Home / Animais / História da Harpia e Origem do Animal

História da Harpia e Origem do Animal

Você já ouviu falar da harpia ?

Pois bem, essa ave é o mesmo conhecido gavião-comum, que também pode ser chamado pelos nomes alternativos de gavião- real, cutucurim, gavião-de-penacho, uiraçu ou gavião de penacho. É considerada a ave de rapina mais pesada do mundo e, sem dúvidas, também uma das maiores.

O termo harpia também pode ser encontrado na mitologia grega através da representação de aves com seios e rosto de mulher. Talvez essa correlação à mitologia grega tenha surgido pelo fato da harpia ser um pássaro tão grande que talvez passe a impressão de ser, na verdade, uma pessoa fantasiada.

A ave harpia é considerada um predador feroz. Possui unhas compridíssimas e grandes habilidades para o voo acrobático em espaços fechados. O aperto de suas garras é tão forte que seria capaz de quebrar a mão de um humano.

Estas aves estão presentes principalmente nas florestas tropicais, com distribuição geográfica na faixa que se estende do México à Bolívia (porém marcando presença também na Argentina e no Brasil). Aqui no Brasil, pode ser encontrada na Mata Atlântica, embora também marque presença, embora rara, na Mata Atlântica.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre a harpia, em especial sobre a sua origem e trajetória histórica.

Então venha conosco e boa leitura.

Harpia Classificação Taxonômica

A classificação científica para a harpia obedece à seguinte estruturação:

Reino: Animalia;

Filo: Chordata;

Classe: Aves;

Ordem: Falconiformes;

Família: Accipitridae;

Gênero: Harpia;

Espécie: Harpia harpyja.

Harpia Harpyja
Harpia Harpyja

A ordem Falconiformes conta com um quantitativo de 257 espécies de aves, dentre elas as aves diurnas. Algumas dessas aves, dentre elas a harpia, estão em processo de discussão para que sejam inclusas em uma ordem à parte, a qual receberia o nome de Accipitridae.

A família Accipitridae conta com 231 famílias, categorizadas em 65 gêneros.

Harpia Características Físicas

Esta espécie possui entre 50 a 90 centímetros de altura; bem como uma envergadura que pode chegar a 2,5 metros. A média de peso é diferente para machos e fêmeas, uma vez que os primeiros podem pesar entre  4 a 5,5 quilos; ao passo que o segundo grupo pesa entre 6 a 9 quilos. Curiosamente, as fêmeas são mais robustas.

Na cabeça, há uma penugem de coloração cinza No papo e na nuca, esta penugem é negra. Na porção interna das asas, bem como na barriga e no peito, essas penas são brancas.

Tanto machos quanto fêmeas possuem uma crista de penas largas na cabeça, em formato semelhante a duas antenas.

Outras características da espécie incluem olhos pequenos e presença de 3 faixas cinzentas na cauda.

História da Harpia e Origem do Animal

O que se sabe sobre as harpias atualmente é que estas são consideradas uma das maiores aves de rapina do mundo; bem como possuem distribuição geográfica restrita à América Latina e estão ameaçadas de extinção. Todavia, há uma grande carência de material literário relativo à sua origem e registros fósseis. Não é possível saber ao certo se sua origem também remete à América Latina, onde é encontrada atualmente.

No entanto, é importante destacar que, ao longo da história, a existência da ave, fez com que a mesma fosse empregada para múltiplas simbologias. Sua figura está representada no brasão da República do Panamá, assim como no brasão de vários estados e municípios brasileiros. Outra representação frequente é em serviço militares diversos, tais como no 4° batalhão de aviação do exército brasileiro; no escudo da tropa de elite da Polícia Federal do Brasil; e outros.

Harpia Comportamento

A harpia possui um padrão de voo muito característico, uma vez que pode alternar entre o planeio e a rápida batida das asas.

Em horários de muito calor, tem o hábito de voar em círculos sobre campos próximos e florestas.

A modalidade de caça é considerada bastante prática, uma vez que desenvolve-se através de curtas, porém rápidas investidas. Curiosamente, essas aves são extremamente fortes, podendo erguer até mesmo um carneiro com relativa facilidade.

Comportamento da Harpia
Comportamento da Harpia

Dentro do seu cardápio, estão inclusas cerca de 19 espécies- sendo a maioria destas arborícola. Alguns exemplos incluem outras aves, preguiças e macacos em geral. Por vezes, macacos maiores também entram nessa estatística. Agora, quando essas aves são mantidas em cativeiro, podem ser alimentadas com carne crua ou com pequenos animais mortos (sendo o rato o animal mais comum).

Harpia Padrão Reprodutivo

Tal como as águias, as harpias são animais monogâmicos, isto é, que possuem um único parceiro sexual para toda a vida. Cada cria nasce no intervalo de 2 a 3 anos. Após o nascimento, o período de incubação é de 2 meses, sendo esses ovos colocados em ninhos de árvores bastante altas- cuja distância do galho e relação ao chão é de aproximadamente 40 metros.

Filhote de Harpia
Filhote de Harpia

Às vezes é depositado apenas um ovo no ninho, mas outras vezes são depositados dois. No último caso, apenas um filhote sobrevive, já que o primogênito acaba matando o menor.

O período reprodutivo ocorre entre os meses de Junho a Novembro. A maturidade sexual é atingida quando a águia completa de 4 a 5 anos de idade.

Quais as Maiores Aves de Rapina do Mundo?

O site hiper cultura lista as 10 aves de rapina consideradas as maiores do mundo, nesta listagem o gavião-real ocupa a sétima posição. Nos primeiros lugares, estão o condor andino (nome científico Vultur gryphus), o condor-da-califórnia (nome científico Gymnogyps californianus), o abrutre-real (nome científico Torgos tracheliotos) e o abutre-barbudo (nome científico Gypaetus barbatus).  Sendo que todos estes possuem uma envergadura de cerca de 3 metros de comprimento. O peso máximo pode variar entre 15 quilos, 12 quilos, 14 quilos e 8 quilos, respectivamente.

Outros membros da listagem deste site incluem a águia-marinha-de-Steller (nome científico Haliaeetus pelagicus), a águia marcial (nome científico Polemaetus bellicosus), a águia das Filipinas (nome científico Pithecophaga jefferyi), a águia real (nome científico Aquila chrysaetos) e a águia coroada (nome científico Stephanoaetus coronatus).

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre a harpia, que tal continuar conosco para visitar também outros artigos do site?

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Sinta-se à vontade para digitar um tema de sua escolha em nossa lupa de pesquisa no canto superior direito. Caso não encontre o tema desejado, você pode sugeri-lo abaixo em nossa caixa de comentários.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

GIETTE, G. Hypeness. Harpia: um pássaro tão grande que alguns pensam que é uma pessoa fantasiada. Disponível em: < https://www.hypeness.com.br/2019/10/harpia-um-passaro-tao-grande-que-alguns-pensam-que-e-uma-pessoa-fantasiada/>;

Hiper Cultura. Conheça as 10 maiores aves de rapina do mundo. Disponível em: < https://www.hipercultura.com/conheca-as-maiores-aves-de-rapina-do-mundo/>;

Wikipédia. Harpia harpyja. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Harpia_harpyja>;

Veja também

Por que os Equinodermos Tem Esse Nome?

O filo Echinodermata teria surgido no período pré-histórico Cambriano ou Câmbrico (o qual, na escala …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *