Home / Plantas / Goiabeira: Características, Nome Científico e Fotos

Goiabeira: Características, Nome Científico e Fotos

O que não faltam em nossa riquíssima flora são árvores frutíferas dos mais diversos tipos. Algumas são bem conhecidas, e outras, nem tanto. Uma das frutas mais consumidas desse tipo de planta é a goiaba, cuja árvore será tema do texto a seguir.

Características Principais da Goiabeira

De nome científico Psidium guajava L., a goiabeira é uma árvore tropical, sendo nativa de toda a América, com exceção de dois lugares apenas: o México e o Canadá. A depender do local, essa árvore pode ter diversos nomes, a exemplo de araçá-guaçu, araçaíba, araçá-das-almas, araçá-mirim, araçauaçu, araçá-goiaba, goiabeira-branca, goiabeira-vermelha, guaiaba, guaiava, guava, guiaba, mepera e pereira.

Atingindo uma altura máxima de 6 m, a goiabeira tem um troco tortuoso, de casca lisa e descamante. Quando novos, os ramos são quadrangulares e as folhas são obovadas, possuindo até 12 cm de comprimento. Já as flores são pequenas, brancas e bastante solitárias, sendo formadas exclusivamente na primavera.

Porém, o “produto” que mais chama a atenção na goiabeira é o seu fruto, que são bagas verdes ou amarelas, de casca rugosa, cuja polpa é doce-acidulada, possuindo diversas cores (branca, rósea, avermelhada ou arroxeada), além de conter muitas sementes. O amadurecimento desses frutos ocorre no verão.

A goiaba pode ser consumida in natura, ou na forma de doces, compotas, geleias, sucos e sorvetes, sendo uma fruta bastante nutricional, inclusive. A forma mais correta de consumi-la é enquanto está fresca, ou mesmo na preparação de sucos sem a adição de qualquer tipo de açúcar.

Propriedades da Goiaba

Essa fruta é bastante rica em vitamina C, possuindo de 180 a 300 miligramas dessa vitamina para cada 100 gramas de goiaba. Ou seja, possui mais dessa vitamina do que a laranja e o limão, por exemplo. Também tem quantidades boas de vitamina A e do complexo B, além de ter em sua composição sais minerais do tipo: cálcio, fósforo e ferro.

Porém, tem mais: uma porção média de 100 g de goiaba fornece 54 calorias apenas, o que são distribuídas na forma de carboidratos e proteínas. Além disso, contém uma grande quantidade de fibras, não possuindo nem colesterol, nem sódio.

Benefício da Goiaba

Com tantas substâncias nutritivas fazendo parte de sua composição, era de se imaginar que essa fruta fosse uma grande aliada para a nossa saúde, o que é a mais pura verdade.

Pra começar, a goiaba pode ajudar em algo que muitos querem com urgência: perder peso. Além de ter substâncias, como vitaminas e minerais, que ajudam o organismo a queimar calorias, a goiaba é repleta de fibras, o que ajuda na sensação de saciedade, fazendo com que a gente coma menos, retardando a absorção de carboidratos e evitando os picos de glicemia que favorecem o acúmulo de gordura. Resultado: emagrecimento.

Outro grande benefício dessa fruta é ela ter a capacidade de melhorar muito o nosso sistema imunológico, o que se deve, em grande parte, ao fato dela ser rica em vitamina C. Quatro vezes mais rica, inclusive, do que a laranja, por exemplo. Isso ajuda muito a reforçar o sistema imune, o que acaba garantindo a prevenção de doenças, como gripes e resfriados.

Ah, e você sabia que a goiaba é ótima para diabéticos? Pois é. Como essa fruta possui um baixo índice glicêmico e tem uma quantidade considerável de fibras, ela ajuda a evitar picos de glicose e insulina sanguíneas. Isso sem contar que alguns estudos dão conta de que a goiaba pode ajudar a prevenir o desenvolvimento da diabetes nível 2.

E, isso porque não comentamos aqui que essa fruta pode ajudar a ter uma pele mais jovem e saudável, melhorar a saúde cardiovascular e ainda prevenir a constipação. Provas mais do que suficientes da qualidade nutricional dessa fruta.

Como Cultivar a Goiabeira?

Goiaba no Pé
Goiaba no Pé

Pra começar, é preciso saber que a goiabeira se desenvolve bem melhor em solos que sejam profundos e com uma textura mediana. Além disso, é necessário que a região possua um bom volume de chuvas distribuídas ao longo do ano, e com uma temperatura média que gire em torno dos 25°C.

Esse é o tipo de árvore que gosta do contato com o sol durante algumas horas do dia. Ou seja, ela gosta de chuvas, mas, não de chuvas em excesso. O próprio clima não pode ser muito quente na maior parte do ano. Áreas que encharcam com facilidade também não são as ideais.

Depois dessas verificações, o correto é saber como proceder em relação ao solo. O mais recomendado é pegar uma amostra dele e levar a um agrônomo, pois este dirá qual o adubo adequado (bem como a sua quantidade) para aquele tipo de terra.

Para a produção de mudas para o plantio, você pode comprá-las já prontas, ou produzi-las através de estufas. No entanto, o mais recomendado é produzir mudas de propagação vegetativa, através de “clones” da planta-mãe, e não por sementes.

No começo do plantio, você deve arar a terra e aplicar calcário para corrigir o seu pH. Bom salientar que mesmo depois de plantado o pé de goiabeira é necessário colocar calcário em volta dele, fazendo a adubação antes e depois do cultivo. Em climas mais quentes (como no Nordeste brasileiro, por exemplo), será preciso fazer irrigação também.

Cuidados Finais Com a Goiabeira

Em regiões onde há muita ventania, o ideal é construir quebra-ventos, pois isso protege a plantação, e ajuda no crescimento do fruto.

É necessário também fica atento com a incidência de pragas, como o gorgulho da goiabeira e a mosca da fruta. Pra combater essas pragas, você deve usar desde venenos, a armadilhas para as moscas. Além disso, cobrir os frutos do pé assim que se iniciar a fase de crescimento, é uma boa pedida.

A partir do momento em que o plantio começa, você também pode colocar uma estaca de madeira ai lado da muda, amarrando um barbante que uma ambas, fazendo com que a muda fique ereta. Além de ajudar no crescimento, evita que a planta se quebre por causa do vento.

Com esses cuidados, é plantar tranquilamente a sua goiabeira, e vê-la dar belos frutos em, no máximo, 3 anos (se o processo for por enxertia), ou 5 anos (caso não seja por enxertia).

Veja também

Cana-de-Macaco Serve Para Diabetes? E Para Emagrecer?

A cana-de-macaco é uma planta muito utilizada com finalidades medicinais, e de fato pode ajudar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *