Home / Animais / Tipos de Lagartos Venenosos e Suas Características

Tipos de Lagartos Venenosos e Suas Características

 

Os lagartos são reptéis muito abundante no planeta, corresponde a um quantitativo de aproximadamente 5.500 espécies, as quais estão distribuídas em 14 famílias. Os lagartos integram a ordem taxonômica Squamata, juntamente com as serpentes. O nome desta ordem faz alusão ao corpo revestido por escamas.

Dentro deste universo de múltiplas espécies, apenas 3 são consideradas venenosas (felizmente, nenhuma endêmica no Brasil). Tal venenoso é demasiadamente concentrado e com potencial para matar um ser humano.

As espécies em questão são o famoso Dragão-de-Komodo, o monstro-de-Gila e o lagarto-de-Conta.

Neste artigo, você um pouco mais sobre as espécies de lagartos venenosos, assim como características gerais sobre os lagartos.

Então venha conosco e boa leitura.

Lagartos: Diversidade de Comprimento Entre as Espécies

Em razão da grande diversidade de espécies, o comprimento corporal também pode variar significativamente entre estas, uma vez que estão presentes tanto espécies com menos de 2 centímetros quanto espécies com quase 3 metros de comprimento. No entanto, em períodos pré-históricos, os valores máximos eram ainda maiores, havendo registros de um lagarto com comprimento superior a 7 metros e peso superior a 1000 quilos (no caso, o lagarto Megalania, presente na Austrália).

Varanus Priscus

Por muito tempo, nas eras pré-históricas, os lagartos apresentaram tamanho reduzido- principalmente em razão da competição por alimentos e dieta basicamente insetívora. Com a extinção dos dinossauros, os lagartos passaram a atingir comprimentos cada vez maiores, culminando na espécie Megalania (nome científico Varanus priscus).

Atualmente, existem poucas espécies de lagarto com grande comprimento corporal. Cerca de 80% das espécies são pequenas.

Lagartos: Características Anatômicas Gerais e Específicas

A maioria das espécies possuem 4 membros locomotores, sendo, portanto, classificados como tetrápodes. No entanto, existem espécies que possuem 2 ou nenhum membro, os quais curiosamente também são classificados como tetrápodes.

O corpo revestido por escamas é unanimidade entre esses animais. Grande parte das espécies também possui cabeça em formato triangular e cauda longa (a qual frequentemente pode ser descartada em movimento para despistar predadores).

As escamas são na verdade placas, podendo ser lisas ou rugosas. As cores mais frequentes são o marrom, cinza e verde.

Alguns lagartos, todavia, possuem características anatômicas consideradas únicas, tais como presença de chifres ou espinhos. Certas espécies podem apresentar até mesmo pregas de pele adicionais nas laterais do corpo. Essas pregas de pele podem assemelhar-se a asas, tanto fisicamente quanto em termos de função- uma vez que permitem que os lagartos planem de uma árvore para outra.

Lagartos: Hábitos e Comportamentos

Os lagartos são animais ectodérmicos, vulgarmente chamados de “animais de sangue frio”, logo precisam de auxílio externo para regular sua temperatura corporal. A maioria das espécies é encontrada em áreas tropicais úmidas ou desertos secos.

Com exceção das lagartixas, a maioria das espécies é ativa durante o dia, repousando durante a noite.

Lagartos

Algumas espécies são capazes de modificar a coloração, assumindo tons mais vivos e vibrantes (como é o caso do camaleão). A mudança de coloração pode estar relacionada à necessidade de atração do sexo oposto, de assustar algum outro animal ou necessidade de comunicação entre outros indivíduos da mesma espécies. Em alguns casos, fatores externos tais como iluminação e temperatura podem influenciar estas mudanças de cores.

A cauda é um instrumento poderoso que muitas espécies utilizam para escapar de seus inimigos. Sob ataque, ela se desprende do corpo e fica se retorcendo no chão- funcionando como excelente fator de distração, enquanto o lagarto escapa.

Tipos de Lagartos Venenosos e Suas Características: Monstro-de-Gila

O monstro-de-Gila (nome científico Heloderma suspectum) é encontrado no Sudoeste das Américas Centrais e do Norte (compreendendo os Estados Unidos e México).

O comprimento pode atingir até 60 centímetros. A coloração é reta com listras rosadas. É possível perceber que as escamas formam um textura semelhante a pequenos nódulos.

Possui veneno potentíssimo, o qual é inoculado através de dois dentes incisivos muito afiados presentes na mandíbula. Tal veneno possui efeito imediato.

Tipos de Lagartos Venenosos e Suas Características: Lagarto-de-Contas

O lagarto-de-contas (nome científico Heloderma horridum) é uma espécie encontrada principalmente no México e Sul da Guatemala.

Sua coloração é de um preto quase opaco, com presença de listras na cor amarela.

Comprimento e largura podem variar de acordo com a subespécie (sendo em número de 4). Tal comprimento pode variar entre 24 centímetros a 91 centímetros.

Heloderma Horridum

As escamas também possuem um padrão visualmente semelhante ao de pequenos nódulos.

A cauda é pequena e utilizada para armazenar gordura, sobretudo durante períodos de estivação (estado de dormência induzida em circunstâncias de adversidades ambientais).

Esta espécie não é capaz de recuperar partes perdidas de seu corpo (tal como a cauda, para maioria das espécies).

Tipos de Lagartos Venenosos e Suas Características: Dragão-de-Komodo

O dragão-de-Komodo (nome científico Varanus komodoensis) é uma espécie robusta, com comprimento de até 3 metros e peso de até 70 quilos (embora alguns exemplares possam atingir até 91 quilos quando em cativeiro).

O maior exemplar já registrado media 3,13 metros de comprimento e pesava incríveis 166 quilos.

A altura média é de 40 centímetros.

Suas dimensões incomuns podem ser justificadas pela ausência de outros animais carnívoros/ predadores que possam competir com os mesmos em seus locais de distribuição geográfica. Tal distribuição inclui as ilhas Rinca, Komodo, Gili, Flores, Motang e Sítio Alegre- todas localizadas na Indonésia.

São lagartos carnívoros, embora comam principalmente carniça. Todavia, também são capazes de emboscar a presa com maestria. O olfato apurado permite localizar um animal morto a cerca de 9,5 Km.

Além da ação do veneno, as mordeduras da espécie também podem resultar em quadros graves de infecção bacteriana- uma vez que a saliva destes lagartos contém 28 estirpes gram-negativas e 29 gram-positivas.

A espécie conta com paterngênese, isto é, não obrigatoriedade do macho para fecundação.

A existência do Dragão-de-komodo foi documentada pela primeira vez no ano de 1910. Embora os ataques a humanos seja raros, alguns já foram documentados.

*

Depois de conhecer muitas informações sobre os lagartos, sobretudo das espécies consideradas venenosas; nossa equipe o convida a continuar conosco para visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

National Zoo. Komodo Dragon. Disponível em: < https://nationalzoo.si.edu/animals/komodo-dragon>;

RIBEIRO, P.H. P. Infoescola. Lagartos. Disponível em: < https://www.infoescola.com/biologia/lagartos/>;

TROOPER, W.; MURPHY, J. J.; CLAUDIO, C.; COLOMBA DE LA PANOUSE (2002). Komodo Dragons: Biology and Conservation (Zoo and Aquarium Biology and Conservation Series)Washington, D.C.: Smithsonian Books. isbn 1-58834-073-2;

Wikipédia. Dragão-de-Komodo. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Drag%C3%A3o-de-komodo>;

Wikipédia. Lagarto-de-contas. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Lagarto-de-contas>;

Wikipédia. Monstro-de-Gilas. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Monstro-de-gila>;

Veja também

Animais que Começam com a Letra O: Nome e Características

Em linhas gerais, os animais são classificados como seres vivos multicelulares, eucariontes e com padrão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *