Home / Animais / Para que Serve o Pato? Qual sua Função na Natureza?

Para que Serve o Pato? Qual sua Função na Natureza?

Os patos são aves aquáticas bastante conhecidas entre nós. Possuem importância econômica significativa, uma vez que a sua carne é bastante apreciada dentro da gastronomia. Em relação aos ovos da fêmea, estes não são tão populares assim, mas alguns acreditam que detém propriedades afrodisíacas.

Embora a criação e venda de patos venha crescendo entre 5 a 10% ao ano, o consumo no Brasil ainda é de apenas 20 gramas/ano por pessoa. Na culinária, o pato é mais consumido em países como a França e a China com registro de consumo superior a 1 quilo/ ano por pessoa. Aqui no Brasil, o frango ainda é maciçamente a ave mais consumida.

Atualmente, existem aproximadamente 40 raças de patos domésticos, sendo que a variedade mais comum, especialmente em fazendas comerciais, é o pato-de-Pequim. No caso dos fazendeiros individuais, estes geralmente tentar criar outras raças com suas preferências e necessidades específicas.

Além da sua importância dentro da culinária, o pato também possui sua função/importância dentro do ecossistema no qual está inserido.

Neste artigo, você vai conhecer um pouco mais sobre o assunto, bem como sobre outras informações referentes ao animal.

Então venha conosco e boa leitura.

Patos Características Gerais

De modo geral, considerando a variedade de espécies, patos possuem entre 45 a 80 centímetros. Fisicamente, é bem parecido com os marrecos, embora pode ser distinguido pelo bico. Enquanto o bico dos marrecos é completamente liso, o bico dos patos conta com uma protuberância próximo das narinas.

Dentro da natureza, o pato possui a sua singularidade, uma vez que é um dos poucos animais capazes de nadar, andar e voar com certa habilidade (embora sua caminhada seja um pouco desengonçada). E não para por aí, os patos ainda possuem a incrível habilidade de dormir com metade do cérebro em repouso, enquanto a outra metade permanece alerta. Surpreendente, não é mesmo?

A habilidade de nado dos patos é considerada excepcional, uma vez que os mesmos são capazes de mergulhar a até 17 metros de profundidade.

Pato Característica

As penas do pato são bastante resistentes à agua, ficando completamente secas, mesmo quando o animal está submerso.  Tais penas recebem um óleo, com consistência semelhante à cera, produzido pela glândula uropigial, localizada na base do rabo da ave.

A grande maioria das espécies apresenta dimorfismo sexual, sendo que o macho possui coloração mais vistosa, assim como algumas diferenças comportamentais.

Patos Classificação Taxonômica

A classificação científica para os patos obedece à seguinte estruturação:

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Aves;

Ordem: Anseriformes;

Família: Anatidae.

Família Anatidae: Outros Representantes

Os cisnes são as maiores aves do grupamento, podendo apresentar até 1,70 metros de comprimento; bem como mais de 20 quilos. O pescoço alongado, com certeza é a marca registrada. Nadam com muita elegância e requinte e ao voar (sempre em bando), agrupam-se em uma formação em “V”.

Os gansos podem viver até 50 anos, quando criados em cativeiro. Curiosamente, alguns são inclusive empregados como animais de guarda, uma vez que são capazes de emitir ruídos estridentes ao perceber a presença de estranhos.

Família Anatidae

Curiosidades: Patos Adultos e Filhotes

Os filhotes destas aves são considerados precoces. Apenas algumas horas após a eclosão dos ovos, já são capazes de andar e deixar o ninho. Na verdade, esta adaptação evolutiva, é uma forma de proteger os pequenos contra predadores, uma vez que no ninho estariam muito vulneráveis.

Em relação ao ninho, a fêmea reveste-o com penas arrancadas do próprio peito. Tal prática oferece aos ovos um melhor alcochoado e isolamento; a pele exposta no peito da fêmea também auxilia que os ovos sejam mantidos quentinhos com mais eficiência. Os ninhos também contam com a presença de outros materiais, tais como lama, grama, galhos, folhas e afins.

Mesmo com certa ‘independência’, é a fêmea que leva os seus filhotes para nadar e se alimentar após o nascimento. O filhote estará hábil para nadar quando as suas penas secarem.

Curiosidades: Os Patos na Ficção

A familiaridade com estas aves fez inclusive que as mesmas fossem representadas em personagens de animação. Algumas figuras conhecidas de muitos são o Pato Donald, Margarida, tio Patinhas e o Patolino. O Pato Donald teria surgido ainda no ano de 1934, ao passo que o Patolino apareceu em 1937.

Na literatura infantil, o pato é representado através da história do patinho feio (apesar de que o protagonista era na verdade um cisne). Aqui no Brasil, o pato também tem a sua participação dentro da MPB, através da composição “Lá vem o pato”, de Vinícius de Moraes.

Para que Serve o Pato? Qual sua Função na Natureza?

Grande parte das espécies de pato é onívora, alimentando-se principalmente de vegetais, insetos, crustáceos, grãos e sementes. Os vegetais aquáticos (no caso, o plâncton) também estão inclusos na dieta. Este plâncton é filtrado através das lamelas filtradoras presentes no bico.

Como consumidor de plâncton, tal como os peixes, os patos possuem papel importante dentro da cadeia alimentar. Quando os seres humanos consomem estes patos ou peixes alimentados por plâncton, também entram nesta cadeia.

Boa parte do oxigênio necessário para a vida na terra é produzido pelo plâncton chamado de fitoplâncton. O plâncton de nome zooplâncton alimenta-se deste fitoplâncton. Por sua vez, peixes e animais maiores (como é o caso das baleias) alimentam-se de zooplâncton.

Assim como faz parte da cadeia alimentar dos plânctons, também pode participar de outras cadeias alimentares, em razão da variedade de sua dieta.

Pato na Natureza

Depois de conhecer um pouco mais sobre o pato, nosso convite é para que continue conosco para visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Sinta-se à vontade para digitar um tema de sua escolha em nossa lupa de pesquisa no canto superior direito. Caso não encontre o tema desejado, você pode sugeri-lo abaixo e nossa caixa de comentários, afinal, esse espaço é seu.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Britannica Escola. Plâncton. Disponível em: < https://escola.britannica.com.br/artigo/pl%C3%A2ncton/482226>;

Canal do Pet. 14 coisas que você não sabia sobre os patos. Disponível em: < https://canaldopet.ig.com.br/curiosidades/2017-09-22/patos-curiosidades.html>;

VASCONCELOS, Y. Mundo Estranho. Qual a diferença entre pato, ganso, marreco e cisne? Disponível em: < https://super.abril.com.br/mundo-estranho/qual-a-diferenca-entre-pato-ganso-marreco-e-cisne/#:~:text=A%20 principal%20diferen%C3%A7a%20entre%20eles,at%C3%A9%2017%20metros%20de%20profundidade.>;

Wikipédia. Pato. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Pato>;

Veja também

Saiba Tudo Sobre Cabrito

Tudo Sobre o Cabrito: Características, Nome Científico e Fotos

Cabras, bodes e cabritos são os correspondentes macho, fêmea e filhote do mesmo mamífero ruminante. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *