Home / Animais / Comportamento dos Felinos e Jeito na Natureza

Comportamento dos Felinos e Jeito na Natureza

Os gatos, sendo selvagens ou domésticos, possuem traços ancestrais na sua personalidade. Mesmo os mais calmos têm características que todos os felinos carregam. Independente se ele é caseiro ou não, muito se pode encontrar semelhanças entre os felinos em geral.

Um exemplo bem claro é que todos os felinos possuem um extinto de caça, mesmo que ele sempre tenha a sua comida dentro da tigela. É bem comum ver o seu gato doméstico indo atrás de um pássaro que acabou de pousar no seu quintal. Ou, ainda, indo procurar aqueles ratos que estão amontoados no lixo do quintal.

Essas foram só algumas maneiras de demonstrar que todos os felinos têm características de comum acordo. Se você quer conhecê-las mais a fundo, veja aqui no decorrer do artigo!

Comportamento dos Felinos

Antes de entrarmos mais afundo nos gatos — pois eles são os felinos com maior proximidade do ser humano — temos que falar um pouco sobre as particularidades que todos eles carregam: seja os leões, gatos selvagens, panteras ou qualquer outro que vier à sua cabeça.

Sono

Pode ser que você tenha notado em seu pet de estimação. Como ele dorme, né? Isso é algo que todos os felinos carregam. Os domésticos dormem em um período maior, porém, os selvagens, conseguem passar até 14 do seu dia apenas dormindo.

Esse efeito pode ser explicado com um comportamento bem parecido com os humanos: Quem nunca sentiu aquela soneca e decidiu tirar um cochilo logo após o almoço?

Então, eles sentem essa mesma preguiça logo após comer. E, para dar mais um motivo aos selvagens, eles têm que caçar a sua presa. Ou seja: Mais esforço, mais energia gasta, mais tempo de descanso para compensá-la.

Agressão

Os gatos usam o seu miado para demonstrar submissão. Ou, pode ser que ele dê um brado mais raivoso quando se sentir ameaçado. Os leões fazem a mesma coisa, porém, com um som muito mais amedrontador.

Os felinos selvagens não são muito submissos. Mesmos os gatos selvagens possuem uma estranheza com os humanos e até com outras espécies que convivem no mesmo habitat. Então, não é de se estranhar que estes mesmos animais não se sintam confortáveis com ninguém por perto.

Caso sintam-se coagidos, o primeiro gatilho é o rugido/miado. Eles erguem seus corpos (fazendo com que pareçam maior e mais forte) e, assim, tentam se desvencilham do inimigo. Caso não consigam, eles partem para o ataque.

No caso dos leões, eles também rugem, mas, é apenas para mostrar que não se sentem intimidados. Com este felino específico (e poucos outros) ele parte para o bote sem medo nenhum.

Se um leão aparecer em sua frente, tome cuidado para não ameaçá-lo. Se demonstrar submissão, pode ser que passe despercebido — e, principalmente, com vida.

Territorialismo

E, para finalizar, eles são bastante territorialistas. Não gostam de dividir um mesmo lugar com nenhuma outra espécie!  Uma das maneiras para mostrar a qual lugar pertence é a urina. Com ela, os outros felinos sabem que não podem possuir determinado local, pois já é dominado.

Isso é visto com frequência na natureza, principalmente com os leões. Eles demarcam o local onde habitam, para que nenhum outro macho-alfa venha interferir em seu reinado. Tanto que a sua área de caça fica praticamente restrita à este lugar.

Comportamentos dos Felinos Domésticos

E, como os gatos se comportam? Eles possuem todas essas características demonstradas anteriormente. Mas, no que a sua domesticação interferiu? Será que a sua ferocidade diminuiu? Quais os hábitos que ele criou?

Rolamento

Este é um típico modo em que usam para demonstrar submissão. Esta é uma forma para que eles, muito espertos, sempre tenham uma fonte de comida. Os gatos domésticos necessitam de alimentação — mesmo que sejam, por natureza, caçadores.

Sua submissão é demonstrada nesse ato. E, isso também pode significar que ele quer que você brinque. Os gatos necessitam de atenção e, sempre que possível, irá chamá-lo para interação.

Felinos Domésticos

Levantando o Traseiro

Geralmente, este comportamento vem seguido do rolamento. É sua maneira de dizer “Oi”. Ele quer brincar, está pedindo comida ou quer chamar a sua atenção para alguma coisa que deseja.

Piscar de Forma Bem Devagar

Eles fazem isso para sinalizar ao homem que confia demais em sua presença. Gatos — ainda mais aqueles que vagam pelas ruas — são desconfiados. Eles não demonstram confiança para qualquer um.

Caso o seu pet faça isso, sinta-se honrado. E, é muito recomendado que você faça o mesmo: Pisque devagar olhando fixamente nos olhos do animal. Assim, você passa a segurança que ele precisa e procura.

Dormir Enrolado

Isso passa segurança, já que todo o seu corpo está “protegido”. Além disso, conserva o calor do seu corpo, fazendo com que sinta menos frio. Como o seu corpo é coberto por pelos, o gato não precisa de um aquecedor externo (A não ser que em sua região faça um frio muito grande).

Encarar o Nada

Quando o seu animal olhar fixamente um local, não se preocupe. A sua visão é extremamente aguçada. É bem provável que ele tenha visto um pássaro a dois quilômetros de distância ou uma poeirinha que passou do outro lado da rua.

Isso é uma habilidade incrível, porém, para quem não conhece o animal, acha que ele é louco. Pode ser que loucura seja uma parte da mentalidade, afinal de contas, quem encara coisas banais durante um bom tempo?

Expor a Barriga

Quando um pet faz isso, é sinal de que ele confia demais em você. Mas uma vez, sinta-se honrado por isso! Eles — novamente dizendo — são desconfiados. Não deixam qualquer pessoa se aproximar ou tocar sem que conheçam.

As raras exceções são aqueles gatos que: Ou estão na rua e se acostumaram demais com a presença humana ou aqueles que recebem tanta visita em casa que nem ligam.

Algo muito importante a ser dito, é que não devemos confundir a posição de ataque do gato com a posição de expor a barriga. Em uma delas, ele está preparado para agredir, com a outra, ele está pedindo carinho em seu corpo. Tanto a sua face quanto o seu corpo irá mostrar se ele está gostando do que está recebendo ou se está desconfortável com a situação.

Veja também

Tudo Sobre o Silky Terrier: Características, Nome Científico e Fotos

A raça de cães Silky Terrier exemplifica a expressão “cachorro pequeno, grande personalidade”. Com um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *