Home / Animais / Hábitat da Raposa Prateada: Onde Elas Vivem?

Hábitat da Raposa Prateada: Onde Elas Vivem?

As belíssimas e até mesmo raras raposas prateadas são uma variação melanística da famosa espécie raposa vermelha (nome científico Vulpes vulpes). Possuem uma coloração preta brilhante, a qual pode ser de nuance cinza-azulada para alguns indivíduos. Sua pele já foi muito cobiçada na Europa, Ásia e América do Norte entre os séculos XVIII a XX para confecção de casacos. No entanto, mesmo assim as peles obtidas precisavam cumprir uma série de requisitos para serem consideradas de qualidade.

De modo geral, existem quase 30 espécies de raposas no mundo inteiro. Considerando tal diversidade, também há variação em relação aos hábitats, os quais podem ser desde desertos até regiões polares.

Hábitat da Raposa Prateada
Hábitat da Raposa Prateada

Mas, afinal, especificamente, qual o hábitat da raposa prateada: onde elas vivem ?

Venha conosco e descubra.

Raposa Vermelha/ Raposa Prateada

A raposa vermelha possui algumas subespécies e variantes, dentre as quais há diferenciações em fatores como a altura/peso e coloração da pelagem. As dimensões físicas também podem variar de acordo com o sexo, a localização geográfica e a idade. Mas, de forma geral, machos adultos podem apresentar altura (ao nível da cernelha) de 35 a 40 centímetros; bem como comprimento entre 45 a 90 centímetros.

No caso da raposa prateada, apesar do tom preto brilhante (com sutis nuances cinzas e esbranquiças), esta variante mantém a sua cauda na cor branca. O pelo é fino e pode ser longo em algumas partes do corpo (com comprimento máximo de 5,1 centímetros). O pelo na cauda é mais grosso em mais lanoso (ou seja, com aparência semelhante à lã). Esses pelos mais grossos e lanosos também estão presentes na sola dos pés.

Estas raposas possuem um ciclo reprodutivo (ou estral) ao ano, sendo que o estro possui uma duração compreendida entre 1 a 6 dias. A gestação dura 52 dias.

Hábitat da Raposa Prateada: Onde Elas Vivem?

Em relação à distribuição geográfica, a espécie raposa vermelha de uma forma geral pode ser encontrada em todo o Hemisfério Norte, além de também estar presente na Austrália. Na verdade, a espécie como um todo (considerando todas as suas variantes e subespécies) é uma das mais amplamente distribuídas em todo o mundo.

Raposa Prateada - Habitat
Raposa Prateada – Habitat

Embora as raposas prateadas sejam raras (devido ao fenômeno melanístico não ser tão comum), sua espécie de referência pode ser encontrada em uma diversidade de hábitats. Todavia, observa-se menor ocorrência em locais de estepe e desertos; assim como maior prevalência em zonas florestais e levemente montanhosas.

Hábitat da Raposa do Ártico: Onde Elas Vivem?

A raposa do ártico (nome científico Vulpes lagopus) possui um nome um tanto quanto sugestivo para indicar o seu hábitat. Sua distribuição é circumpolar, tendo como hábitat as tundras aquáticas localizadas na América do Norte, norte da Ásia e norte da Europa. Também são encontradas em áreas com elevação de até 3.000 metros acima do nível do mar.

Vulpes Lagopus
Vulpes Lagopus

Esta espécie é capaz de viver em locais com temperatura inferior a -70 °C. Possui uma pelagem densa formada por várias camadas. Tais raposas podem apresentam duas colorações: branca ou levemente azulada. Essas cores também podem diferir de acordo com a estação, uma vez que, durante o verão, apresentam tom marrom-acinzentado.

Hábitat da Raposa Feneco: Onde Elas Vivem?

Esta espécie também tem o nome sugestivo, uma vez que pode ser chamada de raposa do deserto. É considerada o menor de todos os canídeos, mas possui orelhas muito grandes que equivalem a 20% de sua superfície corporal.

Possui o nome científico Vulpes zerda e seu hábitat é constituído pelas regiões desérticas, semidesérticas e montanhosas de áreas como o deserto do Saara e Monte Sinai. Embora os demais canídeos apresentem certa tolerância a uma grande variedade de hábitats, tais raposas são consideradas as únicas espécies de sua família taxonômica a habitarem locais com grandes dunas de areia (seja com ou sem vegetação).

A pelagem do dorso é de cor amarela, sendo que o ventre, parte da face e membros possuem cor branca.

Curiosamente, utilizam suas grandes orelhas para dissipar calor (adaptando-se ao ambiente), mas também usam tais estruturas para localizar as presas quando as mesmas se movem sob a areia.

Hábitat da Raposa-Cinzenta: Onde Elas Vivem?

A raposa-cinzenta (nome científico Urocyon cinereoargenteus) é a única espécie de seu gênero. Possui faixas de pelos em tom grisalho e a incrível capacidade de escalar árvores- habilidade que é utilizada para escapar de predadores, colher frutas ou caçar aves. Curiosamente, é capaz de escalar troncos verticais e sem galhos, alcançando uma altura de até 18 metros.

Sua distribuição geográfica envolve a faixa que vai da porção sul do Canadá até o norte da Venezuela e a da Colômbia. Seu hábitat é formado por áreas arborizadas, rochosas e arbustivas.

É considerado o único canídeo selvagem encontrado tanto na América do Norte, quanto na América do Sul.

Conhecendo o Hábitat de Outros Canídeos

Em relação a ouros canídeos, os coiotes são encontrados em áreas de pastagem frequentadas por animais como alces e veados (no caso, suas presas).

No caso do lobo cinzento (nome científico Canis lupus lupus), a espécie pode ser encontrada em uma grande diversidade de hábitats, envolvendo desde  os desertos, até os picos rochosos, matagais, pântanos, florestas e até mesmo a tundra ártica- sendo que este último hábitat é habitado pela subespécie Canis lupus arctos (conhecida como lobo-do-ártico). Ao todo, o lobo cinzento possui 30 subespécies.

Outras espécies de lobos são o lobo-vermelho (nome científico Canis rufus), o lobo-etíope (nome científico Canis simensis) e o lobo-dourado-africano (nome científico Canis anthus). Esta última espécie possui distribuição restrita à África, mas pode ser encontrada em uma grande variedade de hábitats, os quais envolvem desde zonas litorâneas, montanhosas e com vegetação baixa. Em relação às demais espécies, as mesmas estão ameaçadas de extinção e contam apenas com um pequeno número de indivíduos- sendo a maioria encontrada em cativeiro.

*

Agora não precisa ir embora, ok ?

Aqui no site há muito mais material para ser explorado. Sinta-se em casa, e até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Animal Diversity Web. Vulpes zerda. Disponível em: < https://animaldiversity.org/accounts/Vulpes_zerda/>;

Brasil Escola. Raposa (Família Canidae). Disponível em: < https://brasilescola.uol.com.br/animais/raposa.htm>;

Prestrud, Pal (1991). Adaptations by the Arctic Fox (Alopex lagopus) to the Polar Winter». Arctic. 44 (2): 132–138;

ROMANZOTI, N. Hypescience. 7 raposas extremamente belas. A 3 ª você nunca viu antes. Disponível em: < https://hypescience.com/7-das-mais-belas-especies-de-raposas-mundo/>;

University of Wisconsin Stevens Point. Urocyon cinereoargenteus. Disponível em: < https://www.uwsp.edu/biology/VertebrateCollection/Pages/Vertebrates/Mammals%20of%20Wisconsin/Urocyon%20cinereoargenteus/Urocyon%20cinereoargenteus.aspx>;

Wikipedia in English. Silver fox (animal). Disponível em: < https://en.wikipedia.org/wiki/Silver_fox_(animal)>;

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *