Home / Plantas / Salgueiro Chorão Branco: Características e Fotos

Salgueiro Chorão Branco: Características e Fotos

Salgueiro-chorão ou simplesmente salso-chorão (família taxonômica Salicaceae) é uma árvore de origem asiática, mais precisamente no Norte da China. Mesmo sendo um vegetal cultivada a milênios, os salgueiro-chorões atuais são resultado da hibridização entre duas espécies.

Características como a tolerância à luminosidade e às condições climáticas específicas também permitem que os mesmos sejam agrupados em diferentes espécies (acredita-se que em torno de 600), das quais a espécie de nome científico Salix babylonica se destaca como a mais popular, e carrega grande parte da representatividade.

Já o salgueiro chorão branco, especificamente, (nome científico Salix alba) também é nativo de zonas temperadas, no entanto, não apenas da Ásia, como também do centro e sul da Europa e até mesmo do Norte da África. Na atualidade, alguns exemplares também podem ser encontrados na América do Norte.

Neste artigo, você conhecerá importantes características sobre o salgueiro chorão branco.

Então venha conosco e boa leitura.

Simbolismo Histórico e Cultural do Salgueiro Chorão

Ao observar a estrutura de um salgueiro chorão, percebe-se que as seus ramos pendentes até o chão propiciam uma copa arredondada. Essa imagem pode transmitir a ideia de tristeza e melancolia, razão pela qual a árvore é frequente em cemitérios asiáticos. No entanto, para os chineses, esse vegetal remete à imortalidade.

Importantes tradições chinesas relacionadas ao salgueiro, eram de sacrificar este vegetal ao sol, de modo a demonstrar ‘reconhecimento ao astro’; e decorar as portas das casas com seus ramos, durante o solstício (tradição que se mantém até hoje). Outro hábito chinês (desta vez não ligado ao misticismo, mas à ciência) é inserir folhas de salgueiro na água, de modo a ‘purificá-la’, ou mais precisamente, transformar os poluentes em matéria orgânica.

No entanto, não é apenas a China que adota simbologias em relação a este vegetal, uma vez que ele também participa do imaginário popular dentro do cristianismo. Certa lenda diz que um salgueiro chorão teria aberto as suas ramas para abrigar o menino Jesus e Nossa Senhora, durante a sua fuga para o Egito; em outra lenda, um ramo de salgueiro chorão teria sido utilizado para açoitar Jesus antes da crucificação.

Um fato interessante é que em países como a Rússia e a Alemanha, os famosos ramos de oliveira, utilizados durante a passagem de Jesus até Jerusalém (celebrada na tradição do Domingo de Ramos), são substituídos (em nível de imaginário popular) por ramos de salgueiro-branco.

Salgueiro Chorão Branco: Classificação Taxonômica

A classificação científica para o salgueiro branco é definida pela sequência abaixo.

Reino: Plantae;

Divisão: Magnoliophyta;

Classe: Magnoliopsida;

Ordem: Malpighiales;

Família: Saliceae;

Gênero: Salix;

Espécie: Salix alba.

Salgueiro Chorão Branco: Características e Fotos

O salgueiro branco recebe essa denominação pelo fato das suas folhas serem mais claras do que a maioria dos demais salgueiros. Essa coloração é decorrente de uma cobertura muito fina de textura acetinada e nuances prateadas, localizada na parte inferior das folhas.

É considerada uma árvore caducifólia, ou seja, que perde as suas folhas em determinada estação do ano. O comprimento médio das folhas é de 5 a 10 centímetros, com largura compreendida entre 1 a 1,5 centímetros. Possui brotos variando entre as cores cinzento-castanho até o verde-escuro.

As flores masculinas e femininas se localizam em plantas separadas (ou seja, são flores dioicas). As inflorescências se dispõem em racemos, ou seja, os pedicelos das flores se inserem em um mesmo eixo em comum, no entanto em vários níveis. Esses racemos são polinizados por abelhas e produzidos no início da primavera.

Folhas de Salgueiro Chorão Branco
Folhas de Salgueiro Chorão Branco

O salgueiro branco é o mais alto entre os salgueiros, uma vez que atinge uma altura compreendida entre 25 a 30 metros. Tolera geadas, e pode crescer em áreas sombreadas. Uma dica de jardinagem, é cultiva-lo entre árvores de folhagem verde-escuro, assim como árvores de folha vermelha: o contraste será fabuloso.

Esse vegetal é de crescimento rápido, porém curta longevidade. Possui grande suscetibilidade à doenças, a exemplo da doença da marca d’água (causada pela bactéria Erwinia salicis) e a antracnose do salgueiro (causada pelo fungo Marssonina salicicola).

Salgueiro Chorão Branco: Conhecendo Alguns Híbridos/Cultivares/ Subespécies

O híbrido salgueiro-taco-de-críquete (nome científico Salix alba ‘Caerulea’) ou salgueiro inglês é cultivado especialmente na Grã-Betanha para confecção de objetos que impliquem no uso de madeira leve, a exemplo dos tacos de críquete. Possui um crescimento rápido e um tronco único e reto. As folhas são estreitas e longas, com cores em nuance azul-esverdeada. Não há certezas quanta á origem deste híbrido, mas especula-se que ele seria resultante do cruzamento entre o salgueiro-branco e o Salix fragilis.

O salgueiro-dourado (nome científico Salix alba ‘Vitellina’) é especialmente cultivado em jardins. Os brotos permanecem na cor amarelo-dourado durante 1 a 2 anos antes de se tornarem castanhos. São altamente decorativos para o inverno. Para um melhor efeito visual, recomenda-se podar a árvore ao nível do chão, a cada dois ou três anos; dessa forma haverá estímulo à produção de novos brotos, com maior comprimento e cores mais vivas. Híbridos como o Salix alba ‘Britzensis’ e o Salix alba ‘Cardinal’ são considerados semelhantes ao salgueiro-dourado, no entanto com brotos em tom laranja-avermelhado.

Salgueiro Chorão: Aplicações Medicinais

As propriedades medicinais do salgueiro branco são documentadas desde o século V a. C., quando Hipócrates descreveu que um pó branco extraído das casca teria o poder de aliviar dores e reduzir febre. Sobre esse mesmo pó, há citações em textos da Assíria, Suméria e Antigo Egito.

A casca do salgueiro branco também foi utilizada por índio nativo-americanos no combate à febre, dor-de-cabeça, dores musculares, reumatismo e calafrios.

Cientificamente falando, a casca deste vegetal possui um extrato ativo, de nome salicina, o qual (assim como a aspirina) é um derivado ácido salicílico.

Outras Espécies de Salgueiro Chorão

A espécie Salix babylonica é a mais famosa e recebe esse nome em decorrência de ter sido dispersa pelo homem (historicamente) ao longo da rota da seda até à Babilônia. Outro exemplo de espécie é o Salix matsudana.

O híbrido Salix x sepulcralis ‘Crisocoma’ é resultante do cruzamento entre Salix alba ‘Vitellina e Salix babylonica.

*

Agora que você já conhece importantes características do salgueiro branco, o convite é para que continue conosco e visite também outros artigos o site.

REFERÊNCIAS

Mad Farmer. Características do cultivo de salgueiro-chorões: seleção de material de plantio, plantio e cuidado. Disponível em: < https://pt.madlovefarms.com/3809-features-of-growing-weeping-willows-selectio n-of-planting-material-planting-and-care>;

Wikipédia. Salgueiro-branco. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Salgueiro-branco>;

Veja também

Quanto Tempo o Shimeji Pode Ficar na Geladeira?

A produção e o consumo de cogumelos crescem a cada ano no Brasil, tendo conquistado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *