Home / Natureza / Sua Roseira Secando? Descubra O Que Fazer

Sua Roseira Secando? Descubra O Que Fazer

Ter uma roseira é o sonho de muitas pessoas, além de ser um processo delicado, que exige horas de dedicação e atenção, além de ser uma atividade dispendiosa, que necessita de total atenção na hora do cultivo e manutenção, e ver uma roseira secando não é nada bom, já que fora tão trabalhoso para que a mesma crescesse de forma saudável.

Leia esse artigo e aprenda tudo o que precisa ser feito para que a roseira não venha a secar, e caso venha, aprenda como reverter o processo e reativar a circulação das folhas e galhos, para que a roseira retome o aspecto anterior.

Os cuidados com as roseiras serão sempre os mesmos, independente do tipo de roseira: seja em vasos, seja em terra, seja dentro de casa, seja fora de casa.

Em todos os locais haverá a possibilidade de contaminação por ácaros ou pragas que podem aparecer devido a falta de manejo com a roseira, ou devido a insalubridade do ambiente, ou devido a temperatura desregular a qual uma planta como a roseira está instalada.

as roseiras necessitam de cuidados quase que diários e uma observação conspícua, pois suas flores são atrativas e as mesmas são aptas a chamar insetos polinizadores, além de larvas que adoram se deliciar se seu broto, pólen, caule e galhos.

Formas De Prevenir Que A Sua Roseira Seque

Antes de tratar das folhas secas, o mais correto é fazer com que as mesmas não venham a secar, já que depois de secas o processo é mais demorado até que as folhas venham a ter vida plena novamente.

Observe as dicas abaixo para prevenir sua roseira de secar.

  • 1. Controle Da Temperatura da Roseira

As roseiras, em 100% do casos, exigem um temperatura controlada, diferentemente do que muitas pessoas acham, que é deixar a planta debaixo do sol, cujo efeito causticará as folhas, galhos e caule da roseira.

As roseiras, apesar de se encontrarem em estado selvagem, só atingem plenitude quando há intermitência entre sol e sombra.

  • 2. Ambientação da Roseira

O local em que a roseira será plantado, deve ser muito bem ponderado, pois é possível que ela venha a secar se estiver num ambiente enclausurado, isto é, em um ambiente muito fechado, ou em locais que apresentar constantes fatores externos, como elevação e diminuição de temperatura (ambientes com ar-condicionado, por exemplo).

  • 3. Controle da Rega da Roseira

Muitas pessoas acabam por perder não só roseiras, mas vários tipos de plantas, pelo simples fato de pensarem que as mesmas necessitam de regas constantes, onde tais pessoas vem a encharcar o solo.

Quando há presença de charcos de água no solo da roseira, a mesma irá ficar privada de oxigênio, e por consequência, começará a apresentar sinais de seca, começando pelas folhas e brotos.

  • 4. Poda Correta da Roseira

A melhor forma de fazer com que a roseira sempre apresente um bom aspecto, é realizar a manutenção através da poda e limpeza, removendo todos as ramificações desnecessárias, principalmente as que ficam por baixo e não recebem luz, assim como folhas mortas e até mesmo rosas murchas.

Os espaços podados darão lugar a novas ramificações, ou seja, a poda estimula a planta a produzir mais.

  • 5. Prevenção e Cuidados Com a Roseira

A roseira é o cardápio ideal de vários insetos, não obstante a rosa ser atrativa o suficiente para atrair a atenção de inúmeros polinizadores. Mas, afinal, o que isso tem a ver?

É necessário fazer com que a roseira seja protegida desses fatores, se a ideia é a de que ela continue plena e bonita por duradouros anos, e não somente por efêmeros meses.

Nesse aspecto, é preciso atentar até mesmo para a adubação da roseira, que se, por acaso, for feito através de alimentos orgânicos, o mesmo atrairá muito insetos, que poderão se instalar nos caules da roseira e virem a consumir seus nutrientes, e por consequência, deixando-a seca.

Como foi dito no começo do artigo, ter uma roseira exige vários cuidados e prevenções, caso contrário, sua vida útil será reduzida em muitos anos.

Aproveite também, e aprenda mais sobre roseiras, acessando:

Descubra O Que Fazer Com As Folhas Da Roseira Secando

A partir do momento em que as folhas da roseiras apresentarem aspectos secos, significa que algum dos elementos acima está em ação, e que é hora de tomar medidas para fazer com que as mesmas parem de secar.

Observe algumas medidas do que deve ser feito para fazer com as roseira para de secar.

  • 1. Faça Uma Limpeza Geral Ao Redor Da Roseira

Muitas vezes, ervas daninhas ou plantas pequenas estão absorvendo os nutrientes da roseira, fazendo a mesma definhar de forma vagarosa, mas que um dia apresentar-se-á visualmente, e por isso a manutenção nesse sentido é necessária.

  • 2. Limpe A Roseira Completamente, Mesmo Que Ela Fique Sem Rosas Ou Sem Folhas

Sim, faz parte do processo de renovação da roseira, quando a mesma está secando, remover tudo o que estiver seco, quebrado ou feio, na medida correta para que tudo possa crescer novamente, pois quando voltar a crescer, crescerá mais resistente.

  • 3. Faça Uma Limpeza Externa Minuciosa Da Roseira

Só porque é uma planta, não significa que a roseira não necessite de limpeza e cuidados superficiais. É muito comum que inúmeros ácaros cresçam em pequenas áreas que apresentam acúmulo de água, como reentrâncias de galhos, folhas ou pétalas. Nesse sentido, usar um algodão para secar tais áreas é um requisito importante.

  • 4. Use Repelentes Naturais Para Proteger A Roseira

Podem ser feitos de forma caseira ou podem ser comprados em floriculturas. Os repelentes são itens importantes para proteger a vida útil das roseiras, evitando, principalmente, insetos polinizadores, já que, após polinizada, a rosa não mais verá motivo para viver, pois já cumpriu seu dever natural, e começará, por consequência, a definhar.

  • 5.  Adube a Terra Com os Componentes Corretos

Às vezes, a terra em que a roseira está, apresenta muita argila ou potássio, dessa forma, é necessário comprar uma fórmula de adubamento que deixe o solo mais úmido e próprio para o consumo de água por parte da planta.

Veja também

Nome Popular da Graviola e Nome Científico Da Fruta e Do Pé

A graviola, de nome científico Annona muricata, é uma fruta amplamente difundida no território brasileiro, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *