grandes e bem longas e ramificadas, deixe o processo natural tomar conta, atentando simplesmente ao bem estar da planta, principalmente relativo à poda.

2ª Opção: Induzir O Crescimento De Uma Nova Floração

Para que sua orquídea dê flores novamente, será necessário induzir um novo crescimento, e por isso será necessário cortar seu caule em seu segundo nódulo, perto do substrato. O corte tem que ser feito com uma tesoura bem afiada, para não danificar os vasos da planta e impedir que os elementos sejam distribuídos corretamente.

Após esse corte e indução, será necessário cuidar dela como se fosse uma pequena planta em crescimento novamente, sendo necessário deixar em um ambiente com luz controlada, com um substrato saudável.

Nem sempre é necessário trocar o substrato da planta, apenas se o mesmo se apresentar velho demais.

É necessário cuidar com a irrigação da orquídea no período após a floração, pois não deve ser feita com constância, devendo ser feito apenas quando a planta e substrato ficarem secos.

É necessário uma boa base de escoamento, não podendo a água ficar muito tempo parada na raiz, caso contrário irá reter todo o oxigênio da orquídea, levando-a à morte.

Mulher Ensina Menino a Cuidar de Uma Orquídea
Mulher Ensina Menino a Cuidar de Uma Orquídea

Esse método induz, consequentemente, uma evolução na planta, pois ela já terá passado por uma primeira floração, que já a desenvolveu e já fez ela ter mais “experiência” com a distribuição de elementos, retenção de água e resistência ao clima, bactérias e fungos.

Isso fará com que suas flores cresçam mais rapidamente, maiores e mais viçosas e em maior quantidade. Esse método, apesar de induzido, é bem parecido com o resultado natural da planta.

3ª Opção: Induzir O Crescimento De Um Novo Galho Para Nova Floração

Esse método é muito parecido com o segundo método e também se assemelha com o primeiro, porém, ao invés de realizar um corte no segundo nódulo, o nódulo que deve ser cortado é bem próximo onde as flores estavam antes, lá pelo quinto ou sexto nódulo.

Quando a planta sofre o corte nessa parte superior, ela, instintivamente, curará o corte com o tempo, mas para continuar vivendo, fará com que um dos nódulos abaixo (geralmente o inferior ao corte) seja responsável por desenvolver uma nova ramificação para uma próxima floração.

Orquídeas Floridas
Orquídeas Floridas

O que assemelha esse método do primeiro método, é que, ao invés de esperar que a planta faça isso por conta própria, você estará induzido um processo temerário e com mais urgência.

A floração da orquídea desse modo é normal.

Cuidados Necessários Com A Orquídea Após Floração

É necessário checar as folhas e bulbos das orquídeas e fazer poda daqueles que apresentarem manchas, pois é ali que está concentrados fungos ou bactérias.

Quando houver rega da planta, é bom evitar de regar alguma flor remanescente, as folhas e os bulbos, restringindo a água somente à raiz e ao substrato.

O acúmulo de água em determinadas regiões da orquídea pode fazer com que bactérias se criem e se proliferem.

Independentemente da opção que você utilizar com sua orquídea, resultados positivos serão obtidos.

Se a sua ideia é ter orquídeas em vasos, os métodos que utilizam o corte é o correto, pois assim o foco da planta será nos nódulos para crescimentos posteriores.

Quando a orquídea é criada em estado natural, não somente suas hastes e galhos crescem, mas também as suas raízes, e por isso, caso ela seja criada em vaso, é necessário transportá-la para um recipiente maior.

Veja também

Camelo Australiano: Características, Nome Cientifico, Extinção e fotos

Você sabia que a Austrália possui um grupo de imigrantes que estão no país desde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *