Home / Natureza / Tipos de Pimentas Ardidas (Com Fotos)

Tipos de Pimentas Ardidas (Com Fotos)

Os tipos de pimentas ardidas estão espalhadas por quase toda o mundo.

Afinal, existe algum tipo de pimenta que não ardida?

A pimenta é uma especiaria que foi motivo de muitas investidas europeias pelas Américas no tempo das colonizações, com embarcações passando meses fora com o intuito de colher o máximo de pimenta.

Essas pimentas eram então trazidas para a Europa e comercializada pela África e pela Ásia em geral, desde a Turquia até o Japão e desde a Índia até a Rússia.

O fato da pimenta ter sido uma das especiarias mais comercializadas do mundo se deu ao fato de que a mesma confere muito aroma e sabor à comida.

Estudos posteriores mostraram também os benefícios da pimenta para o corpo, principalmente relativo à digestão.

Alguns Países possuem um amor incondicional pelas pimentas ardidas, enquanto outros Países preferem pimentas mais palatáveis.

Os Países que mais consomem pimentas no mundo ficam a Ásia e nas Américas, como a Índia, o Japão, o México e a Colômbia.

Na América do Sul existem as pimentas mais ardidas do mundo, nativas do Norte, como na Colômbia e Equador.

Neste post será falado sobre os tipos de pimentas de pimentas ardidas que existem, mostrando as pimentas mais ardidas e as menos ardidas e as mais e menos consumidas, consequentemente.

Acompanhe todas as informações e aproveite para checar outros conteúdos altamente interessantes:

Tipos de Pimentas Ardidas: Entenda Porque Elas Ardem

Muitos agricultores se referem à ardência da pimenta como sendo seu veneno, dessa forma é comum notar que algumas pessoas falem que uma pimenta é mais venenosa que outra, mas isso não significa que as pimentas possuem algum tipo de veneno.

Esse “veneno”, na verdade, é chamado de capsaicina, que é o elemento responsável por provocar essa ardência, que pode provocar muito desconforto com captada pelas células presentes da língua.

Os sintomas que uma pimenta causa estão baseadas na ardência da língua e garganta e lacrimejamento dos olhos. Nesses casos, muita água fresca é o ideal a ser consumido até a ardência passar.

Portanto, as pimentas são escaladas como sendo uma mais forte que a outra devido ao seu grau de capsaicina, que possuirão números bem distintos. Pimentas como a malagueta, a bhut jolokia e a trindad scorpio, por exemplo, são todas ardidas, entretanto, seus níveis de capsaicina são bem distintos, e isso significa que apesar se serem ardidas, algumas são muito mais ardidas que outras.

Quer Conhecer Os Tipos De Pimentas Ardidas? Conheça Todos Os Níveis

As pimentas são especiarias consumidas desde a época das colonizações portuguesas, que datam dos anos de 1500.

E desde aquela época novas espécies foram sendo encontradas, consumidas e comercializadas, onde as pessoas conheciam sua ardência através de seus formatos e cores, pois as pimentas se diferem nesses aspectos, o que facilitava suas identificações.

Entretanto, foi apenas em 1912 que houve a oficialização da ardência das pimentas, através de uma tabela criada pelo farmacêutico Wilbut Scoville, que classificava cada pimenta conhecida através dos níveis de capsaicina presente nas mesmas.

Ou seja, essa escala, também conhecida como a Escala de Scoville, ou até mesmo Escala Scoville, foi um estudo realizado para determinar o grau de ardência de cada pimenta comercializada no mundo.

Você pode conferir os valores de cada pimenta analisando a tabela abaixo:

Ver a imagem de origem

Através dos estudos de Scoville, é possível, hoje em dia, ficar bastante atento à ardência de determinadas pimentas usadas na culinária ao redor do mundo.

Pimenta Ardida Pode Matar?

Afinal, é possível que a ingestão de capsaicina em determinado nível possa levar alguém a morrer? Gostaríamos que essa dúvida fosse respondida de forma clara aqui nesse post para vocês! Portanto, acompanhem.

Sabe-se que os pássaros não sofrem os efeitos da capsaicina, e por isso são eles os principais responsáveis por dispersar as sementes que permitem que as pimentas sejam distribuídas pela natureza.

Comendo Pimenta Ardida
Comendo Pimenta Ardida

Já para os humanos, a capsaicina em níveis altos pode ser muito desconfortável, e para pessoas que não acostumadas com os molhos extremamente fortes, alguns efeitos colaterais podem ocorrer, tal como desmaio, vômitos, enjoo, desconforto abdominal, falta de ar e uma ardência insuportável.

Pessoas que possuem problemas digestivos e problemas respiratórios, é importante evitar altos níveis de capsaicina, pois seus efeitos podem ser muito negativos e podem, inclusive, auxiliar em efeitos pré-existentes.

Porém, para que um tipo de pimenta ardida chegue a matar alguém, doses sem medidas precisariam ser ingeridas, da pimenta mais forte existente, pois o corpo humano entra em trabalho de contenção para remover a capsaicina.

Vale lembrar que a capsaicina pura não existe de forma natural, e só pode ser adquirida em laboratórios através da remoção feita por profissionais.

Mortes já foram constatadas pelo uso de spray de pimenta, como a do jovem Mackenzie Cochran, porém, a causa oficial da morte foi devido a falta de ar propiciada pelo uso do spray somada com o fato de terem pressionado o peito e costa, impedindo o mesmo de respirar.

Ou seja, o risco de alguém morrer através da ingestão de pimentas ardidas é mínimo.

Curiosidades Sobre Tipos De Pimentas Ardidas

  • Os tipos de pimentas mais consumidas no mundo são os pimentões e a pimenta-preta (pimenta-do-reino).
  • A capsaicina não está na semente da pimenta, e sim no invólucro que a prende, chamada de placenta.
  • A pimenta mais ardida do mundo é a Trindad Scorpio, encontrada no norte da América do Sul, no País de Trindad e Tobago, País da América Central.
  • As plantas são frutos, e não legumes, como muitas pessoas pensam.
  • A capsaicina acelera o metabolismo e também ajuda na queima de carboidratos, o que significa que ela auxilia no emagrecimento, se ingerida sem exageros.
  • Caso seja ingerida em excesso, a capsaicina pode ferir as paredes interna no corpo e causar sangramentos microscópicos que com o tempo podem se agravar.
  • O corpo, quando ingere pimenta, cria mucosas para proteger o contato da capasaicina com as paredes internas.

Veja também

Camelo Australiano: Características, Nome Cientifico, Extinção e fotos

Você sabia que a Austrália possui um grupo de imigrantes que estão no país desde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *