Home / Animais / Pode Dar Pipoca para Cachorro Filhote? E Adulto?

Pode Dar Pipoca para Cachorro Filhote? E Adulto?

A ração é a alimentação canina mais popular e, de acordo com as especificações do fabricante, pode conter boa parte das proteínas e nutrientes essenciais ao crescimento e desenvolvimento de uma raça ou porte específico. Todavia, é natural que o cão sinta necessidade de novos gostos e sabores. Nesse caso, a ração pode ser complementada com alimentação caseira (a qual não deve ser preparada da mesma forma e nem com os mesmos temperos da alimentação humana).

No quesito de alimentação alternativa e petiscos, é importante considerar que certos alimentos não se são bem com o organismo canino, podendo gerar desastrosas complicações intestinais e até quadros fatais.

Cachorro Comendo Pipoca
Cachorro Comendo Pipoca

Mas, e a pipoca ?

Pode dar pipoca para cachorro filhote ? E adulto ?

Venha conosco e descubra.

Boa leitura.

Petiscos Caninos Caseiros

Os petiscos industrializados são, sem dúvida, mais práticos- no entanto, petiscos caseiros podem oferecer uma atmosfera divertida e participativa para a família.

É importante ter em mente que os petiscos não devem ser oferecidos com frequência. Também deve-se ter em mente que eles atuam como complemento, dessa forma, não devem substituir a refeição principal.

Excesso de petiscos pode gerar obesidade.

Os ingredientes de um petisco caseiro não devem ser exagerados. A recomendação é fugir de doces industrializados; temperos como alho e cebola; excesso de gordura; e outros alimentos ‘proibidos’ para cães. Além dos alimentos contraindicados, recomenda-se saber se o cão possui alguma alergia.

Sugestões de Petiscos Caninos Caseiros

Banana com Aveia

Para essa receita, serão necessários 2 colheres (sopa) de mel; 1 colher (chá) de canela em pó; 2 xícaras de farinha de aveia integral; 1 xícara de aveia em flocos; 2 colheres (sopa) de mel; 1 ovo; 50 gramas de óleo de coco; e 1 (ou duas) banana nanica sem casca.

O preparo é simples, basta adicionar a banana, óleo de coco e ovo- mexendo bem. Em seguida, basta acrescentar os demais ingredientes, com exceção da farinha. Observação: A banana deve ser esmagada com o garfo antes de ser adicionada.

Banana com Aveia
Banana com Aveia

Com a adição desses ingredientes, é natural que seja formada uma massa homogênea. A partir de então, é importante adicionar farinha aos poucos, para que a massa fique consistente e não grude.

Quando a massa estiver no ponto, basta coloca-la sobre uma superfície lisa e recortá-la no formato e nos tamanhos desejados. Essa massa deve ser colocado em um forno pré-aquecido a 20 minutos- assando a uma baixa temperatura pelo tempo de 15 a 20 minutos.

Após preparada, essa receita tem a validade de até 10 dias.

Petisco de Frango

Proteínas animais são extremamente importantes na alimentação, seja na forma de petisco ou de refeição principal.

Para essa receita, serão necessários 200 gramas de frango desfiado; 100 gramas de farinha branca ou integral; 1 ovo batido; 100 ml de azeite de oliva virgem; 1 punhado de aveia em floco; e essência de baunilha.

No preparo, basta juntar os ingredientes em uma tigela e ir batendo até que a massa fique homogênea  (de modo que não haja nenhuma bolota).

Petisco de Frango
Petisco de Frango

Antes de colocar no forno, é importante que o mesmo esteja pré-aquecido. O tempo de permanência no forno é de 15 minutos a uma temperatura de 180 graus.

Após assado, basta separar em porções.

O prazo de validade e a frequência de consumo diário desta receita devem ser combinados com o veterinário.

Pode Dar Pipoca para Cachorro Filhote? E Adulto?

Sim. Cachorro pode comer pipoca, desde que seja oferecida em pequena quantidade e tenha um preparo diferenciado.

O grande problema da pipoca são os óleos, manteiga, sal ou outros temperos.

Pipocas de micro-ondas não são recomendadas, uma vez que são muito gordurosas e possuem grande concentração de conservantes e, até mesmo, aromatizantes.

É importante preparar a pipoca do tipo comum mesmo, porém sem utilizar manteiga, visto que muitos cães possuem dificuldade de digerir derivados do leite.

Cachorro com Obesidade
Cachorro com Obesidade

O excesso de gordura, além de trazer complicações gastrintestinais, pode aumentar os riscos de obesidade e doença canina.

Não há muito segredo, ou novidades no modo de preparo. Bata não utilizar manteiga e colocar a menor quantidade de óleo possível.

Não é recomendável oferecer a pipoca para filhotes, o ideal é que sejam ao menos juvenis.

Mesmo com as recomendações de preparo, a quantidade deve ser sempre moderada, uma vez que o excesso de fibras de milho pode resultar em gazes ou desconforto abdominal.

Alimentos Proibidos para o Cão

Apesar da pipoca (derivada do milho) ser liberada moderadamente ao cachorro, cães não podem consumir milho em espiga. Nesse caso, o risco é de que pedaços grande do alimento causem obstrução intestinal.

Café, chá preto e outras bebidas à base de cafeína também não devem ser consumidas. Essas bebidas contém uma substância chamada xantina que pode causar grandes danos ao sistema nervoso, à circulação sanguínea e ao sistema urinário do pet.

No caso de carne e ovos, estes alimentos não devem ser oferecidos sem cozimento, uma vez que crus possuem grande risco de contaminação por Escherichia coli e Salmonela.

O alho e cebola podem gerar consequências graves, dentro elas um quadro de anemia. O alho também pode ocasionar irritações no intestino e no estômago.

Frutas como o abacate; macadâmia; uvas e uvas passas também trazem riscos. O abacate pode causar desarranjos intestinais. A macadâmia (ou produtos à base dela) acomete o sistema nervoso, digestivo e a musculatura (em alguns casos, há até mesmo relatos de paralisia). Talvez as uvas e uvas passas sejam o alimento mais perigoso, uma vez que podem causar insuficiência renal aguda.

Trigo e outras massas que contenham fermentos também não são recomendadas. O fermento pode crescer e se expandir no estômago canino, resultando em gases e cólicas. Em casos mais graves, há o desenvolvimento até mesmo de rupturas intestinais.

*

Depois de conhecer essas dicas sobre alimentação canina, que tal continuar aqui conosco para visitar também outros artigos do site ?

Caso esse artigo tenha sido útil, você também pode deixar a sua opinião abaixo.

Sinta-se à vontade. A casa é sua.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Blog Petz. Cachorro pode comer pipoca ? Disponível em: < https://www.petz.com.br/blog/cachorros/alimentacao/cachorro-pode-comer-pipoca/>;

FERNANDES, T. R7 Segredos do Mundo. 15 alimentos proibidos para cachorros e que as pessoas não sabem. Disponível em: < https://segredosdomundo.r7.com/15-alimentos-proibidos-para-cachorros-e-que-as-pessoas-nao-sabem/>;

MENCARELLI, L. L. John’s Farms.  Receitas de petisco de cachorro para fazer em casa. Disponível em: < https://johnsfarms.com.br/blog/5-receitas-de-petisco-de-cachorro-para-fazer-em-casa>;

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *