Home / Animais / Reprodução das Maritacas, Filhotes e Tempo de Gestação

Reprodução das Maritacas, Filhotes e Tempo de Gestação

As maritacas (gênero taxonômico Pionus) são aves muito próximas (ao nível de classificação científica) dos papagaios e periquitos. Recebem uma variedade de outras nomenclaturas, tais como maitaca, baetá, baiatá, baita, curica, Humaitá, maitá, maetá, puxicaraim, e etc.

Possui uma variedade de espécies conhecidas no leste da América do Sul, no Paraguai, Norte da Argentina, Sul da Bolívia e na faixa que se estende às regiões brasileiras do Nordeste ao Sul (envolvendo também os estados do Centro-Oeste, tais como Minas Gerais e Mato Grosso).

Estas aves apresentam uma expectativa de vida relativamente alta, estimada em 30 anos, e são endêmicas em hábitats como mata alta, pinherais e matas ciliares.

Neste artigo, você conhecerá importantes características sobre essas aves, incluindo aspectos relacionados ao seu padrão reprodutivo, tais como a quantidade de filhotes e o tempo necessário para completar uma gestação.

Então venha conosco e boa leitura.

Considerações Sobre os Psitacídeos

Atualmente, existem mais de 300 espécies de psitacídeos no mundo, sendo que algumas subespécies e raças foram obtidas através de cruzamento artificial.

A grande procura por essas aves (consideradas belas e exóticas) gerou atividades de comércio ilegal. Acredite se quiser, mas estas aves estão entre os animais mais ameaçados de extinção no mercado interno. Para inibir o comércio ilegal, a população pode contribuir, ao verificar a procedência de uma ave antes de compra-la, e, é claro, registrá-la com autorização do IBAMA.

Ao serem retiradas da natureza, para criação em sítios, chácaras, e até mesmo ambientes domésticos, essas aves possuem grande facilidade de manejo, sendo preciso estar atento à alimentação regular e limpeza do local de criação.

Essas aves já foram vistas como grande símbolo de riqueza na Índia. Disseminaram-se para o mundo através da América do Sul, Austrália e África.

Quando Cristóvão Colombo voltou do sudoeste da Ásia, trouxe em sua bagagem diversas especiarias culinárias e a ave papagaio.

Falando em papagaios, eles juntamente com as araras são considerados os psitacídeos mais famosos. Possuem uma forte associação às florestas tropicais do hemisfério Sul. Um grande exemplo dessa imagem cultural é o personagem brasileiro da Disney: o papagaio Zé Carioca.

Maritacas Classificação Taxonômica

A classificação científica para as maritacas obedece à seguinte estruturação:

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Aves;

Ordem: Psittaciformes;

Família: Psittacidae;

Gênero: Pionus.

Maritacas Listagem de Espécies

Entre as espécies de maritacas, estão inclusas a maritaca-de-cabeça-azul (nome científico Pionus menstruus), a maritaca-de-peito-vermelho (nome científico Pionus sordidus), a maritaca-verde (nome científico Pionus maximiliani), a maritaca-de-testa-branca (nome científico Pionus senilis), a maritaca-de-cara-manchada (nome científico Pionus tumultuosus), a maritaca-asa-de-bronze (nome científico Pionus chalcopterus) e a maritaca-roxa (nome científico Pionus fuscus).

Maritacas Características Físicas

A média de comprimento varia entre 27 a 29 centímetros, ao passo que o peso está compreendido entre 230 a 250 gramas.

A cauda é curta e de cor azul. Ao redor dos olhos, há uma área sem pêlos. A cor do bico é cinza-escuro, com marcas vermelhas lateralmente nas mandíbulas.

A cabeça possui penas com coloração predominantemente verde, quase enegrecida e poucas penas em tom azul. A cabeça é considerada relativamente grande em relação às dimensões corporais.

Não apresenta dimorfismo sexual, ou seja, diferenciação entre machos e fêmeas, logo para identificar a sexualidade é necessário realizar um exame de DNA (através da coleta de algumas gotas de sangue, assim como 4 a 5 penas), ou exame de laparoscopia (com o objetivo de visualização interna dos órgãos sexuais).

Maritacas Padrão Comportamental

Como técnica de voo e manutenção dessas aves no ar, as maritacas possuem certa diferenciação em relação aos demais psitacídeos, uma vez que levantam as suas mãos um pouco mais abaixo do corpo. Acredite, se quiser, mas em voos de curta distância, dentro das matas, elas conseguem voar sem fazer qualquer ruído. No entanto, essas ocorrências são raras, pois esses animais são considerados muito barulhentos.

Podem voar em pares ou em bandos de até 100 indivíduos. Os hábitos são diurnos, principalmente realizados no início da manhã.

Sons comuns às maritacas são as onomatopeias “Krak” e “maitaca-maitac”.

Maritacas quando sacodem vigorosamente a plumagem, estão manifestando uma sensação de susto.

Um comportamento bastante observado, principalmente em maritacas criadas em cativeiro, é o som de estalo, produzido quando a mandíbula ‘fricciona’ a superfície do palato. Esse som está diretamente relacionado à manifestação de satisfação e tranquilidade.

Maritacas Alimentação

As maritacas são animais frugívoros.

Na hora de procurar alimentos, há uma técnica específica: essas aves sobem tanto nas copas das árvores mais altas, como nos arbustos frutíferos (podendo utilizar o bico como terceiro pé).

As patas auxiliam bastante na hora da alimentação, uma vez que conduzem a comida até a boca.

Não consomem apenas os frutos, como também os brotos, flores, folhas (principalmente as do eucalipto) e as sementes. Uma curiosidade é que essas aves preferem às sementes às polpas das frutas.

As frutas favoritas são os cocos de palmeiras, no entanto, também há grande procura por embaúbas, mangueiras, jabuticabeiras, goiabeiras, mamoeiros e laranjeiras.

Reprodução das Maritacas, Filhotes e Tempo de Gestação

O período de acasalamento ocorre geralmente entre os meses de Agosto a Janeiro. A fêmea põe de 3 a 5 ovos brancos, os quais são chocados durante um período compreendido entre 23 a 25 dias.

Os locais escolhidos para ninhos são troncos ocos de palmeiras ou outras árvores. O casal (macho e fêmea) permanece junto dentro do ninho. Ao ouvirem ruídos suspeitos, colocam metade do corpo para fora do ninho, como estratégia para inspecionar o local. Geralmente, sai um indivíduo após o outro, em absoluto silêncio.

Ao nascerem, os filhotes são completamente dependentes dos pais (ou seja, altriciais, segundo termo a zoologia), e permanecem no ninho até os 2 meses de idade (de 55 a 60 dias, para ser mais preciso).

*

Agora que você já conhece bastante sobre as maritacas, incluindo aqui importantes informações sobre a reprodução dessas aves, continue conosco e visite também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade sobre zoologia, botânica e ecologia de modo geral. Material muito útil para realização de pesquisas escolares e aumento do acervo de conhecimento dos curiosos de plantão.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Globo Rural. Psitacídeos. Disponível em: <http://www.globo.com/GloboRural/0,6993,EEC1510080-4530,00.html>;

Portal São Francisco. Maitaca. Disponível em: <https://www.portalsaofrancisco.com.br/animais/maitaca>;

Wikipédia. Maitaca. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Maitaca>.

Veja também

Tubarão Tigre é Perigoso? Ele Ataca? Gigante, Características e Fotos

O tubarão tigre é uma espécie de tubarão que recebe esse nome em razão de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *