Home / Animais / Morcego-Fantasma-Grande: Características, Fotos e Nome Científico

Morcego-Fantasma-Grande: Características, Fotos e Nome Científico

Os morcegos são animais não muito estudados por pessoas que não trabalham com ciência, e isso provavelmente é porque eles são representados de maneira muito negativa pelas mídias e também podem ter uma aparência meio assustadora para quem não os conhece.

O morcego fantasma grande pode ser conhecido popularmente como morcego espectral, carcará da Amazônia e andirá guaçu – tudo depende da região em que ele está inserido; e vem ganhando uma maior visibilidade com o passar do tempo, já que outros exemplares dele foram encontrados em novas localidades do país.

Apesar de estar ganhando uma maior visibilidade, muitas pessoas ainda nunca nem ouviram falar dessa espécie de morcego; e por esse motivo estamos aqui. Neste artigo iremos te falar um pouco mais sobre o morcego fantasma grande, especificamente sobre seu nome e classificação científica, suas características… e ainda mostraremos fotos para que você saiba bem de qual animal se trata!

Classificação E Nome Científico

Além dos nomes populares que já citamos anteriormente, o morcego fantasma grande também possui o seu nome científico que é invariável e diz respeito somente a ele: Vampyrum spectrum.

Caso você ainda não saiba como o nome científico é formado, não se preocupe pois nós te explicaremos! O nome científico é formado basicamente pela junção do gênero com a espécie do animal, sendo que o gênero deve ser representado pela primeira letra maiúscula e a espécie deve ser representada toda minúscula.

Ou seja, se o nome científico do morcego fantasma grande é Vampyrum spectrum, isso significa que o gênero dele é Vampyrum e a espécie dele é spectrum; simples, né? Por meio desse nome podemos descobrir muitas características, e conseguimos descobrir ainda mais coisas usando a classificação científica a seguir como base:

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Chiroptera
Família: Phyllostomidae
Subfamília: Phyllostominae
Género: Vampyrum
Espécie: Vampyrum spectrum

O morcego fantasma grande realmente faz parte do gênero Vampyrum e da espécie spectrum como pudemos perceber, mas ainda existem outras características que podemos notar por meio da classificação científica.

Esse animal faz parte da ordem Chiroptera, o que significa que ele possui algumas características em comum com outros animais da mesma ordem. Além disso, é interessante notar que essa é a ordem dos mamíferos que voam, já que o morcego é o único mamífero capaz de voar e o nome Chiroptera significa “mãos transformadas em asas”.

Além disso, ele faz parte da família Phyllostomidae, o que significa que ele divide espaço com outros morcegos que vivem em regiões de clima tropical e possuem uma alimentação parecida, dos quais ele se diferencia pois faz parte de um gênero diferente e, consequentemente, de uma espécie específica.

Interessante, não? Quem diria que apenas com uma classificação científica poderíamos saber tantas informações sobre um animal!

Características Do Morcego Fantasma Grande

Morcego-Fantasma-Grande Fotografado de Perto
Morcego-Fantasma-Grande Fotografado de Perto

Agora que já vimos como o nome científico do morcego fantasma grande é formado e analisamos um pouco a sua classificação científica, seria interessante saber um pouco mais sobre as características desse animal.

  • Tamanho e peso

O morcego fantasma grande, apesar do nome, não é tão grande assim. Ele não chega a pesar nem 300 gramas, mas em compensação pode ter uma envergadura de até 1m de comprimento, dependendo do exemplar.

  • Alimentação

Engana-se quem pensa que todos os morcegos se alimentam exclusivamente de sangue, o morcego fantasma grande está aqui para provar que isso é mentira. Ele se alimenta de vertebrados menores que ele e não se alimenta de sangue, o que o torna um animal carnívoro e não um hematófago (assim, o nome que faz apologia a vampiro não pode ser interpretado ao pé da letra).

  • Estado de conservação

O morcego fantasma grande tem seu estado de conservação classificado como NT (quase ameaçado) de acordo com a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais da IUCN.

  • Quantidade de exemplares na natureza

Essa espécie de morcego é a maior presente em toda a América, o que significa que ele possui muitos exemplares na natureza. Além disso, esse morcego é também o maior representante da subordem Microchiroptera no mundo, tendo o maior número de exemplares vivos na natureza.

Onde Vive O Morcego Fantasma Grande?

Caso você tenha medo de morcegos com certeza seria muito interessante saber onde o morcego fantasma grande vive, principalmente se sua intenção é evitar as áreas em que ele está.

Para o alívio dos mais amedrontados, apesar dessa espécie existir em grande quantidade ela não está distribuída por muitos lugares no mundo. Na verdade, esse morcego pode ser encontrado principalmente na América do Sul e no México; estando presente desde o sul do México até o centro da América do Sul.

Recentemente um exemplar desta espécie foi encontrado pela primeira vez também no Mato Grosso do Sul, o que significa que ele está ampliando sua distribuição geográfica e provavelmente conquistará novos espaços com o passar do tempo.

Morcego-Fantasma-Grande Dentro de uma Caverna
Morcego-Fantasma-Grande Dentro de uma Caverna

Curiosidades Sobre Morcegos

Além de todas as informações científicas, nunca é tarde para ler algumas curiosidades interessantes sobre os animais, não é mesmo? Por isso divirta-se com essa mini lista que criamos de curiosidades gerais sobre os morcegos.

  • Por volta de 20% dos mamíferos existentes no planeta são morcegos;
  • Apesar de causarem medo, colônias de morcego podem ser grandes aliadas na hora de lutar contra pestes em plantações e cidades;
  • Apesar do morcego que citamos não se alimentar de sangue, muitos morcegos realmente se alimentam. Porém, em pequenas quantidades e sem causar danos à vítima, praticamente nunca levando à morte, já que se alimentam apenas do sangue que sai de cortes;
  • Você com certeza já viu fotos de morcegos de ponta cabeça, e a verdade é que eles fazem isso para guardar energia; o sistema circulatório deles é completamente diferente e para o animal é muito mais confortável ficar de ponta cabeça do que lutar contra a gravidade;
  • A maior colônia de morcegos do mundo fica no Texas (EUA) e possui mais de 20 milhões de exemplares, que medo!

Gostou das curiosidades e quer saber ainda mais sobre os morcegos? Leia também: Diferença Entre Morcegos Hematófagos e Frugívoros

Veja também

Família da Ariranha e Parentes mais Próximos do Animal

Quem vê uma ariranha, pode até pensar que não existem outros animais parecidos com eles. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *