Home / Animais / Quanto de Dipirona Pode dar Para Cachorro?

Quanto de Dipirona Pode dar Para Cachorro?

Muitas vezes ficamos pensativos e receosos antes de medicar nosso querido animal de estimação. Antes de qualquer coisa só queremos o bem do nosso cachorro, certo?

Uma vez ou outra, todo cachorro ou gato vai ficar doente, e cabe a nós os tutores, intervir para que esse enfermo não progrida. A maioria das pessoas dosam remédios de maneira exacerbada, sem nenhuma prescrição do veterinário ou cautela.

Saiba que fazendo isso, você está colocando a vida de seu animal em risco. Portanto, leia esse artigo com muita atenção! Siga as orientações com cautela, e sempre que puder, invista no bem estar e saúde do seu cachorro. Leve-o periodicamente para o veterinário, mesmo que para exames de rotina.

Enfatizando o fato de sempre administrar a dipirona para seu cachorro com prescrição médica! Caso contrário, evita ao máximo ter que dar remédio sem ajuda de um profissional qualificado.

Mas Para o Que Serve a Dipirona?

Esse medicamento é muito usado por todo o Brasil, e infelizmente é dosado de maneira errada na maioria das vezes. Contendo boa parte de sua estrutura uma substância chamada metamizol de magnésio.

Essa droga é usada em diversos casos, pois ela é, antipirético, espasmolítico e analgésico. Ou seja, serve para vários tipos de dores, como por exemplo, para diminuir a febre, aliviar qualquer tipo de dor, acalmar e suspender espasmos ou convulsões.

Dipirona Pode dar Para Cachorro

Portanto, este medicamento se torna consumível por todos. Até para cessar as dores dos nossos queridos cachorros!

Precauções

  • Cuidado com cachorros idosos. Quando seu animal atinge determinada idade, pode ser que em poucos casos, ele não possa tomar alguns medicamentos;

 

  • Animais em tratamento com outros medicamentos. Quando o cachorro já está em uso de outros remédios, pode ter casos que a dipirona reaja negativamente com a outra medicação, podendo causar complicações;

 

  • Animais debilitados. Quando seu cachorro está fragilizado, às vezes o efeito do remédio não trará resultados positivos em seu organismo, certifique-se que ele esteja em uma situação que possa ingerir a medicação;
  • Animais que fizeram algum tipo de procedimento cirúrgico. Nesses casos o principal a se observar é se o cão já não está tomando outra medicação, e se a dipirona não afetará na recuperação do animal.

 

Caso esteja em momentos de desespero, sempre seja precavido. Mesmo que seu cachorro esteja muito doente, fique ciente que a melhor opção é não dosar o remédio logo de cara.

Fique muito atento ao que seu cachorro necessita, não é porque um cão é irmão do seu cachorro e que eles tenham portes parecidos, que a dosagem da dipirona vai ser a mesma. Cada animal reage de maneira única ao medicamento! Então, a dose que você usa para um, nem sempre vai ser igual para o outro.

Sempre tenha em mente, que usar esse tipo de medicamento em animais só é indicado em casos extremos. Coloque o bem estar do seu cachorro em primeiro lugar. Esse remédio pode tanto melhorar ou atrapalhar a melhora do seu pet.

Como Usa-la

Após saber todas as precauções e ainda sim achar necessário o uso desse fármaco, vamos te ensinar maneiras de manuseá-las.

Como ela tem ação anti-inflamatória, ha grande alívio para a dor do seu pet. Nunca ache que uma gota a mais vá fazer diferença. A dose sempre tem que ser ministrada de maneira responsável e calculada.

Tem que ser aplicada por via oral, ou seja, é usada direto na boca. Antes de usa-la para facilitar as coisas, dilua o remédio em sucos, água ou leite. Em casos extremamente difíceis, você também pode colocar naquelas rações enlatadas ou em sachês.

Como esse tipo de ração é úmida, fica fácil para o cachorro comer sem negar a medicação. Outra maneira para seu dog ingerir o remédio é colocando o animal contra a parede, e com ajuda de uma seringa ir vagarosamente introduzindo em sua boca.

Não se esqueça de não assustar muito seu animal, pois não se deve associar tomar remédio a algo traumático. Leve na brincadeira, como se fosse algo normal, assim facilita o uso do medicamento. Agora vamos a dosagem!

O certo a ser usado, é uma gota por quilograma do animal. Em modos explicativos, caso seu cachorro pese 20 kg, ele necessitará de 20 gotas. Tome cuidado que existe certo limite para os cachorros!

O máximo que pode ser dado a um cão é de 35 gotas, mesmo que seu pet tenha um peso superior a 35 quilos, num limite de 4 ou 6 horas. Caso contrário, você pode estar colocando a vida do seu querido bicho de estimação em risco!

Lembrando, que pode diminuir ou aumentar a dose do cachorro caso haja uma melhora ou piora significa na saúde do animal. Cheque o animal de uma em uma hora, para perceber se há melhora no seu quadro clínico.

Efeitos Colaterais da Superdosagem

Existe muito perigo no uso sem prescrição médica de medicamentos. Em alguns casos, os efeitos colaterais atrapalham a visualização dos sintomas no quadro clínico do animal. Pois, não se sabe se os sintomas apresentados têm origem do mau uso do medicamento ou não.

O mau uso pode causar anemia hemolítica que é quando não a glóbulos vermelhos o suficiente para levar oxigênio para o corpo. Os glóbulos vermelhos têm determinado tempo de vida, e quando ele se desfaz antes desse tempo, às vezes o corpo não consegue produzir mais glóbulos em tempo suficiente, isso causa insuficiência de oxigênio na corrente sanguínea.

Também pode causar vômitos frequentes, seguidos ou não de sangue, diarreias e convulsões. De mesmo modo, pode causar gastrites, úlceras gástricas e alergias, ou pode evoluir para casos mais alarmantes. Se seu animal apresentar esses sintomas, também pode dificultar o diagnóstico da doença.

Fique atento nesses sinais, e se caso apareça no seu cachorro, interrompa a medicação imediatamente!

Pode ou não Dar Dipirona para os Cachorros?

Às vezes as informações dadas por veterinários não fiquem claras o suficiente, por conta do perigo e do medo do seu tutor. A dipirona pode ser ministrada sim! Contanto que seja de maneira calculada.

Sempre visite o veterinário e peça ajuda nesses casos. Nunca use esse remédio em seu cachorro do nada, ou pode haver algumas complicações como citadas no texto. Use essa informação de maneira positiva e responsável, já que na maioria dos casos há grande melhora na saúde do animal após o uso deste medicamento.

Veja também

Chihuahua Cores Raras – Quais São? Onde Encontrar?

A raça do cão Chihuahua tem muitos tamanhos e formas diferentes, mas o que mostra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *