Home / Animais / Lagarto Calango Seringueiro: Características, Hábitat e Fotos

Lagarto Calango Seringueiro: Características, Hábitat e Fotos

Os lagartos são reptéis bastante abundantes, correspondendo a um quantitativo de aproximadamente 6.000 espécies- com ampla variedade, desde as conhecidas e pequeninas lagartixas domésticas até o famigerado e grandioso dragão-de-Komodo (com quase 3 metros de comprimento).

Aqui no Brasil, estão presentes cerca de 248 espécies, correspondendo a um total de representantes para 14 famílias.

Algumas das famosas espécies encontradas por aqui incluem o calango-verde (nome científico Ameiva ameiva) e o lagarto calango seringueiro (nome científico Plica plica).

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre os lagartos, em especial sobre a espécie lagarto calango seringueiro.

Então venha conosco e boa leitura.

Definição de Calango

A terminologia “lagarto” é muito abrangente e pode dizer respeito tanto a indivíduos com poucos centímetros de comprimento, quanto a indivíduos com alguns metros de extensão. O termo “calango” pode ser utilizado para referir-se a lagartos pequenos que não sejam agressivos e meçam até 30 centímetros de comprimento. Contudo, é importante considerar que o termo “calango” é extremamente popular e pode ser utilizado apenas em contextos informais. Para outras ocasiões, permanece o uso da palavra “lagarto” para todas as espécies.

Tropidurus

Popularmente, refere-se como calangos, os lagartos da família taxonômica dos teídeos ou da família Tropiduridae (com destaque para os gêneros Tropidurus e Cnemidophorus). Tais lagartos costumam alimentar-se de pequenos insetos. Ao perceberem ameaça, escondem-se em buracos e fendas. Ao serem capturados, costumam ficar imóveis, fingindo estarem mortos. Mesmo sendo bastante confundidos à lagartixa doméstica, são geralmente maiores do que esta.

Conhecendo Algumas Espécies de Lagartos Encontradas no Brasil

Os lagartos encontrados no Brasil podem ocupar os mais variados ambientes e substratos. Podem ser classificados como terrícolas (quando desenvolvem a maior parte das atividades no chão), arborícolas (quando passam a maior parte do tempo sobre alguma vegetação), fossoriais (quando permanecem a maior parte do tempo em galerias no subsolo); ou ainda podem ser semi-aquáticos (estando frequentemente na proximidade de rios).

Acredita-se que a espécie de lagarto mais conhecida por aqui seja a lagartixa-de-parede (nome científico Hemidactylus mabouia). Esta espécie, contudo, é oriunda da África e provavelmente teria sido introduzida no Brasil através dos navios negreiros.

Em termos de continente americano, as Américas Central e do Norte abrigam 2 espécies de lagartos peçonhentos (no caso, o monstro-de-Gila e o lagarto-de-contas). Todavia, não existem lagartos venenosos no Brasil, embora alguns pantaneiros acreditem que o lagarto local Dracaena paraguayensis (popularmente conhecido como “víbora”) seja venenoso.

O calango verde (nome científico Ameiva ameiva) é muito popular por aqui, tal como a iguana verde (nome científico Iguana iguana)- bastante utilizada como pet.

A iguana verde pode apresentar até 40 centímetros de comprimento, sendo encontrada na Amazônia, Nordeste, Centro-Oeste e talvez Sudeste. Mesmo sendo considerada pet, esta mesma espécie pode é utilizada como alimento por alguns povos da Amazônia.

O lagarto teiú ou teju-açú (nome científico Salvator merianae) é a espécie mais procurada para alimentação. Na natureza, alimenta-se de fungos e possui grande importância no processo de dispersão das sementes.

Lagarto Calango Seringueiro: Classificação Taxonômica

A classificação científica para o lagarto calango seringueiro obedece à seguinte estruturação:

Domínio: Eucariontes;

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Reptilia;

Ordem: Squamata;

Subordem: Iguania;

Família: Tropiduridae;

Gênero: Plica;

Espécie: Plica plica.

Plica plica

Lagarto Calango Seringueiro: Características, Hábitat e Fotos

O lagarto calango seringueiro (nome científico Plica plica) também pode ser conhecido pelos nomes de taquaré, tamaquaré, lagarto pintado de árvore, corredor pintado de árvore (sendo estes últimos termos trazidos de tradução livre para o inglês) e Wakanama (terminologia em especial recebida na Guiana).

As fêmeas possuem comprimento médio de 15 centímetros, ao passo que os machos frequentemente excedem 17 centímetros.

Em razão da necessidade de fixar-se a troncos verticais de árvores, o corpo possui uma conformação achatada. A coloração é predominantemente em tom verde azeitona ou amarronzado, contando com a presença de manchas na cor castanho escuro, bem como faixas.

O queixo possui uma coloração esbranquiçada. Na região da garganta é possível notar uma faixa na cor preta que pode remeter à idéia de uma “coleira” em torno do pescoço.

A coloração geral auxilia na camuflagem com os troncos de árvores e musgos.

A espécie é nativa da América do Sul e pode ser encontrada nos países da Colômbia, Surinamee, Guiana Francesa, Venezuela, Brasil, Bolívia, Equador e Peru. Também pode estar presente em áreas específicas da América Central, como é o caso do Caribe, e Trinidade.

O hábitat é composto basicamente pelas florestas primária e secundária. A tendência em permanecer em árvores de floresta sombreada contribui para que a temperatura corporal seja baixa, geralmente em torno de 30,7 °C (lembrando que são animais ectodérmicos- ou de “sangue frio”).

Este calango passa a maior parte de sua vida aderidos aos troncos das árvores, descendo apenas para botar os ovos.

Geralmente, os ovos são depositados no interior de palmeiras podres, assim como de serapilheiras. A cada estação reprodutiva, a fêmea produz pelo menos duas ninhadas, as quais contam com um quantitativo médio de 3 ovos. É comum que fêmeas maiores ponham mais ovos.

No interior dos ovos, os embriões geralmente são bastante sensíveis à vibração, dessa forma, mesmo um rolamento sutil pode induzir que o ovo seja chocado antes do período previsto.

Há uma peculiaridade observada após a eclosão dos ovos. Os filhotes tem a fama de praticamente explodir os ovos e em seguida começar a correr em disparada. É isso mesmo. Tais filhotes ainda são capazes de completar meio metro de distância em sua primeira corrida.

Lagarto Calango Seringueiro

Em relação aos hábitos alimentares da nossa ilustre espécie, este calango ingere essencialmente insetos, com atenção especial para as formigas

Curiosamente, o calango seringueiro é bastante importante e representativo dentro da mitologia de uma das tribos da Colômbia- sendo frequentemente referido como vai-mahse ou “senhor dos animais”.

*

Depois de conhecer algumas importantes informações sobre os lagartos e sobre o lagarto calango seringueiro; nossa equipe o convida a continuar conosco para visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

HerpetoFauna. Diversidade de Lagartos do Brasil. Disponível em: < http://www.herpetofauna.com.br/LagartosBrasil.htm>;

The Reptile Database. Plica plica. Disponível em: < https://reptile-database.reptarium.cz/species?genus=Plica&species=plica>;

Wikipédia. Calango. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Calango>;

Wikipedia in English. Plica plica. Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Plica_plica>.

Veja também

Animais que Começam com a Letra O: Nome e Características

Em linhas gerais, os animais são classificados como seres vivos multicelulares, eucariontes e com padrão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *