Home / Animais / Raça de Cavalo Bashkir Curly: Características, História e Fotos

Raça de Cavalo Bashkir Curly: Características, História e Fotos

Os cavalos são provavelmente os equídeos mais famosos, graças à sua grande proximidade com os seres humanos, decorrente do seu processo de domesticação iniciado a milhares de anos atrás.

Na atualidade, é possível encontrar uma infinidade de raças, algumas destinadas aos trabalhos agrários, e outras desenvolvidas para participação em competições esportivas ou mesmo exibições.

A raça de cavalo Bashkir Curly se diferencia notavelmente da maioria em razão do seu pêlo encaracolado, o qual constitui um padrão bem peculiar. Além do mais, a raça é considerada a única classificada como hipoalergênica, fator que é extremamente vantajoso para os criadores que sofrem com alergias.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre a raça, com destaque para a suas características, assim como aspectos históricos.

Então venha conosco e boa leitura.

Pêlos Encaracolados em Cavalos: Por que Essa Característica se Manifesta?

Essa característica na verdade é uma mutação genética, resultante da resposta adaptativa ao clima encontrado no local de origem da raça Bashkir Curly. Dessa forma, os pêlos encaracolados formam uma camada isolante ainda mais reforçada contra o frio.

Esses pêlos são trocados durante o verão. Os pêlos adequados para enfrentar o calor são mais leves e suaves. No entanto, quando o inverno se aproxima, os pêlos crescem novamente e os cachos e tornam mais abundantes.

O traço genético dos cachos encaracolados pode ser transportado de forma heterozigótica, logo alguns indivíduos considerados ‘puros de raça’ podem não manifestar esta característica.

Raça de Cavalo Bashkir Curly: Características, História e Fotos

Os pêlos crespos e lanosos é sem dúvida a característica mais relevante. Esses pêlos são naturalmente brilhantes e, em alguns casos, em considerável distância pode se assemelhar a textura de lã das ovelhas.

Apesar dos pêlos bem evidentes, cavalos da raça com pêlos mais curtos podem não apresentar cachos evidentes como é esperado, contudo, mesmo nestes casos, os pêlos são encaracolados em partes específicas do corpo, tais como nas orelhas, jarrete, rabo e crina.

Em relação à coloração, esses pêlos podem ser monocromáticos, assim como bicolores, tricolores ou até mesmo de vários tons.

Nas patas dianteiras, é comum encontrar algumas listras, conhecidas como “listras de patas de zebras”. O porte é mediano e o corpo musculoso com patas fortes. Mesmo sendo robusto, executa os movimentos de modo elegante e muito preciso.

O quadril possui um comprimento mediano, o qual possibilita uma posição reta dos membros. O rabo não possui inserção muito alta.

Os olhos costumam ser bastante expressivos. São escuros e com formato amendoado.

A média de altura ao nível da cernelha é de 1,68 para os machos; e 1,65 metros para as fêmeas.

Em relação à história da raça, há muitas teorias a respeito de sua origem, bem como de sua passagem ao longo de períodos importantes da humanidade.

Ilustrações de cavalos com características semelhantes à raça foram encontradas no túmulo de um monarca chinês. Outras representações foram encontradas na Ásia e, segundo análises, remontam ao ano 161 d.C.

Há também quem defenda a idéia de que esses cavalos são de origem ibérica. Outros acreditam que se originou nas porções montanhosas dos Estados Unidos, território no qual teriam vivido anos em estado selvagem. Contudo, a existência deles só foi descoberta nesse país no início do século 20 em Eureka (Nevada).

A teoria de origem nos Estados Unidos é controversa por vários fatores. Como, por exemplo, o fato de só serem descobertos por lá no século 20, desconsiderando as documentações asiáticas antigas. Além disso, teria sido ‘descoberto’ antes na América do Sul, através de documentação de Charles Darwin no início do século 19.

Apesar da dúvida quanto à origem norte-americana, os cavalos encaracolados eram considerados montarias sagradas a serem utilizadas pelos chefes curandeiros das primeiras tribos de índios Sioux.

A resistência da raça ao frio é um fator que começou a atrair atenção para o mercado de cavalos no século 19. Alguns cruzamentos também foram realizados com a finalidade de melhorar a genética desses cavalos. Em algumas literaturas é possível encontrar informações que indicam que alguns cruzamentos experimentais foram realizados ainda na União Soviética.

Outros fatores que agregaram ao valor econômico da raça foram as suas habilidades de trabalho, bem como as suas qualidades tradicionais de produtor de carne e leite.

Em relação à resistência ao frio, esses cavalos são capazes de suportar condições de neve e nevasca e temperaturas de até -40°.

Bashkir Curly Horse
Bashkir Curly Horse

O cavalo Bashkir também pode ser chamado de American Bashkir Curly Horse. Atualmente é encontrado na América do Norte e na América do Sul. O nome “Bashir” faz alusão a uma região específica da Rússia, a qual, curiosamente, não possui cavalos de pêlo crespo.

Raça de Cavalo Bashkir Curly: Temperamento

Esses cavalos possuem um temperamento naturalmente calmo, fator que colabora tanto no treinamento quanto na capacidade destes de serem ‘professores’ para cavalos iniciantes.

Apesar de serem calmos, a personalidade é firme e ativo. Costumam demonstrar confiabilidade e predisposição à aprendizagem.

Possuem notável inteligência e sensibilidade. São capazes de formar um vínculo bastante estreito com seus cuidadores, assim como também conseguem ser sociáveis com outros animais.

É importante que, além dos cuidados básicos com a saúde, os cuidadores ofereçam estimulação mental e física adequada, de modo que o seu comportamento se mantenha estável.

Utilização da Raça Bashkir Curly na Equiterapia

Cavalos Bashkir Curly são considerados ideais para a prática de equinoterapia, assim como para os esportes de equitação.

A equiterapia também pode ser chamada de equoterapia ou hipnoterapia e consiste em uma modalidade terapêutica que utiliza o cavalo com o fim de dme melhorar o desenvolvimento psicossocial de crianças ou adultos com necessidades especiais. Uma das grandes bandeiras desta prática é facilitar a percepção de movimento.

*

Depois de ter acesso a valiosas informações sobre essa raça tão peculiar, nossa equipe convida você a continuar conosco para visitar também outros artigos do site.

Aqui há muito material de qualidade nos campos da zoologia, botânica e ecologia de um modo geral.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Cavalus. Curly Horse, a raça de cavalos de pelos encaracolados. Disponível em: < https://cavalus.com.br/geral/curly-horse-a-raca-de-cavalos-de-pelos-encaracolados>;

Meus animais. Cavalo bashkir curly: misterioso e hipoalergênico. Disponível em: < https://meusanimais.com.br/cavalo-bashkir-curly-misterioso-hipoalergenico/>;

VetSmart. Bashkir Curly. Disponível em: < https://www.vetsmart.com.br/be/raca/17036/bashkir-curly>;

Veja também

Camaleão Rhampholeon

Camaleão Rhampholeon: Características, Nome Científico e Fotos

Entender mais sobre os animais que habitam o nosso planeta é entender mais sobre nós …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *