Home / Animais / Tudo Sobre a Raposa Prateada: Características e Nome Científico

Tudo Sobre a Raposa Prateada: Características e Nome Científico

A raposa-prateada é um animal extremamente raro e até mesmo associado à crenças místicas. Na verdade, esta raposa não representa uma espécie em particular, mas sim uma variação melanística da tradicional raposa vermelha (nome científico Vulpes vulpes). Ao longo do corpo apresentam uma coloração preto brilhante, a qual pode resultar em uma nuance prateada, porém, mantém a cauda com ponta branca da raposa vermelha.

Curiosamente, são animais tão raros que, no ano de 2018, uma raposa prateada foi vista pela primeira vez no Reino Unido após o período de 25 anos.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre esses animais tão peculiares.

Então venha conosco e boa leitura.

Características Gerais das Raposas e Gênero Vulpes

Existem 7 gêneros de raposas presentes na atualidadem, sendo que o gênero Vulpes possui maior quantidade de espécies. Todavia, também existem espécies consideradas extintas.

As raposas estão presentes em todos os continentes, com exceção da Antártica. A espécie mais popular, sem dúvidas, é a raposa vermelha- a qual conta com um incrível quantitativo de 47 subespécies devidamente reconhecidas.

Estes animais pertencem à família taxonômica Canidae, a mesma na qual estão inclusos os lobos, chacais, coiotes e cães. Todavia, possuem um porte físico inferior que a maioria de seus companheiros- apenas sendo maior que os cães guaxinins.

A raposa-vermelha é a maior espécie de seu gênero. Os machos possuem um peso médio que pode variar entre 4,1 a 8,7 quilos.

As características mais marcantes das raposas são a sua face triangular, orelhas pontudas e rosto alongado. Possuem vibrissas (ou melhor, bigodes no focinho) com coloração negra e comprimento entre 100 a 110 milímetros.

Entre as espécies, as diferenças estão todas relacionadas à pelagem, seja em termos de coloração, comprimento e densidade.

A expectativa média de uma raposa em cativeiro é de 1 a 3 anos, embora alguns indivíduos possam viver por até 10 anos.

As raposas são animais onívoros e alimentam-se principalmente de alguns invertebrados (no caso, os insetos); assim como pequenos invertebrados (no caso, alguns pássaros e repteis). Ovos e vegetação também podem ser inclusos na dieta esporadicamente. A grande maioria das espécies consome quase 1 quilo de alimento diariamente.

São capazes de emitir um amplo repertório de sons, os quais incluem rosnados, latidos, choros e ganidos.

Espécies de Raposas Consideradas Extintas

A raposa-das-falkland (nome cientifico Dusycion australis) foi uma espécie extinta no século XIX. Pesquisadores a descrevem como o único canídeo que desapareceu nos tempos modernos. Curiosamente, o próprio Charles Darwin foi ao primeiro a descrever o animal pela primeira vez no ano de 1690 e, no ano, de 1833 previu que a espécie seria extinta.

A intervenção humana representou o grande motivo esta extinção. A espécie era muito perseguida por expedições de caçadores em razão de sua pele.

Dusycion Australis
Dusycion Australis

O hábitat da espécie era constituído pelas matas do arquipélago das Malvinas. A espécie possuía como características o peso médio de 30 quilos, e comprimento de aproximadamente 90 centímetros. Os pelos eram abundantes apresentando coloração castanha, exceto na barriga (na qual o tom era mais claro), ponta da cauda e orelha- sendo essas duas áreas com coloração acinzentada.

Tudo Sobre a Raposa Prateada: Características e Nome Científico

O nome científico para a raposa prateada é o mesmo da raposa vemelha, ou seja, Vulpes vulpes.

Esta variante possui pelo macio, brilhante, mas longo (podendo atingir até 5,1 centímetros de comprimento). Em relação ao subpelo, este é castanho na base e cinza-prateado com pontas negras ao longo da extensão do folículo.

Raposa Prateada
Raposa Prateada

Apesar de ser um pelo classificado como longo e fino, é mais curto em áreas como a testa e os membros, assim como mais finos na barriga. Na cauda, estes pelos são mais grossos e lanosos (ou seja, podem assemelhar-se à lã).

Tudo Sobre a Raposa Prateada: Comportamento, Alimentação e Reprodução

Raposas prateadas possuem muitos padrões de comportamentos semelhantes às variedades padrão da espécie (ou seja, às raposas vermelhas). Um desses comportamentos em comum é a marcação de odores para demonstrar dominância. Todavia, tal comportamento também pode comunicar situações específicas, tais como ausência de alimento nas áreas de forrageamento.

Estas raposas são onívoras, contudo, apresentam uma preferência suprema por carne, recorrendo aos vegetais apenas quando a carne está escassa.

Para caçar presas diferentes, utiliza-se de estratégias diferentes. É curioso pensar que quando essas presas se escondem em tocas ou abrigos subterrâneos, a raposa cochila ao lado da entrada deste local- de modo a aguardar o reaparecimento das presas.

Filhote de Raposa Prateada
Filhote de Raposa Prateada

Em relação ao comportamento reprodutivo, grande parte dos acasalamentos ocorre entre os meses de Janeiro e Fevereiro. As fêmeas possuem um ciclo estral por ano. Este estro, também conhecido como período fértil ou, vulgarmente, “cio”, dura entre 1 a 6 dias. A duração do período gestacional é de 52 dias.

Cada ninhada pode resultar em 1 ate 14 filhotes, sendo que a média de 3 a 6 é a mais frequente. Fatores como a idade da fêmea e a oferta de alimentos interferem diretamente no tamanho da ninhada.

Caso acasalem com outra raposa prateada, os filhotes apresentarão pelos igualmente prateados. Todavia, se acasalarem com uma raposa-vermelha, a tonalidade dos pelos será o mesmo vermelho/alaranjado habitual.

Tudo Sobre a Raposa Prateada: Cobiça por Casacos de Pele na Europa do Século XIX

Casacos de pele feitos a partir dos pelos da raposa prateado estavam entre os mais cobiçados dos membros da Aristocracia, superando inclusive a cobiça por casacos confeccionados com pele de castor e lontra do mar.

Tal cobiça estendeu-se para a Ásia e Eurásia e, posteriormente, para a América do Norte.

No entanto, é interessante notar que, mesmo altamente desejada, até esta pele possuía critérios a serem atendidos para que fosse considerada de excelente qualidade. Entre estes critérios estavam o brilho, maciez da pele (ou sedosidade) e distribuição uniforme de pelos prateados (sem presença de manchas brancas).

Pele de Raposa Prateada
Pele de Raposa Prateada

*

É sempre muito bom ter você por aqui. Mas, não vá embora agora. Aproveite para conhecer também outros artigos do site.

Aqui há muito material para ser explorado.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Brasil Escola. Raposa (Família Canidae). Disponível em: < https://brasilescola.uol.com.br/animais/raposa.htm>;

MOREIRA, F. EXTRA. ‘Raposa prateada’ é vista pela primeira vez no Reino Unido em 25 anos. Disponível em: < https://extra.globo.com/noticias/page-not-found/raposa-prateada-vista-pela-primeira-vez-no-reino-unido-em-25-anos-23233518.html>;

ROMANZOTI, N. Hypescience. 7 raposas extremamente belas. A 3ª você nunca viu antes. Disponível em: < https://hypescience.com/7-das-mais-belas-especies-de-raposas-mundo/>;

Wikipedia in English. Silver fox (animal). Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Silver_fox_(animal)>;

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *