Home / Animais / Caranguejo Guajá Características e Fotos

Caranguejo Guajá Características e Fotos

O caranguejo guajá (nome científico Calappa ocellata) é uma espécie encontrada na costa brasileira, mais precisamente ao longo da ampla extensão que vai da Região Norte ao estado o Rio de Janeiro. Indivíduos adultos podem alcançar uma faixa de profundidade de até 80 metros.

Este caranguejo também pode ser chamado de uacapará, goiá, guaiá, guaiá-apará. Sua carne é bastante apreciada na culinária e muitos afirmam que possui um gosto semelhante à lagosta.

Neste artigo, você conhecerá algumas importantes características sobre o caranguejo guajá.

Então venha conosco e boa leitura.

Aspectos Gerais Sobre os Caranguejos

Por mais incrível que possa parecer, existem mais de 4.500 espécies de caranguejos, no entanto, independentemente da espécie ou do gênero, caranguejos possuem características em comum, como por exemplo:

  • Os caranguejos são animais onívoros e dentritívoros. Alimentam-se de outros crustáceos, animais mortos, algas e vermes. Seus hábitos dentritívoros fazem com que esses animais sejam conhecidos como “urubus do mar”.
  • Os caranguejos se movem lateralmente, pois dessa forma é possível flexionar melhor as articulações das patas. Ao todo são 5 pares de patas, sendo que as patas da frente evoluíram para a funcionalidade de garras.
  • Durante uma briga, esses animais eventualmente podem perder patas ou garras, membros que com o passar do tempo crescerão novamente.
Caranguejo Aratu
Caranguejo Aratu
  • Algumas espécies não conseguem nadar, porém são capazes de subir em árvores como é o caso do caranguejo aratu.
  • A reprodução ocorre de forma sexuada, na qual as fêmeas liberam sinais químicos na água de modo a atrair os machos, os quais disputam entre si pelo privilégio reprodutivo.
  • A quantidade de ovos liberados pela fêmea é exorbitante, ao todo são, em média, de 300 a 700 mil ovos por vez, o quais, após a incubação, eclodem e os filhotes liberados iniciam a chamada ‘andada’ em direção à água.
  • Mesmo não possuindo dentes no interior da boca, algumas espécies têm dentes no interior do estômago, os quais são plenamente operantes e, durante a contração do estômago, são acionados para misturar a comida.
  • O caranguejo-gigante-japonês, também conhecido como caranguejo-aranha-gigante é a maior espécie do mundo e pode atingir uma envergadura de até 3,8 metros com as patas esticadas.
  • O caranguejo mais colorido do mundo é a espécie de nome científico Grapsus grapsus, a qual possui tonalidades de azul, vermelho, amarelo, laranja e, em menor proporção, preto.
  • Os caranguejos correspondem ao percentual de até 20% de criaturas marinhas caçadas pelo homem.
  • A nível global, os seres humanos ingerem aproximadamente 1,5 milhões de toneladas de caranguejo por ano.
  • A origem evolutiva dos caranguejos está diretamente relacionada ao processo de formação dos oceanos. Aqui no Brasil, exemplificando o caso do estado de Pernambuco, os caranguejos chegaram durante o processo de formação do Oceano Atlântico, diretamente relacionado à separação entre os continentes da América e da África. No entanto, só forma catalogados no século 17 pelo zoólogo sueco Carolus Linnaeus.

Caranguejo Guajá Classificação Taxonômica

A classificação científica para este animal obedece à seguinte sequência

Reino: Animalia

Filo: Arthropoda

Classe: Malacostraca

Ordem: Decapoda

Subordem: Brachyura

Superfamília: Calappoidea

Família: Calappidae

Gênero: Calappa

Espécie: Calappa ocellata

Gênero Taxonômico Callapa

Este gênero abriga em torno de 43 espécies existentes e mais 18 espécies extintas, as quais são conhecidas apenas pela descoberta de fósseis, cujos sedimentos já foram encontrados nos Estados Unidos, na Europa, na América Central, no México, no Japão e na Austrália. Esses fósseis datam desde o período pré-histórico Paleogeno, o qual marca o início da era cenozoica (considerada como a mais recente e atual das três eras geológicas). Uma das notáveis contribuições do Paleogeno foi o processo de diferenciação entre os mamíferos.

Retomando, esses caranguejos do gênero taxonômico Callapa são conhecidos como caranguejos-caixa ou caranguejos com cara de vergonha, isso porque costumam dobrar as suas garras sobre o rosto, semelhante à expressão humana de cobrir o rosto ao estar envergonhado.

Caranguejo Guajá Características e Fotos

O caranguejo guajá é robusto, possui um dorso avantajado e grandes garras que se posicionam à frente de sua ‘face’, tal como ocorre com as demais espécies do gênero Callapa. Pode atingir até 10 centímetros de comprimento, desconsiderando a extensão das patas.

Caranguejos Callapa
Caranguejos Callapa

A carapaça em si possui largura maior que o comprimento, e espinhos nas laterais. As pinças são achatadas e dobradas e, além de estarem à frente da face, estão muito próximas da concavidade posicionada abaixo da boca.

Caranguejo Guajá Comportamento

Entre os animais inclusos na dieta do caranguejo guajá estão outros artrópodes como o mexilhão, e nesse caso em particular há um artigo científico publicado na Elsevier que relata a estratégia desenvolvida pelo caranguejo para a compressão do exoesqueleto, manipulação da presa e extração da carne do mexilhão. Enquanto uma porção da mandíbula aplica força de compressão, uma outra porção aplica força de cisalhamento no casco da presa. Informação interessante e peculiar principalmente considerando o fato de não haver muitas outras publicações científicas sobre o tema.

O Caranguejo na Culinária e seus Benefícios Nutricionais

Na hora de preparar um belo e delicioso cozidão de caranguejo, algumas dicas devem ser seguidas. Por exemplo, no momento da compra é recomendável optar por animais frescos e que não exalem cheiro forte, caso eles sejam armazenados para consumo posterior, devem ser congelados ou resfriados. Em relação ao preparo, é importante higienizar os animais corretamente e levar para cozimento em uma panela com água e sal pelo tempo de 40 a 50 minutos. Algumas espécies possuem a carapaça mais espessa e demandam um tempo de cozimento maior.

O caranguejo fornece um bom aporte de sais minerais como o Ferro, Zinco, Cálcio e Cobre. Entre as vitaminas, há participação das vitaminas do Complexo B, principalmente da vitamina B12.

*

Agora que você já conhece importantes características sobre o caranguejo, especialmente sobre a espécie caranguejo guajá, continue conosco e visite também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos de zoologia, botânica e ecologia de modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Curiosamente. Paixão nordestina: tudo o que você precisa saber sobre os caranguejos. Disponível em: < http://curiosamente.diariodepernambuco.com.br/project/paixao-nordestina-tudo-q-voce-precisa-saber-sobre-caranguejos/>;

HUGHES, R. N.; ELNER, R. W. Foraging behaviour of a tropical crab: Calappa ocellata Holthuis feeding upon the mussel Brachidontes domingensis (Lamarck) Disponível em: <https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/0022098189901603>;

Marine Species- Identification Portal. Calappa ocellata. Disponível em:<http://species-identification.org/species.php?species_group=zsao&menuentry =soorten&id=3617&tab=beschrijving>;

WORMS- World Register of Marine Species. Calappa ocellata Holthuis, 1958. Disponível em: < http://www.marinespecies.org/aphia.php?p=taxdetails&id=421918>;

Skaphandrus. Calappa ocellata, (Holthius, 1958), fotografias, factos e características físicas. Disponível em: < http://skaphandrus.com/pt/animais-marinhos/esp%C3%A9cie/Calappa-ocellata>;

Tricurioso. 13 curiosidades interessantes sobre os caranguejos. Disponível em: < https://www.tricurioso.com/2018/10/09/13-curiosidades-interessantes-sobre-os-caranguejos/>.

Veja também

Alimentação do Tubarão: O Que Eles Comem?

Os hábitos alimentares dos tubarões são muito diferentes se você levar em conta o número …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *