Home / Plantas / Características da Melancia: Morfologia e Fotos

Características da Melancia: Morfologia e Fotos

A melancia é uma espécie frutífera com características únicas, tanto no que diz respeito à sua morfologia (como podemos ver nessas fotos) como às suas propriedades nutritivas e medicinais.

Morfologicamente, ela é uma fruta alongada, com exterior verde (repleta de estrias) e interior vermelho, além de inúmeras sementes escuras com textura crocante.

A polpa é extremamente doce (ela quase derrete na boca), constituída basicamente por água (mais de 90%), além vitaminas e minerais.

É uma exuberância, que não pode ser simplesmente colhida e saboreada comodamente, como se faz com uma pêra, maçã, manga, ou com um cacho de uvas. Nada disso! O que você terá é uma exorbitância, capaz de atingir 20, 30 ou até 40 cm de diâmetro, como uma excelente fonte de sais minerais e carboidratos – outra das suas principais características.

Para completar os seus predicados, a melancia também é fonte de vitaminas do complexo B, cálcio, potássio, ferro, fósforo, sódio, magnésio; enfim, uma verdadeira fonte de energia, famosa por ser um protetor natural do sistema imunológico, além de hidratar como poucas espécies na natureza.

Tudo indica que o fruto seja originário da África – mais especificamente da África Central, onde estão países como Chade, Sudão, República democrática do Congo, entre outros.

Além das suas características, morfologia e outras singularidades – como essas fotos nos mostram – , o que também chama a atenção é o trajeto feito pela melancia até chegar na mesa dos habitantes das Américas.

A história nos conta que foram os africanos os primeiros povos a domesticar a fruta. E somente a partir daí (por volta de 3.000 anos a.C.), ela espalhou-se por todo o planeta.

Inicialmente no Egito, logo após na China. Foi descoberta pelos europeus. Até chegar ao continente americano, trazida por mãos escravas, nos idos do séc. XVI, para tornar-se uma das variedades mais populares do Brasil.

Além Das Características, Morfologia E Fotos, Quais São Os Principais Benefícios Da Melancia?

1.É Um Hidratante Natural!

Não é necessário nem lembrar que a melancia é um verdadeiro sinônimo de hidratação. Isso porque ela é quase toda água! São cerca de 91% da sua estrutura! Mas como se isso não bastasse, ela fornece cerca de 15% das necessidades diárias de vitamina C por 100 gramas, além de fósforo, potássio e magnésio.

Na verdade há quem garanta que a melancia pode muito bem ser apelidada de um verdadeiro “isotônico natural”, devido às suas propriedades, que incluem, além de água, grandes quantidades de carboidratos e sais minerais – a fórmula “mágica” dos isotônicos.

Criança Comendo Melancia
Criança Comendo Melancia

2.É Um Excelente Diurético

Também devido à grande quantidade de água contida na fruta – que lhe confere as caracteristicas de um isotônico natural – , a melancia, que já apresenta singularidades com relação à sua morfologia, como podemos ver nessas fotos, também contribui para tornar o aparelho urinário mais saudável.

Ela aumenta (ou regulariza) a micção, e com isso impede a formação de cálculos renais, protege contra distúrbios como: nefrite, lesões e insuficiência dos rins, entre outros transtornos geralmente relacionados com a hidratação deficiente do organismo.

4.É Um Anti-Inflamatório Natural

Suco Detox Diurético de Melancia
Suco Detox Diurético de Melancia

O consumo regular de frutas como a melancia é capaz de combater inflamações, proteger as células da oxidação, equilibrar o pH do sangue, diminuir a quantidade de radicais livres, entre outros benefícios.

A fruta também apresenta propriedades antimicrobianas e cicatrizantes, sendo bastante indicada em casos de gastrites, úlceras, má-digestão, azia, entre outros distúrbios do aparelho digestório.

É preciso apenas que se tenha em mente que tais benefícios só são alcançados pelo consumo regular (diário) de frutas com essas propriedades, além de uma mudança radical nos hábitos de vida.

5.É Um Anticâncer Natural!

Melancia Cortada no Prato
Melancia Cortada no Prato

A melancia, como podemos ver nessas fotos, não é apenas uma fruta com características morfológicas das mais singulares, ela é também uma aliada nessa luta (muitas vezes frustrante) contra os terríveis processos de formação de tumores malignos.

Isso porque a fruta também caracteriza-se por ser uma fonte de antioxidantes que, como se sabe, evita a oxidação das células, com consequente formação de exemplares defeituosos – uma das principais causas desse transtorno.

Ademais, as suas quantidades generosas de vitaminas do complexo B as auxiliam nos seus processos metabólicos, e da mesma forma evitam a má formação das células.

6.É Boa Para Praticantes De Dietas

Indivíduos adeptos de dietas rigorosas já sabem que terão que repor, de forma natural, as quantidades necessárias de proteínas, carboidratos e gorduras.

Por isso, uma dieta que contemple em seu cardápio frutas como melancia, jaca, abacate, banana e maçã, pode ser considerada quase perfeita!

No caso específico da melancia, as suas excelentes quantidades de carboidratos e sais minerais (que fazem parte da sua composição) suprem – e muito bem – as restrições impostas pelo método utilizado.

E se puder introduzir as outras espécies citadas, aí é que essa dieta poderá ser considerada quase perfeita, já que um dos principais dilemas de quem luta contra o excesso de peso é justamente saber como emagrecer de forma saudável, ingerindo as quantidades necessárias de proteínas, carboidratos e gorduras.

7.Regula a Pressão Arterial

Melancia Fatiada na Bandeja
Melancia Fatiada na Bandeja

Como vimos até aqui, além de bastante singular no que diz respeito à sua morfologia (como essas fotos nos mostram), a melancia também possui a característica de auxiliar os indivíduos nessa luta diária contra o aumento da pressão arterial.

Um estudo publicado há cerca de 5 anos na conceituada American Journal of Hypertension – revista cientifica americana divulgada pela Oxford University Press – deixou muitos indivíduos que sofrem com o transtorno um pouco mais otimistas.

A publicação da conta de que o extrato produzido a partir da casca, sementes e partes aéreas da melancia, é capaz de diminuir a pressão sanguínea nas veias e principais nas artérias do coração, mesmo em indivíduos habitantes de regiões mais frias – que supostamente inibiriam esse efeito.

Mas os responsáveis pelo estudo alertam para o fato de que todo e qualquer tratamento natural só irá surtir o efeito esperado após ser analisado por um profissional em medicina.

Este certamente recomendará, além da introdução da melancia à sua rotina, uma mudança radical nos seus hábitos de vida, que deverá contemplar a prática de exercícios físicos, mentalizações positivas, consumo adequado de água, alimentação saudável, entre outras práticas concomitante ao tratamento.

Esse artigo foi útil? Tem algo que queira acrescentar? Deixe a resposta na forma de um comentário. E não deixe de compartilhar os nossos conteúdos.

Veja também

De Onde Vem e Pra Que Serve o Medicamento Soyfemme

Os fitoestrogênios são plantas adequadas para regular e reequilibrar as funções hormonais; naturalmente, essas plantas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *