Home / Animais / Onde os Lagartos se Escondem no Inverno?

Onde os Lagartos se Escondem no Inverno?

Os lagartos são repteis pertencentes à mesma família taxonômica das serpentes (Squamata). Ao todo, são mais de 5 mil espécies, dentre as quais é possível notar características em comum, como também diferenciações. Por exemplo, existem lagartos por apenas alguns centímetros de comprimento (como é o caso das lagartixas encontradas na parede), como também espécies com quase 3 metros de comprimento (como é o caso do exótico Dragão-de-Komodo).

Grande parte das espécies possui corpo revestido por escamas, as quais podem se apresentar na forma de placas lisas ou rugosas. Camaleões, iguanas e lagartixas são os animais mais famosos do grupamento

A maioria dos lagartos possui hábitos diurnos, com exceção das lagartixas- as quais são mais ativas durante a noite.

Como os lagartos são considerados animais de sangue frio, naturalmente não são capazes de manter a temperatura corporal constante. Muitas espécies necessitam de longas horas de exposição solar. Em locais com clima temperado, sub-tropical ou até mesmo ligeiramente menos quente, estes répteis podem se refugiar durante o inverno, demonstrando um comportamento semelhante à hibernação.

Mas, afinal, onde os lagartos se escondem durante o inverno ?

Venha conosco e descubra.

Boa leitura.

Conhecendo Algumas Espécies de Lagartos: As Iguanas

As iguanas são repteis arborícolas que podem alcançar até 180 centímetros de comprimento. Quando são mais jovens, apresentam uma coloração verde intensa e, com o passar dos anos, começam a apresentar listras escuras ao longo do corpo.

Estes repteis possuem uma cauda muita longa, a qual, curiosamente, pode corresponder a dois terços de todo o comprimento corporal. Na família Iguanidae, existem 35 espécies, todavia, no gênero Iguana, existem apenas 2 espécies, são elas a iguana-verde e a iguana-do-Caribe.

As iguanas são muito procuradas para criação doméstica, todavia demandam cuidados específicos, tais como a manutenção da temperatura em torno 24 a 27 ºC na porção mais fria, bem como 35 a 38 °C na porção mais quente. Para realizar este controle, é necessário instalar um termostato no viveiro.

A base do viveiro deve estar preenchida com substrato. Além disso, é imprescindível adicionar ao local elementos como troncos ocos de árvores (que possam servir tanto para ‘escalada’ quanto para abrigo), assim como rochas e outros elementos encontrados na natureza.

Um viveiro ideal possui as dimensões compreendidas entre 2,5 x 0,9 x 1,8 metros.

Como são animais que, na natureza, demandam exposição solar direta, é obrigatória a instalação de uma lâmpada UVB para exposição direta.

Conhecendo Algumas Espécies de Lagartos: Os Camaleões

Existem aproximadamente 80 espécies de camaleão, os quais se distinguem dos demais lagartos pela capacidade de mudarem de cor, cauda preênsil e outros fatores.

Podem apresentar até 60 centímetros de comprimento. Apresentam uma língua comprida e rápida na captura dos insetos. Os olhos também possuem capacidade de movimento para qualquer direção.

Sua família taxonômica (Chamaeleonidae) teria surgido a mais de 100 milhões de anos atrás.

Curiosamente, não há proibição quanto à criação doméstica de camaleões, todavia, a importação desses animais não é permitida.

Conhecendo Algumas Espécies de Lagartos: O Lagarto Teiú

Esta espécie pode medir até 1,5 metros e é muito comum em todo o país, porém não é encontrado no bioma da Floresta Amazônica. Além do Brasil, também pode ser encontrado na Argentina e no Uruguai.

É considerado um animal arisco, logo pode se tornar agressivo, caso seja ameaçado. A cauda longa também pode ser utilizada para defesa.

Em relação ao comportamento reprodutivo, cada oviposição conta com um quantitativo máximo de 36 ovos, os quais podem ser incubados por até 90 dias.

O que é Hibernação?

A hibernação funciona como resposta a condições ambientais adversas. Baixas temperaturas também representam menor oferta de alimentos.

A nível interno, acredita-se que a hibernação implique em alterações hormonais e a nível de neurotransmissores, com considerável diminuição do metabolismo.

Em todas as classes de animais, durante a hibernação há redução da circulação, bem como interrupção da atividade digestória e imunitária.. A diminuição dos gasto energéticos acaba sendo uma consequência deste processo.

Hibernação do Lagarto
Hibernação do Lagarto

Ao entrar em dormência, os animais precisam de uma  boa reserva de gordura, ao acordarem, a primeira necessidade é de beber água, bem como excretá-la.

Alguns animais passam por períodos de dormência mais curta, os quais duram apenas 1 dia ou algumas horas. Nestes casos, o decréscimo na temperatura e no metabolismo não caracterizam uma hibernação completa.

Onde os Lagartos se Escondem no Inverno?

Nem todas as espécies de lagartos hibernam, algumas apenas entram em certa dormência ou repouso.

Alguns curiosos da cidade de Canela (no Rio Grande do Sul), por exemplo, observam com frequência o lagarto teiú circulando por jardins e parques. Tais lagartos costumam ‘sumir’ durante o período do inverno, refugiando-se em  tocas e abrigos subterrâneos. Ao mesmo tempo em que se refugiam, seus corpos experienciam um certo torpor com diminuição da atividade metabólica que os permite sobreviver durante 3 a 4 meses de inverno.

Com a chegada da primavera, estes lagartos voltam a circular pelas praças e locais públicos. Quando retornam, geralmente estão muito magros e começam a comer desenfreadamente (sejam insetos, frutos, ovos, filhotes e até mesmo aves adultas). O acasalamento ocorre algum tempo depois e ovos são depositados geralmente nas mesmas tocas da ‘hibernação’.

A procura pelas tocas para refúgio do frio ocorre já durante o Outono, mais precisamente no final da estação.

Aqui no Brasil, tal comportamento é observado com maior frequência nos estados que contam com estações do ano bem definidas, tais como Rio Grande do Sul e Curitiba.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre o assunto, que tal continuar por aqui conosco para visitar também outros artigos do site ?

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Sinta-se á vontade para digitar um tema de sua escolha em nossa lupa de pesquisa no canto superior direito. Caso não encontre o tema desejado, você pode sugeri-lo abaixo em nossa caixa de comentários.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

G1 Campinas e região. Teiú é lagarto que se torna ativo principalmente na primavera e no verão. Disponível em: < https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/terra-da-gente/fauna/noticia/teiu-e-lagarto-que-se-torna-ativo-principalmente-na-primavera-e-no-verao.ghtml>;

MONTEIRO, M. Naturlink. Hibernação. Disponível em: < http://naturlink.pt/article.aspx?menuid=2&cid=86234&bl=1&viewall=true#>;

TRAVI, V. H. Clique ambiental. O lagarto teiú e o inverno. Disponível em: < https://cliqueambiental.blogspot.com/2012/12/o-lagartoteiu-e-o-inverno-durante-todo.html#>;

Wikihow. Como Cuidar de uma iguana. Disponível em: < https://pt.wikihow.com/Cuidar-de-uma-Iguana>;

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *