Home / Plantas / Pimenta Dedo de Moça: Benefícios e Nome Cientifico

Pimenta Dedo de Moça: Benefícios e Nome Cientifico

Já ouviu falar a respeito da pimenta dedo de moça? É uma das mais suaves em termos de ardência e aroma que você pode encontrar por aí. Bastante usada no Brasil, ela é também conhecida como pimenta vermelha ou chifre-de-veado, e cujo nome científico é Capsicum baccatum L..

Mas, caso já a conheça, você também sabia que ela ajuda bastante na nossa saúde?

Pois é, vamos mostrar, então, os principais benefícios da pimenta dedo de moça.

Características Gerais da Pimenta Dedo de Moça

Originária da América do Sul (mais especificamente do Peru), essa pimenta é uma das mais consumidas no Brasil, em Sul e Sudeste do país. Aqui no Brasil, inclusive, além da dedo de moça, existem mais duas variedades dessa espécie, que são a pimenta-cumari e a Cambuci. Quando está seca e picada ainda é conhecida como pimenta calabresa.

Trata-se de um condimento rico em diversas substâncias importantes para a nossa saúde e bem-estar, como vitamina A, vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina E e magnésio. Além do Brasil e do Peru, esse condimento é bastante usado no México e na Tailândia.

Alguns dos Principais Benefícios da Pimenta Dedo de Moça

Como toda pimenta, a dedo de moça também tem boas propriedades que auxiliam na manutenção da nossa saúde.

Uma delas é que ela é antioxidante, devido a uma substância presente nessa pimenta chamada de capsaicina. É esse composto, inclusive, que confere a ardência do condimento. Entre as várias ações que possui, a capsaicina é também antioxidante, o que ajuda a prevenir o envelhecimento precoce, doenças cardíacas, diabetes do tipo 2, além de alguns tipos de câncer.

Fora isso, esse tipo de pimenta é rico em vitaminas A, C e E, o que ajuda a neutralizar os radicais livres. Mas, o que isso significa? Que, na ausência desses nutrientes, a nossa pele, por exemplo, está mais propensa a ter rugas, a sofrer com flacidez, e por aí vai. Isso sem contar que essa vitamina fornece uma boa dose de hidratação ao nosso organismo.

Outro benefício claro da pimenta dedo de moça é que ela possui uma forte ação anti-inflamatória, devido à já mencionada capsiacina. Ou seja, tendo qualquer processo inflamatório no corpo, essa substância ajuda a combatê-lo com mais facilidade.

Uma ação muito boa que essa pimenta promove é que ela ajuda na difícil tarefa de perder peso. Por ter baixas calorias, é um alimento que pode ser consumido tranquilamente (mas, sem exageros, claro). Além disso, essa pimenta acelera o metabolismo, o que significa que o corpo acaba consumindo mais gordura e gerando mais energia. Por fim, a pimenta eleva a temperatura do corpo, ajudando na queima de calorias (por isso, ela é conhecida como um dos principais alimentos termogênicos da natureza). E, por fim, ela é rica em fibras, o que ajuda na sensação de saciedade.

Benefícios da Pimenta Dedo de Moça
Benefícios da Pimenta Dedo de Moça

E, além dessas qualidades que essa pimenta proporciona em se tratando da nossa saúde, ela também ajuda a eliminar o colesterol ruim do sangue, de acordo com pesquisas recentes. Na quebra do colesterol, as principais substâncias da pimenta atuam no bloqueio ao gene que cria as dificuldades para o fluxo sanguíneo. Esse gene atacado pelos compostos ativos do condimento é chamado de ciclooxigenase-2, que á a substância que faz a contração dos músculos junto aos vasos sanguíneos, criando, assim, dificuldades circulatórias.

Qual a Melhor Maneira de Usar a Pimenta Dedo de Moça?

Pimenta Dedo de Moça no Pé
Pimenta Dedo de Moça no Pé

Para encaixar essa pimenta em seu cardápio, daremos algumas dicas bem simples. Por exemplo, ela, em doses moderadas, combina com muitos pratos, como saladas, frutos do mar, molhos e carnes em geral (principalmente quando se trata da bovina e de aves). Adaptar esse condimento aos pratos vai do gosto de cada um. Ela pode ser colocada de forma fresca, desidratada, em conserva, moída ou até mesmo líquida.

Inclusive, para fazer essa pimenta em conserva é bem fácil. Os ingredientes são: 500 g de pimenta dedo de moça moída, orégano, 6 grão de pimenta do reino, umas 5 g de sal, 500 ml de vinagre branco, 2 ramos de alecrim, 4 dentes picados de alho, 1 cebola cortada em pétalas. Primeiro de tudo, é ir fazendo camadas com a pimenta dedo de moça, o orégano e o alho. Arrume um pequeno espaço para colocar o alecrim, a pimenta do reino e outros ingredientes. Depois, é só colocar uma quantidade de vinagre que cubra tudo, e agite bem antes de guardar. Espere alguns dias antes de abrir, para poder usar essa conserva.

Só lembrando também que a melhor época para se adquirir essa pimenta é entre janeiro e maio. Ah, e prefira sempre pimentas frescas e viçosas, e evite as que estejam murchas.

Mais Opções Para Usar a Pimenta Dedo de Moça

Pimenta Dedo de Moça no Vaso
Pimenta Dedo de Moça no Vaso

Par o seu cardápio diário, há diversas outras formas de usar essa pimenta, como, por exemplo, em shots matinais, daqueles usados como desjejum para darem um vigor extra ao seu dia. Essas receitas geralmente levam limão, gengibre, cúrcuma, própolis, além de outros ingredientes. Portanto, experimente, vez ou outra, adicionar uma pitada de pimenta dedo de moça moída em shot diário.

Outra boa dica é usar essa pimenta em saladas com frutos do mar ou frango, pois ela harmoniza bem com essas comidas. Só fique atento, pois esse condimento não vai muito bem com carne de porco, apesar dessa ser mais uma questão de preferência, mesmo. Experimente, portanto, usar umas pequenas gotas do molho dessa pimenta, ou mesmo ela moída, em seu prato.

Por fim, podemos dizer que essa pimenta cai muito bem na adição a sucos detox (ou funcionais), mas, contanto, que seja uma pimenta fresca.

Quantidade de Consumo Diário

Consumo da Pimenta Dedo de Moça
Consumo da Pimenta Dedo de Moça

Obviamente que, como qualquer alimento, se a pimenta dedo de moça for usada em excesso, ela pode até mesmo ser prejudicial à saúde, ao invés de trazer benefícios. Para aqueles que possuem problemas gástricos, por exemplo, precisa ir com cuidado no consumo dessa pimenta (e de qualquer outra, diga-se).

Recomenda-se, portanto, que o consumo diário dela seja de, no máximo, 3 g. Essa é a quantidade necessária para que qualquer pessoa adulta usufrua dos benefícios mais básicos da pimenta dedo de moça (e de qualquer outra pimenta).

Veja também

História da Flor Agapanto, Significado e Origem da Flor

A família Amaryllis ( Amaryllidaceae ) contém 73 gêneros e pelo menos 1.600 espécies distribuídas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *