Home / Animais / Diferenças e Semelhanças Entre Caninos e Felinos

Diferenças e Semelhanças Entre Caninos e Felinos

Cães e gatos são os animais de estimação mais populares do mundo. Comparando as suas espécies, ou melhor, as duas famílias taxonômicas (Canidae e Felidae), é possível encontrar importantes peculiaridades e por que não até mesmo certas semelhanças.

Para provar estas semelhanças, apesar da distinção em famílias biológicas, é importante estar aberto à idéia de que cães e gatos possuem uma história evolutiva semelhante, uma vez que são predadores naturais que foram domesticados a partir da necessidade de proteção humana. Essa domesticação também teria se iniciado durantes os primórdios da atividade agrícola.

Em relação às diferenças dentre deste processo evolutivo, uma das principais referem-se à diversidade de espécies de gatos selvagens espalhadas pelo planeta, embora a quantidade de caninos seja superior à quantidade dos felinos como um todo. Um fato importante dentro da família Canidae é a maior quantidade de raças de cachorros, resultante principalmente dos cruzamentos ao longo dos anos.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre importantes características destas duas famílias, em especial das duas espécies consideradas as mais representativas da atualidade; com especial enumeração de outras diferenças e semelhanças entre caninos e felinos.

Então venha conosco e boa leitura.

Família Taxonômica Canidae

A família dos canídeos é formada por 35 espécies, dentre elas os cães domésticos, lobos, chacais, raposa e coiotes. Os membros desta família taxonômica possuem ampla distribuição entre os continentes do globo, caracterizando a Antártica como exceção.

Os canídeos são encontrados em uma grande diversidade de hábitats, os quais envolvem desde bosques e florestas até colinas, pântanos, regiões de transição e até mesmo desertos.

Genericamente, os canídeos são predadores, característica que contribui para que a maioria das espécies seja carnívora, no entanto também há espécies onívoras que podem contribuir inclusive no processo de dispersão de sementes.

A principal estratégia de caça exercida pelos canídeos é a perseguição a longas distâncias, frequentemente em terreno aberto, até a presa atingir a exaustão e ser abatida. Espécies de grande porte costumam formar grandes grupos de caça.

A reprodução costuma ocorrer uma vez por ano (a exceção é observada para a espécie gato do mato). No período que antecede o cio é possível encontrar um aumentos dos encontros agressivos entre machos, assim como maior vocalização para ambos os sexos e maior emissão de odores por parte das fêmeas.

Família Taxonômica Felidae

Esta família agrupa um total de 41 espécies, as quais estão agrupadas dentro de duas subfamílias: Pantherinae (a qual abrange os grandes predadores a exemplo do leão, onça-pintada, tigre, pantera e leopardo) e Felinae (na qual estão abrigadas a maioria das espécies, dentre elas o gato doméstico- considerado subespécie do gato selvagem.

Todos os felinos são carnívoros obrigatórios. Eles costumam ser discretos, ter preferência por atividade noturna e serem encontrados em hábitats inacessíveis.

Seus corpos são ágeis e as patas musculosas. O tamanho é uma característica extremamente variável de uma espécie para outra, uma vez que é possível encontrar desde espécies medindo 35 centímetros (como é o caso do gato-bravo-de-patas-negras) até espécies medindo 3,5 metros (como é o caso do tigre).

Os hábitos noturnos ou parcialmente noturnos da maioria das espécies pode ser justificado pela excelente visão que estes animais possuem em baixas condições de luminosidade, bem como uma sensibilidade á luz um pouco maior do que a encontrada em seres humanos.

Embora o olfato dos caninos seja melhor, este sentido também é bastante apurado nos felinos.

Diferenças e Semelhanças Entre Caninos e Felinos

Os felinos possuem garras retráteis que estão constantemente afiadas, em virtude de ficarem protegidas na maior parte do tempo. Já os canídeos, possuem garras expostas que ficam em contanto contínuo com o solo, estas garras são adaptadas para tração em corrida.

Muitas espécies de felinos possuem a capacidade de saltar e subir em árvores, fator que, no meio silvestre, pode ser aproveitado principalmente para a caça. Os caninos são mais ‘presos ao chão’ e neste espaço desenvolvem atitudes de luta ou fuga.

Uma das semelhanças entre as duas famílias é que caninos e felinos apresentam a cauda longa, no caso dos felinos especificamente, esta corresponde a 1/3 do comprimento do corpo.

A quantidade de dentes dos felinos é considerada pequena, comparativamente aos caninos. A mandíbula dos felídeos se movimenta apenas verticalmente o que prejudica uma boa mastigação, no entanto facilita a imobilização da presa.

Caninos podem ser encontrados em uma maior diversidade de hábitats do que os felinos.

Diferenças e Semelhanças Entre Caninos e Felinos: Padrão Social e Comportamental de Cães e Gatos

O comportamento de cães e gatos é bastante diferenciado. O gato mantém hábitos noturnos característicos de seus antecessores, ao passo que o cão prefere estar em família e ser liderado.

Os gatos também costumam ser mais analistas, independentes e solitários, no entanto, gatos selvagens baseiam o seu comportamento em preocupações territoriais e de sobrevivência. Eles podem conviver em bando quando há comida suficiente para a caça, ou quando estão dispostos a aceitar a presença de outros indivíduos em seu território.

De um modo geral, cães são facilmente treinados para comandos simples, tais como sentar e deitar, visto que a espécie adora agradar os donos. Os gatos, por sua vez, são mais facilmente treináveis em relação aos hábitos de higiene, a exemplo do uso da caixa sanitária, uma vez que esses hábitos costumam ser instintivos para a espécie.

Cão e Gato Com Escova de Dente na Boca
Cão e Gato Com Escova de Dente na Boca

Uma grande semelhança entre os dois animais é que ambos apresentam hanilidades para a caça, no entanto, tais habilidades são diferenciadas entre si. No caso dos gatos, há uma grande flexibilidade, habilidade para correr e pular, boa audição e olfato, além de excelente visão noturna. Os cães possuem uma audição e olfato excepcionais, conferindo-os incrível habilidade para o rastreamento, o que possibilita que sejam treinados para missão de busca e salvamento, assim como de detecção de substâncias ilícitas.

*

Agora que você já conhece algumas das diferenças e semelhanças entre caninos e felinos, o convite é para que continue conosco e visite também outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

FRAGATA, F. Época. Dez diferenças interessantes entre cães e gatos. Disponível em: < https://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/fernanda-fragata/noticia/2015/07/dez-diferencas-interessantes-entre-caes-e-gatos.html>;

TUBLADINI, R. Cachorrogato. Cães e gatos: comuns e diferentes, veja a comparação. Disponível em: < https://www.cachorrogato.com.br/cachorros/caes-gatos/>;

Wikipédia. Canídeos. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Can%C3%ADdeos>;

Wikipédia. Felidae. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Felidae>.

Veja também

Alimentação do Cachorro Pinscher: O Que Eles Comem?

Enérgico, curioso e perspicaz, tem muita gente que considera o pinscher uma raça divertida. Sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *