Home / Animais / Qual o Peixe que Tem Mais Gordura?

Qual o Peixe que Tem Mais Gordura?

Assim como as aves, os peixes são classificados como carne branca. Dessa forma, são classificados como fontes proteicas com menos calorias do que as carnes bovinas e suínas.

Os peixes também são fontes importantes de ômega-3. Entre os benefícios do consumo do animal estão a prevenção de doenças cardiovasculares; a otimização da memória e concentração; até mesmo redução de inflamação.

Apesar de ser classificado como ‘carne magra’, alguns peixes possuem maior concentração de gordura do que outros.

Neste artigo, você conhecerá qual o peixe que tem mais gordura?

Então venha conosco e boa leitura.

Benefícios do Consumo de Peixe para a Saúde

O primeiro e claro objetivo é a oferta de porteínas, as quais são essenciais para composição da massa muscular, pele, cabelos e até mesmo células do sistema imunológico.

O ômega-3 presente nos peixes é capaz de reduzir o colesterol ruim (LDL) e aumentar os níveis de colesterol bom (HDL); além de possibilitar fortalecimento do sistema imunológico e redução de inflamações. Neste contexto, o consumo de peixes reduz o risco de doenças cardiovasculares, tais como infarto, aterosclerose, e, até mesmo, AVC.

Este ômega-3 (em conjunto com os minerais Cálcio e Fósforo) otimiza a transmissão dos impulsos nervosos, além de prevenir a perda de massa cinzenta pelo cérebro. Desta forma, também previne o aparecimento de doenças degenerativas como o Alzheimer.

Outros benefícios do ômega-3 (mais precisamente das espécies de peixes ricas deste ácido graxo) é o alívio de sintomas da artrite, mais precisamente alívio das dores e da inflamação. Para que este benefício seja obtido mais diretamente, a recomendação é consumir suplementos que contenham óleo de peixe ou ômega-3.

Peixes também são ricos em vitamina D, especialmente os peixes mais ‘gordos’, uma vez que esta fica armazenada na gordura dos animais. Entre os benefícios da vitamina D estão a prevenção de diabetes, câncer, problemas cardíacos e infertilidade. Outro benefício importante é o estímulo à absorção de Cálcio pelo organismo, dessa forma prevenindo a osteoporose (especialmente durante a menopausa).

Benefícios do Consumo de Peixe Cru

Ok. Esse tópico pode parecer polêmico. Todavia, é importante ter em mente que tal peixe deve ser consumido apenas através de restaurantes especializados com devido aval de funcionamento.

Consumo de Peixe Cru
Consumo de Peixe Cru

Submeter o peixe ao calor é a alternativa mais segura para eliminar microorganismos, todavia, tal processo pode reduzir o percentual proteico. Neste contexto, o peixe cru (devidamente preparado) pode ser mais benéfico.

Qual o Peixe que Tem Mais Gordura?

Existem peixes classificados como peixes gordos, os quais contém mais gordura do que os demais. Para ser classificado como tal, é importante que o peixe contenha mais de 10% de gordura, sendo que algumas espécies podem apresentar percentual de até 25% (como é o caso do atum e salmão).

Os peixes com mais gordura são a anchova, atum, arenque, bagre, salmão, pirarucu, cavala, traíra, tucunaré e sardinha. Esta ‘gordura’ está relacionada ao colesterol bom (HDL). Tais peixes também possuem maior concentração de ômega-3.

Na natureza, o atum é encontrado em áreas tropicais e subtropicais. Possui como características, o corpo alongado, fusiforme; assim como boca alongada e barbatanas dorsais (em número de 2) bem separadas.

As sardinhas geralmente são peixes de pequenas dimensões (entre 10 a 15 centímetros). Possuem escamas ventrais em formato de escudo; boca sem dentes; e ausência de espinhos nas barbatanas dorsais e anais.

Peixe Pirarucu
Peixe Pirarucu

O peixe pirarucu é considerado o maior peixe de água doce (e fluvial) do Brasil. Seu comprimento pode alcançar até 3,2 metros; bem como pode pesar até 330 quilos. Está presente principalmente na bacia Amazônica, especialmente nas áreas de várzea (uma vez que são áreas de águas mais calmas). Não são encontrados em zonas de correnteza forte. Habitam águas alcalinas com temperatura compreendida entre 24 a 37 °C.

O peixe bagre (também conhecido como jundiá), na verdade, corresponde a 2.200 espécies de peixes. Dependendo da espécie, pode ocorrer variação de comprimento, desde alguns milímetros até alguns metros.

Peixe Cavala
Peixe Cavala

O peixe cavala possui corpo alongado em formato de torpedo. Possui coloração verde-azul iridescente na porção dorsal, ao passo que apresentam coloração prata na porção lateral. Conta com barras verticais na cor azul-cobalto (em número de 24 a 30)- tais barras atravessam a linha lateral. Apresenta uma barbatana dorsal longa, contendo entre 23  a 27 espinhos.

Qual o Peixe que Tem Menos Gordura?

Peixe Magro
Peixe Magro

No contraponto ao tópico anterior, os peixes ‘magros’ ou que apresentam menos gordura são a carpa, corvina, bacalhau, dourado, garoupa, badejo, pescada, linguado, bonito, cação, lambari, truta, espada, tainha, robalo e merluza.

Qual o Peixe que Tem Mais Proteína?

A maior concentração de proteínas é encontrada em peixes como o atum, corvina, cação, bacalhau e abadejo

O grande campeão desta listagem é o abadejo, uma vez que 100 gramas do peixe possuem 30 gramas de proteína. No caso do atum, a mesma porção possui 28 gramas de proteína.

100 gramas de bacalhau ou cação possuem a mesma concentração de 27 gramas de proteína. Para a corvina, esta porção apresenta 25 gramas de proteína.

O consumo destes peixes é especialmente indicado para quem deseja ganhar massa muscular.

Qual o Peixe que Tem Mais Ômega-3?

Os peixes com mais gordura, automaticamente possuem mais ômega-3. No entanto, o destaque vai para o bacalhau, atum, arenque, cavala, sardinha e salmão.

Como Conservar o Valor Nutricional dos Peixes?

Consumir peixes frescos e mais saudável do que consumir peixes congelados, visto que, longos períodos de refrigeração tendem a diminuir o valor nutricional do peixe. Tal valor é reduzido ainda mais quando os peixes são enlatados.

Peixes Enlatados
Peixes Enlatados

No caso dos peixes enlatados, há uma perda considerável dos aminoácidos essenciais (lisina e metionina); além da perda de certas vitaminas e minerais (dentre eles, o potássio, cálcio, ferro, cobre e tiamina).

*

Gostou das dicas ?

Agora, que tal continuar por aqui para conhecer também outros artigos do site?

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Feito de Iridium. Os 3 melhores peixes de acordo com o objetivo da sua dieta. Disponível em: <https://www.feitodeiridium.com.br/melhores-peixes-objetivo-dieta/>;

PORFIRIO, A. Vogue. Peixe na dieta: saiba as diferenças nutricionais de cada espécie e preparo. Disponível em: <https://vogue.globo.com/lifestyle/viagem-e-gastronomia/noticia/2016/09/peixe-na-dieta-saiba-diferencas-nutricionais-de-cada-especie-e-preparo.html>;

ZANIN, T. Tua saúde.  5 incríveis benefícios de comer peixe para a saúde. Disponível em: <https://www.tuasaude.com/beneficios-de-comer-peixe/>;

Wikipédia. Acanthocybium solandri. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Acanthocybium_solandri>;

Veja também

Hábitat do Iaque

Hábitat do Iaque: Onde Eles Vivem?

Os iaques ou yaks (nome científico Bos grunniens) são bovídeos encontrados em áreas de levadíssima …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *