Home / Animais / Reprodução do Lagarto: Filhotes e Período de Gestação

Reprodução do Lagarto: Filhotes e Período de Gestação

Os lagartos são répteis extremamente abundantes, com mais de 3 mil espécies- sendo que as iguanas, camaleões e lagartixas são as mais famosas.

A maioria das espécies de lagartos é ovípara. Existem espécies cuja postura envolve um grande número de ovos, e outras cuja postura é de apenas 1 ou 2 ovos. Estes ovos podem ser enterrados na areia ou escondidos na folhagem. Todavia, nem todas as espécies são ovíparas. Algumas são ovovivíparas, ou seja, o ovo eclode ainda no organismo materno, e o nascimento ocorre com o ‘filhote’ já quase adulto. Dessa forma, o termo “gestação” não se aplica aos lagartos, porém pode ser adaptável às espécies ovovivíparas.

Pois bem, dentre os muitos aspectos curiosos e intrigantes sobre estes répteis, a reprodução vai ser o foco por aqui, em especial a reprodução de determinadas espécies.

Então venha conosco e boa leitura.

Lagartos Quem São Eles?

Não há precisão sobre o quantitativo exato de lagartos existentes na natureza atualmente, todavia, há literaturas que mencionam mais de 3 mil e outras que mencionam mais de 5 mil. Estes animais pertencem à ordem taxonômica dos escamados (Squamata), na qual também estão inclusas as serpentes. As espécies de lagartos estão distribuídas em 45 famílias.

A diversidade no numero de espécies também coincide com a diversidade de comprimento, uma vez que é possível encontrar desde lagartos com alguns poucos centímetros até lagartos com quase 3 metros (como é o caso do famigerado Dragão-de-Komodo). Há outras diferenciações, mas, em relação às características em comum, estas envolvem a presença de uma cauda longa e o corpo revestido por escamas (lisas ou rugosas), assim como outras características.

A presença de 4 patas é maioria, porém não unanimidade entre as espécies. É possível encontrar espécies com apenas 2 patas ou até sem nenhuma pata (sendo que estas espécies locomovem-se de modo semelhante às serpentes).

Existem lagartos ‘exóticos’ que contam com a presença de estruturas peculiares, tais como chifres, espinhos, placas ósseas ao redor do pescoço e até mesmo pregas de pele nas laterais do corpo (as quais assemelham-se a asas, e possibilitam que o lagarto plane de uma árvore para outra).

Reprodução do Lagarto: Filhotes e Período de Gestação – Lagarto Teiú

O lagarto teiú (nome científico Salvator merianae) é uma espécie que pode ser encontrado em praticamente todo o Brasil (com exceção da Floresta Amazônica); chegando a medir até 1,5 metros de comprimento.

A espécie fica ativa durante a Primavera e o Verão, podendo ser encontrada em trilhas, matas e campos em bom estado de conservação. Também há relatos de aparição da espécie em quintais de casas na zona rural.

Este lagarto também é uma das espécies mais encontrada em cativeiro.

Apresenta certo dimorfismo sexual, uma vez a fêmea é ligeiramente menor do que o macho.

A fêmea é capaz de botar 36 ovos de uma única vez, sendo que os mesmos são incubados por um período de 90 dias.

O lagarto teiú é uma das poucas espécies de lagartos que realiza cuidados parenterais, guardando os ovos até o período da eclosão.

Acrescentando as informações sobre a espécie, este lagarto apresenta coloração negra, adicionada à manchas amarelas ou brancas (na cabeça ou nos membros). Todavia, os filhotes nascem na cor verde.

Reprodução do Lagarto: Filhotes e Período de Gestação – Camaleão

Os camaleões são répteis da família Chamaeleonidae, contabilizando aproximadamente 80 espécies. Possuem uma peculiaridade que os distingue dos demais lagartos: eles são capazes de mudar de cor. Outras características envolvem a presença de uma língua rápida e longa, bem como de uma cauda preênsil. Os olhos curiosamente são capazes de moverem-se de modo independente.

Como os camaleões são animais solitários, a aproximação entre macho e fêmea só é ‘permitida’ para fins de cópula. Cada postura conta com um quantitativo de 30 a 40 ovos, os quais são depositados no solo. O período de incubação destes ovos é de 8 a 9 meses.

Reprodução do Lagarto: Filhotes e Período de Gestação – Dragão de Komodo

A espécie dragão-de-Komodo (nome científico Varanus komodoensis) é encontrado em algumas das ilhas da Indonésia. Possui dimensões robustas e produz ‘veneno’ capaz de matar suas vitimas com suas bactérias letais. Alimenta-se de carniça, mas também pode perseguir/emboscar animais vivos.

Em relação à reprodução, cada fêmea deposita de 15 a 35 ovos de uma única vez. Estes ovos são depositados na areia, ao final da estação chuvosa. Tais ovos abrem-se após 6 a 8 semanas. Os filhotes nascem com o comprimento médio de 20 a 25 centímetros.

O dragão-de-Komodo é uma espécie curiosa no quesito reprodutivo, uma vez que episódios de partenogênese (reprodução sem participação do macho) já foram observados.

Reprodução do Lagarto: Filhotes e Período de Gestação – Lagartixas

As lagartixas são os lagartos mais pequeninos da natureza. Existem mais de 400 espécies de lagartixas, as quais estão distribuídas nas regiões quentes do globo. Possuem facilidade para escalar em paredes, muros, janela e teto.

Uma das espécies mais conhecidas é a lagartixa doméstica tropical (nome científico Hemidactylus mabouia), também conhecida como lagartixa de parede. Suas características físicas incluem coloração clara (quase transparente), pele sem escamas e cabeça arredondada.

Em termos de reprodução, cada fêmea põe de 1 a 2 ovos, os quais ficam guardados em cascas das árvores ou fendas nas pedras. Cada ovo possui o tamanho médio de 1 centímetro. Estes ovos podem ser descritos como macios e grudentos; e curiosamente podem ser visualizados na superfície ventral da fêmea, antes do momento da postura.

No caso da lagartixa doméstica tropical, cada filhote nasce com o peso compreendido entre 0,2 a 0,355 gramas. O comprimento ao nascer (desconsiderando a cauda) é de aproximadamente 2,31 centímetros. A maturidade sexual de machos e fêmeas e atingida dos 6 aos 12 meses.

As lagartixas de modo geral desempenham um importante papel ecológico no controle de pragas urbanas. A expectativa de vida da maioria das espécies é de 2 a 5 anos.

*

Depois de conhecer algumas informações sobre os lagartos, dentre elas a modalidade reprodutiva destes répteis; que tal continuar aqui conosco para visitar outros artigos do site.

Quem sabe por aqui há mais material de seu interesse.

Divirta-se e até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Britannica Escola. Lagarto. Disponível em: < https://escola.britannica.com.br/artigo/lagarto/481760#:~:text=Reprodu%C3%A7%C3%A3o,deles%20%C3%A9%20resistente%2C%20lembrando%20couro>;

FIOCRUZ. Lagartixa. Disponível em: < http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/lagartixa.htm>;

G1 Campinas e Região. Teiú é lagarto que se torna ativo principalmente na primavera e no verão. Disponível em: < https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/terra-da-gente/fauna/noticia/teiu-e-lagarto-que-se-torna-ativo-principalmente-na-primavera-e-no-verao.ghtml>;

Wikipédia. Lagartixa-doméstica-tropical. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Lagartixa-dom%C3%A9stica-tropical>;

Veja também

História da Harpia e Origem do Animal

Você já ouviu falar da harpia ? Pois bem, essa ave é o mesmo conhecido …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *