Home / Animais / Época do Ano Que as Maritacas Chocam, e Quanto Botam Ovo

Época do Ano Que as Maritacas Chocam, e Quanto Botam Ovo

As aves possuem suas próprias particularidades em relação ao outros animais, em especial, quando se trata do período de reprodução. Algumas das mais conhecidas de nossa fauna são as maritacas, e que também possuem suas próprias características reprodutivas.

Vamos saber um pouco mais sobre isso?

Características Gerais das Maritacas

Maritaca, caso você ainda não saiba, é a designação comum pela qual são chamadas várias espécies de aves psitaciformes, que são muito semelhantes aos papagaios, inclusive, mas, que possuem uma expectativa de vida menor em relação a estes, girando em torno de 30 anos, mais ou menos. Nos aspectos mais físicos, as maritacas medem por volta de 29 cm de comprimento, e pesam mais ou menos 250 g.

Outras características de sua aparência é que as suas caudas, geralmente, são curtas e azuis, possuindo uma zona na cabeça, em volta dos olhos, que não tem penas. O bico, na maioria dos casos, é cinza-escuro, com manchas avermelhadas nas laterais das mandíbulas. Estão presentes na maioria das regiões brasileiras, cujos habitats podem ser florestas úmidas, savanas e áreas cultivadas, desde o nível do mar, até em altitudes de 2.000 m. Os hábitos são, geralmente, diurnos, especialmente, no começo da manhã.

Gostam muito de voarem em bandos, onde, muitas vezes, podem chegar a ter um total de 50 indivíduos nesses grupos. A alimentação dessas aves é básica, sendo constituída de frutas e sementes em geral. A procura por esses alimentos pode se dar tanto nas copas mais altas das árvores, como em certos arbustos. Inclusive, para subirem nas árvores, fazem o uso do seu bico, que acaba funcionando como uma espécie de “terceiro pé”. Curiosamente, apreciam mais comer as sementes do que a polpa das frutas.

Outra característica interessante dessas aves é como elas gostam de se manter no ar, que é batendo as asas, e levantando-as mais abaixo do corpo. Se a distância é curta, e o voo é em plena mata, não provocam o mínimo ruído sequer, o que mostra que são aves demasiadamente cautelosas.

Agora, sim, vamos falar dos aspectos reprodutivos dessas aves.

Reprodução das Maritacas

Na maior parte dos casos, as maritacas se reproduzem entre os meses de agosto e janeiro. Bastante reservados nesse sentido, os casais formados dessas aves se afastam do grupo em que estão, indo à procura de um abrigo para o seu ninho, e que geralmente ficam em ocos de árvores altas (quanto mais alta, melhor, inclusive). Os casais de maritacas, por sinal, na maior parte dos casos, ficam juntos a vida toda. curioso notar ainda que as demonstrações de afeto entre eles podem ser observadas durante todo o ano, como, por exemplo, o toque entre bicos, ou alimentando um ao outro,entre outras atitudes, o que faz com que possamos classificar essa ave como sendo “romântica”.

O local do ninho, quando encontrado, é forrado com as próprias penas das fêmeas. Estas, por sua vez, põem de 3 a 5 ovos brancos, cujo período de incubação será de aproximadamente 25 dias. Interessante notar ainda que o macho dessas aves permanece durante o dia no ninho, como uma espécie vigilante atento a qualquer sinal de perigo. Nesse aspecto, a partir do momento em que o par de maritacas ouve algum ruído estranho, que pode ser sinal de que algum predador se aproxima, ambos ficam a meio corpo fora do ninho, inspecionando os arredores. Se for necessário, eles saem (um após o outro), em silêncio, podendo ficar horas na entrada do ninho até que pareça estar tudo bem.

Já os filhotes são totalmente dependentes dos pais (aos quais chamamos de altriciais), e só saem dos ninhos com mais ou menos 60 dias de vida. Porém, ao nascerem, são totalmente desprovidos de penas, e completamente cegos. A dieta que esses filhotes comem é de origem estritamente vegetal, mas, com o passar do tempo, insetos também podem fazer parte do cardápio. Depois de cerca de 2 meses de idade, finalmente os filhotes de maritaca estão aptos a saírem dos ninhos.

Uma informação curiosa é que o sexo das maritacas não é visível, sendo necessário um exame de sexagem ou de DNA para averiguar se a ave é macho ou fêmea.

Cuidado de Um Filhote de Maritaca

Suponhamos que você encontre um filhote abandonado de maritaca, e queira cuidar dele, o que fazer para salvar a vida do bichinho? Bem, primeiro de tudo, se você encontrou o filhote sem plumas, muito provavelmente, ele é bem novo, tendo entre 20 e 30 dias de vida apenas. Nesse caso, a pequena ave deverá ser alimentada com pasta de bucho para louro, um composto que tem os nutrientes necessários para o filhote crescer de maneira saudável. Ele é encontrado em pet shops e lojas especializadas em aves.

Já o processo de alimentação do filhote de maritaca requer certo cuidado. Coloque o alimento numa seringa, e com muito jeito vá fazendo pressão na comida, ajudando a animalzinho a comer. Caso seja muito pequeno, o filhote precisa se alimentar cerca de 8 vezes ao dia. No entanto, se ele for maior, você pode ir espaçando o tempo de acordo com as necessidades do animal, informação essa que você pode ter no local onde for comprar a comida dele. Uma dica: para saber se o filhote precisa se alimentar, apalpe o papo dele. Estando cheio, deixe a comida para depois.

Quando completar 50 dias de vida, a maritaca jovem já pode se alimentar de outros tipos de comida. Começando a ganhar penas, uma boa recomendação é fazer uma mistura de farinha láctea com água ou gema de ovo cozida com maçã ralada. É só aquecer um pouco os ingredientes e dar em temperatura média para o bichinho. Aos poucos, vá introduzindo na alimentação frutas, legumes e sementes de um modo geral. Depois de tudo isso, a maritaca já pode comer ração junto com esses outros produtos.

E, claro, não se esqueça de deixar um bebedouro na gaiola. Esta, por sinal, precisa ser uma especial para filhotes, que é menor e mais segura para o seu tamanho e fragilidade. Depois de 50 dias de vida, no entanto, você já pode colocar o filhote de maritaca em uma gaiola para adultos.

Veja também

Ciclo de Vida do Pepino-do-Mar: Quanto Tempo Ele Vive?

Os pepinos-do-mar são os principais representantes da comunidade conhecida como Holothuroidea. Essa é uma comunidade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *