Home / Natureza / Tudo Sobre a Pimenta

Tudo Sobre a Pimenta

A pimenta é um amor nacional, do Nordeste até o Sul ela é consumida pela maioria das pessoas e é considerada indispensável em diversos pratos da culinária típica brasileira. Por isso, é muito interessante saber mais sobre as características da pimenta e entender sua origem e história até os dias de hoje.

Por isso, se você é um dos amantes da pimenta ou apenas está interessado em entender mais sobre esse condimento tão presente na culinária nacional, continue lendo esse artigo para conhecer tudo sobre a pimenta!

Origem da Pimenta

Nada melhor para entender a pimenta do que começar a conhecê-la pela sua origem.

Biologicamente falando, a pimenta é um fruto que tem origem nas plantas que pertencem ao gênero Capsicum e família Solanaceae; por isso, obviamente existem diferentes tipos de pimentas (mais de 30 catalogadas atualmente em todo o mundo), tudo depende da espécie da planta da qual ela foi originada.

Geograficamente falando, a pimenta tem origem na América Central e na América do Sul; e por isso acabou se tornando um condimento tão típico dos países que compõem o continente americano (inclusive no México, pertencente à América Latina). Apesar de ter sua origem na América, a pimenta atualmente já está presente em todos os continentes do mundo e é muito utilizada pelas mais diversas culturas ao redor do globo.

História da Pimenta

O que sabemos é que a pimenta foi uma das primeiras plantas domesticadas pelo ser humano, e por isso seu cultivo é tão milenar, com arquivos históricos que mostram o cultivo do fruto em 7500 a.C.

É interessante notarmos que a pimenta foi parar na Europa por conta do Brasil; isso porque Cristóvão Colombo chegou ao Brasil e encontrou o fruto, nomeando-o de pimenta pois achava estar nas Índias, e o mesmo achou a pimenta brasileira semelhante à pimenta-do-reino, originária da Ásia.

Após Cristóvão Colombo, a pimenta teve sua importância expandida rapidamente por todo o mundo, e até os dias de hoje ela é muito utilizada nas mais diversas culturas das mais diversas maneiras.

Cultivo Da Pimenta – Passo a Passo

A verdade é que muitas pessoas decidem cultivar pimenta em suas próprias casas e os motivos para isso variam muito. Porém, podemos citar dois motivos principais que podem ser notados: a vontade de consumir um produto livre de agrotóxicos e de cultivo próprio e a vontade de decorar os ambientes com a pimenta, já que ela também é vista como um modo de decoração natural para a casa.

Portanto, caso você queira cultivar sua própria pimenta, vamos te ensinar o passo a passo para que você tenha uma casa ainda mais bonita e refeições ainda mais saborosas por meio de seu próprio cultivo!

  1. Escolha a semente que quer plantar, se você irá usar para decoração, escolha pimentas de menor porte e com cor vermelha que também possam ser consumidas. As mais cultivadas no Brasil são: pimenta dedo-de-moça, pimenta-do-reino e pimenta malagueta;
  2. Escolha um solo com boa profundidade e fertilidade, bem drenado e leve; esse é o melhor solo para o cultivo da pimenta. Se você vai plantar no vaso, compre a muda e apenas plante; se você vai plantar em um campo, plante em sulcos com 40 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade, dando uma distância de 70 centímetros entre cada uma;
  3. Faça o transplante quando a planta chegar a cerca de 10 centímetros de altura;
  4. Pode sempre após a colheita e faça o controle de ervas daninhas, isso fará com que sua pimenteira dê fruto por meses e fique sempre bonita.

Obs: a rega deve ser feita diariamente e não é recomendado molhar as folhas quando o cultivo é feito em vasos.

Tipos de Pimenta

Você já viu o nosso passo a passo para fazer o cultivo correto da sua pimenta, mas ainda não sabe qual tipo de pimenta quer plantar? Não se preocupe! Vamos falar um pouco sobre as pimentas mais famosas do Brasil e isso te ajudará a decidir qual pimenta escolher na hora de cultivar, ou então apenas na hora de comer!

  • Pimenta Malagueta
    Pimenta Malagueta
    Pimenta Malagueta

A pimenta malagueta é conhecida por ser bem forte e saborosa, por isso ela é utilizada principalmente em países da África, em Portugal e no Brasil. Ela é utilizada principalmente na condimentação de carnes e no Brasil é consumida principalmente em Minas Gerais.

Essa pimenta é também conhecida por apresentar muitos benefícios à saúde, como por exemplo: grande quantidade de vitaminas, poucas calorias, estímulo à circulação do sangue e propriedades antioxidantes para o corpo.

Portanto, essa é uma excelente escolha de plantio se você gosta de um sabor marcante da pimenta, quer ter algo típico brasileiro em sua casa e ainda conquistar diversos benefícios na saúde!

  • Pimenta do Reino
    Pimenta do Reino
    Pimenta do Reino

A pimenta do reino é um amor brasileiro e geralmente não falta em nenhuma casa de apaixonados por pimentas. Uma curiosidade sobre essa pimenta é que ela pode vir na cor preta ou na cor branca; ao vir na cor preta ela tende a ter um sabor mais picante por conta da casca, e ao vir na cor branca ela tende a ter um sabor mais suave. Geralmente, a pimenta do reino é moída na hora de ser consumida.

Cientificamente falando, já foi comprovado que o consumo diário – e moderado – da pimenta do reino melhora a saúde em diversos aspectos e traz vantagens para a digestão, a queima de gordura e a absorção de nutrientes pelo organismo.

  • Pimenta Dedo De Moça
    Pimenta Dedo De Moça
    Pimenta Dedo De Moça

Essa pimenta também faz parte do combo de pimentas amadas pelos brasileiros pelo seu sabor. Além de ser extremamente saborosa, a pimenta dedo de moça apresenta algumas vantagens para a saúde – cientificamente comprovadas – que podem melhorar muito o funcionamento do seu corpo e da sua aparência, já que ela possui radicais livres que retardam o envelhecimento do organismo e da aparência.

Quem diria que a pimenta além de muito saborosa possuía muita história e muito cuidado por trás do seu cultivo?! É muito interessante estudarmos os alimentos que ingerimos diariamente para entendermos qual a importância deles e como eles agem em nosso corpo, é isso que a biologia nos proporciona!

Quer saber ainda mais sobre pimentas? Leia também: Pimenta dedo de moça – benefícios e nome científico

Veja também

Mini Alamanda: Tamanho, Diferenças Para a Comum e Fotos

A trepadeira que floresce o ano todo é destaque no paisagismo brasileiro. Com uma folhagem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *