Home / Natureza / Qual o Ecossistema Típico da Região Sudeste?

Qual o Ecossistema Típico da Região Sudeste?

A Região Sudeste do Brasil é considerada a região com maior desenvolvimento econômico do país. Esse grande desenvolvimento já era observado desde a época colonial, através da exploração do ouro em Minas Gerais e exploração do pau-brasil, presente na Mata Atlântica dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Posteriormente, com a plantação de café e chegada de indústrias em São Paulo, essa economia ficou ainda mais fortificada.

A Região Sudeste é composta por 4 unidades federativas, são elas o Espírito Santo, cuja capital é a cidade de Vitória; Minas Gerais, cuja capital é Belo Horizonte; Rio de Janeiro; e São Paulo. Ao todo, a população do sudeste equivale a um quantitativo de 86.400.000 habitantes. No entanto, além da forte economia, também é importante considerar os fatores ambientais desta região, como, por exemplo, a Mata Atlântica (hoje com apenas pequena parte intacta), e as extensas áreas de planície litorânea.

Afinal, qual o ecossistema típico da Região Sudeste?

Venha conosco e descubra.

Definição de Ecossistema

Ecossistema é uma palavra advinda do grego que significa um sistema ou “mecanismo natural” que inclui os seres vivos em interação com o meio no qual estão inseridos. Essa interação confere um sistema estável, equilibrado e autossuficiente.

Dentro de um ecossistema, é importante considerar dois elementos/ componentes básicos, são eles os componentes bióticos e os componentes abióticos. Componentes bióticos são basicamente as plantas e os animais, os quais ocupam determinadas posição na cadeia alimentar, os chamados níveis tróficos. Componentes abióticos são elementos como a água, a luz, o solo e a atmosfera.

Há ecossistemas tanto em macroescalas, quanto em pequena escala. A biosfera é um exemplo de ecossistema em macroescala, pois abriga todos os locais do planeta nos quais há vida. Florestas tropicais de grande extensão territorial também podem estar enquadradas nesta definição. Em menor escala, um exemplo que pode se encaixar perfeitamente são os aquários, visto que neste espaço há elementos abióticos e bióticos importantes (peixes, algas, água, luz…).

Uma consideração importante é que todos os ecossistemas estão interligados, ocorrendo troca de matéria e energia entre eles, independentemente do seu tamanho.

Hidrografia da Região Sudeste

No Sudeste, há importantes cursos d’água, a exemplo na nascente do Rio São Francisco (localizada no estado de Minas Gerais), o rio Tietê (localizado em São Paulo).

Alguns outros rios caracterizam a chamada região hidrográfica do Atlântico Sudeste, a qual conecta apenas os estados do sudeste entre si, e está mais concentrada nos estados do Espírito Santo e do Rio de Janeiro.

Esta região hidrográfica está presente em uma das áreas de maior contingente populacional e força industrial e econômica do país. Possui importantes rios, tais como o rio doce, Paraíba do Sul, rio São Mateus, Itapemirim, Itabapoana e Ribeira de Iguape.

Clima da Região Sudeste

O clima do sudeste é predominantemente tropical. Dentro da classificação de tropical, ele pode ser considerado tropical úmido nas áreas litorâneas dos estados do Espírito Santo e Rio de janeiro e tropical de altitude nos estados de São Paulo e Minas Gerais.

Uma peculiaridade sobre São Paulo é que o estado é cortado pelo trópico de Capricórnio, gerando certa influência do clima subtropical. O trópico de Capricórnio é um círculo de latitude (linha geográfica imaginária) que delimita a zona tropical sul da zona temperada sul. O clima subtropical é caracterizado por verões curtos, porém com elevada temperatura e invernos rigorosos, com temperaturas baixíssimas.

Qual o Ecossistema Típico da Região Sudeste?

Embora a Mata Atlântica seja o ecossistema predominante no Sudeste, não há apenas um ecossistema nesta região. Na verdade, é importante considerar que o estado de Minas Gerais não possui região costeira, logo o seu ecossistema é outro (o Cerrado).

Mata Atlântica
Mata Atlântica

Resumidamente, pode-se afirmar que os ecossistemas típicos da Região Sudeste sejam a Mata Atlântica e o Cerrado.

Qual o Ecossistema Típico da Região Sudeste? Mata Atlântica

A Mata Atlântica é considerada atualmente um dos biomas mais ameaçados do planeta, pois permanece com apenas 8,5% da sua floresta original. Partes significativas das suas áreas remanescentes podem ser encontradas em encostas de grande declive. A Mata Atlântica também abriga muitas populações tradicionais e garante abastecimento de água para mais de 100 milhões de pessoas. A preservação da Mata Atlântica também possibilita maior controle das condições climáticas em nível macro, além de contribuir para o equilíbrio geológico.

A Mata Atlântica abriga uma abundante fauna e flora. A vegetação é formada por árvores de médio e grande porte, compondo uma floresta densa e fechada. Espécies famosas incluem as bromélias, palmeiras, begônias, cipós, briófitas, cedro, jacarandá, pau-brasil, peroba, jequitibá-rosa, andiras, ananás, fugueiras e tapiriria.

Entre as espécies animais, alguns exemplos incluem o muriqui, a anta, a jaguatirica, a capivara; além de muitas espécies em risco de extinção, como é o caso do mico-leão-dourado, do bugio, do tamanduá-bandeira, do tatu-canastra, da arara-azul-pequena e da onça-pintada.

Qual o Ecossistema Típico da Região Sudeste? Cerrado

O Cerrado é caracterizado por árvores baixas, arbustos espaçados e gramíneas, está presente em 6 estados brasileiros, dentre eles Minas Gerais. Possui solo pobre em nutrientes, fato que demanda vegetação com folhas grandes e rígidas e raízes profundas (média de 15 a 20 metros de profundidade), aptas para captar água do lenço freático, o qual, neste ecossistema, se encontra em uma distância particularmente grande em relação à superfície.

Mesmo com algumas características, aparentemente inóspidas, o Cerrado abriga uma ampla biodiversidade de flora e fauna. Ao todo, são aproximadamente 10 mil espécies de vegetais e 1.500 espécies de animais.

Entre os vegetais podem ser encontrados o buriti, o amendoim forrageiro, a falsa-ciganinha, o angico, a aroeira, o capim-dourado, o ipê, o babaçu, o gueiroba, o brejaúba, a jussara, o umbuzeiro, o baruzeiro, entre outras espécies.

Em relação á fauna, alguns exemplos incluem a onça-pintada, a ema, a anta, a lontra, o tamanduá-bandeira, o lobo-guará, o gambá, o cervo, o quati, o porco queixada, o tatu-canastra, o macaco-prego, a capivara, a onça-parda, a seriema, o urubu-caçador, o urubu-rei, o bem-te-vi, o preá, o teiú, dentre tantos outros.

*

Agora que você já conhece os ecossistemas que caracterizam a região Sudeste do Brasil, continue conosco e visite também outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

FARIA, C. Infoescola. Cerrado. Disponível em: <https://www.infoescola.com/geografia/cerrados/>;

Instituto Brasileiro de Florestas. Por que preservar a Mata Atlântica? Disponível em: < https://www.ibflorestas.org.br/mudas-nativas/38-mudas-nativas/mata-atlantica/150-por-que-preservar-a-mata-atlantica.html>;

SANTOS, V. Brasil escola. O que é ecossistema ? Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-ecossistema.htm>;

Sua Pesquisa. Fauna e flora do Cerrado. Disponível em: < https://www.suapesquisa.com/geografia/vegetacao/fauna_flora_cerrado.htm>;

Sua Pesquisa. Mata Atlântica. Disponível em: < https://www.suapesquisa.com/geografia/vegetacao/mata_atlantica.htm>.

Veja também

Spitz Japonês: Características, Mini, Fotos e Cores

O spitz japonês é uma raça de cachorro relativamente nova, desenvolvida no Japão nos anos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *