Home / Natureza / Goiaba Paluma Branca Existe? Características E Fotos

Goiaba Paluma Branca Existe? Características E Fotos

Sabe-se que a goiaba paluma vermelha existe, mas e quanto à goiaba paluma branca?

A goiaba branca é uma fruta menos comercializada e menos produzida no Brasil e no mundo em relação às goiabas vermelhas, e são poucos os lugares que fornecem a goiaba branca comercialmente.

Com isso em mente, trazemos para você a variedade de goiaba paluma, a segunda mais consumida no Brasil e nas Américas. A goiaba paluma é uma goiaba vermelha, mas, afinal, existe a paluma branca?

Para tirar essa dúvida, acompanhe o artigo e descubra de a goiaba paluma branca faz parte do resto das goiabas existentes no mundo.

Aproveite e confira outros artigos de extrema importância que falam sobre as goiabas aqui no site:

Goiaba Paluma Branca Existe?

Para o entendedores de goiaba, sabe-se que a variedade paluma apresenta apenas a cor avermelhada.

A goiaba paluma é um tipo de goiaba altamente comercializada no Brasil, e seu crescimento é muito rápido.

O crescimento mais rápido da goiaba paluma é rápido pelo fato dela ser uma goiaba híbrida, além de ser altamente adaptada aos climas tropicais.

Isto é, a goiaba paluma pode crescer durante o ano inteiro em regiões com o clima mais quente, apresentando pouca diferença nas temporadas frias, no entanto, em regiões onde há muito frio, como no Sul do Brasil, elas só dão em determinadas estações.

No entanto, a variedade branca da goiaba paluma não existe, pois as goiabas brancas comercializadas no Brasil são da variedade chamada de Kumagai, Chinesa e Sassaoka.

A goiaba branca tem origem sul-americana, mas é mais cultivada como uma fruta asiática, e por isso possuem outra cor, enquanto as que são comercializadas no Brasil e tem origem Sul-Americana são, na maioria das vezes, vermelhas, com exceções de criações híbridas.

A goiaba paluma sempre possui a coloração vermelha ou rosada, com as casca lisa ou lisa e pouco enrugada e verde clara, mesmo quando ainda não está madura.

A goiaba paluma é uma goiaba de tamanho grande, e muitos produtores a chamam de paluma gigante.

Goiaba Paluma Vermelha É A Variedade Comercial E Mais Comum

Como foi dito anteriormente, a goiaba paluma branca não é uma goiaba que exista, pois a paluma é estritamente vermelha.

Ela também é uma das goiabadas mais consumidas e comercializadas no Brasil e em várias partes do mundo.

Ela tem um fácil cultivo em qualquer parte do País, e por isso cultivá-la é sempre uma boa opção para obter lucro constante.

A goiaba paluma só perde o posto de goiaba mais comercializada e consumida para a goiaba Pedro Sato,que também é vermelha.

É difícil encontrar exemplares de goiaba branca em mercados, e quando há, os preços são mais elevados, pois elas são menos comuns.

Goiaba Branca na Mesa
Goiaba Branca na Mesa

A consequência da elevação dos preços das goiabas brancas faz com que elas sejam muito menos compradas, já que apesar de possuírem um gosto diferente, as goiabas vermelhas satisfazem o bastante os consumidores, principalmente a Pedro Sato e a Paluma, com seus sabores doces e leves.

Em feiras e mercados locais, é possível que comerciantes possuam variedades de goiaba branca, principalmente a chinesa, que á mais conhecida, mas isso ocorre, geralmente, quando o próprio comerciante possui uma goiabeira ou criação de goiabeiras de goiaba branca.

Características Da Goiaba Paluma

A goiabeira paluma pode atingir mais de 3 metros de altura, mas os agricultores não deixam que elas atinjam essas medidas, pois a poda da árvore é um dos segredos para fazer com que a mesma dê mais frutos.

A goiaba paluma não se adequa a climas frios, e suas sementes não germinarão com tanto eficácia quanto em climas temperados.

Muito agricultores cobrem as goiabas com papel tnt para evitar que animais consumam as mesmas, pois a goiaba paluma é extremamente apreciada por pássaros e morcegos.

A goiaba paluma é extremamente apreciada pelas pessoas pelo fato de ser “mole”, ou seja, sua casca não é rígida como a Pedro Sato, por exemplo.

Além disso, a goiaba paluma possui poucas sementes se comparadas com outras goiabas, e também demonstra ser mais resistentes após colhida.

Isto é, a goiaba paluma tem um tempo de prateleira superior às outras goiabas.

Por exemplo, a goiaba paluma orgânica pode ficar até 10 dias sem apresentar podridão ou amadurecimento excessivo, ou seja, estará apta a ser consumida mesmo depois de um longo período depois da colheita.

É importante saber que as goiabas geneticamente modificadas possuem elementos que combatem a ação do tempo, durando muito mais tempo depois da colheita, mas isso não ocorre com as goiabas orgânicas, que duram cerca de 3 a 5 dias aptas ao consumo depois da colheita.

Informações Gerais Sobre a Goiaba Paluma

Colhendo Goiaba Paluma
Colhendo Goiaba Paluma

A goiaba paluma se demonstra muito mais apta à produção quando há um nível alto de cloreto de potássio no solo.

Além de apresentar um sabor incomparável, a goiaba paluma possui muitas vitaminas e elementos importantes para o corpo humano, sendo altamente indicado o seu consumo.

A vitamina C presente em uma goiaba paluma tem um valor que se aproxima da laranja, por exemplo.

Atualmente, o Brasil é o maior produtor de goiaba paluma do mundo inteiro, assim como outras variedades da goiaba vermelha.

Atualmente, a região central do Brasil é responsável pela maior produção de goiabas no mundo inteiro, seguido logo pelo Sul do País, que apresenta menor produção pelo fato de ter invernos mais rigorosos para a planta, e consequentemente a produção em estações frias diminui.

Veja também

Alternância de Gerações

O que é Ciclo de Vida com Alternância de Gerações?

Genética e reprodução são dois dos temas mais conhecidos pelos brasileiros quando se fala em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *