Home / Animais / Diferença Entre Morcegos Hematófagos e Frugívoros

Diferença Entre Morcegos Hematófagos e Frugívoros

Diferenças na Alimentação: Características

Podemos observar que entre os animais existem diversos tipos de alimentação. Por exemplo, temos aqueles que são denominados de hematófagos. Tais animais são classificados como aqueles que se alimentam de sangue de outros animais.

Devido à evolução animal, esse comportamento por parte dos que se alimentam de sangue veio à tona, se tornando um método que com o passar dos anos virou necessário para algumas espécies.

Porém, há aqueles animais denominados de hematófagos que se alimentam de sangue por prazer, ou seja, por opção própria. E aqueles que se alimentam do mesmo por uma questão de necessidade. E, para aqueles bichos que se nutrem somente de sangue, esta se torna uma fonte única e primária de alimentação, por meio da qual são obtidos os nutrientes necessários para a sua sobrevivência, como as proteínas e os lipídios.

Dentre os animais que se alimentam de sangue, podemos classificá-los desde os mais simples, como os mosquitos, até alguns mais complexos, como os pássaros ou morcegos. O que pode diferenciar os mesmos, na maioria das vezes, é a forma como é feita a ingestão de tal sangue, que pode ser por meio de sucção ou, ainda, por lambidas.

Ainda existem os frugívoros, que são animais que se alimentam de frutos sem que a sua semente seja danificada, se tornando por meio disso capazes de depositá-las no ambiente, para que desse modo haja uma nova germinação da espécie.

Logo, esses animais representam uma grandiosa conquista entre as florestas tropicais, por serem responsáveis por espalharem, através de sua alimentação, as sementes das frutas.

Demonstrando uma porcentagem de até noventa por cento (90%) de plantas dispersas por esses animais. Podemos destacar ainda que: os principais agentes dispersores pertencem ao grupo daqueles animais vertebrados (que possuem coluna vertebral).

Dentre esses animais que se alimentam de frutos e os que se alimentam de sangue, existe um comumente conhecido: o morcego.

A principal diferença entre os morcegos frugívoros e os hematófagos pode se dar pela forma como se alimentam, que depende de sua arcada dentária.

Seus dentes, grande parte das vezes, se assemelham com os dos mamíferos como: toupeiras e musaranhos, pertencentes à ordem Eulipotyphla. Mas, tais diferenças existem entre os dois devido às suas linhagens evolutivas e a seus hábitos alimentares.

Conheça Quais São Os Morcegos Hematófagos

Uma afirmação que grande parte das pessoas não sabe a respeito dos morcegos hematófagos (morcegos que se alimentam de sangue), é o fato de que os mesmos não sugam sangue, mas sim, lambem o líquido. Eles mordem suas presas para que o sangue possa escorrer e assim, eles possam lambê-lo.

Por sua vez, esses morcegos vampiros possuem suas dentições um pouco mais agressivas.

Eles têm dentes compridos e bem afiados, usados para fazer cortes certeiros e superficiais em suas presas, para que seu sangue possa escorrer de modo que eles se alimentem mais facilmente.

Eles vivem em um tipo de sociedade ou colônia, cuidando uns dos outros. Essas colônias são muito importantes para eles devido às noites em que não encontram seus alimentos.

Caso isso aconteça, ele pode “pedir” a um outro morcego, que tenha uma forte ligação, uma doação de sangue, que muitas vezes é recíproca, pois entre eles o que se recusa a doar não é bem visto.

Os morcegos hematófagos não se alimentam do sangue de seres humanos, como muitos pensam. O que pode ocorrer é algum tipo de mordida ou arranhão na intenção de se defenderem.

Conheça Quais São Os Morcegos Frugívoros

Existem ainda aqueles morcegos que não se alimentam de sangue de outros animais, se nutrindo de frutas. Esses, porque se alimentam de frutas, são denominados de frugívoros e possuem uma alta importância para o ecossistema.

Os morcegos frugívoros quando se alimentam podem carregar as sementes ao pegarem seu fruto ou podem expelir as mesmas por diferentes meios, partindo desde defecação ou, até mesmo, regurgitação.

Esses morcegos são excelentes espalhadores de sementes, pois são frequentemente encontrados em áreas mais livres, como beiradas de matas, ajudando na regeneração da vegetação que é consumida pelos mesmos.

A partir disso, existem diversos meios para que ocorra a disseminação da semente desses frutos em novos locais, desta maneira há uma maior possibilidade de que a planta não venha a se tornar escassa ou insuficiente em determinadas regiões.

Os morcegos que se nutrem de frutas têm um gosto peculiar por frutos mais carnosos e suculentos, pois sua polpa é geralmente mascada ou sugada.

Contudo, suas sementes são normalmente menores que as outras também, possibilitando que os mesmos venham a comer todo o fruto sem se preocuparem exageradamente com elas, visto que serão evacuadas com as suas fezes mais tarde.

As plantas que são escolhidas na maioria das vezes por eles são: as figueiras (Moraceae), os juás (Solanaceae), as embaúbas (Cecropiaceae) e as pimenteiras (Piperaceae).

Por isso, suas dentições são compostas usualmente por muitos de dentes, possuindo os molares e os pré-molares mais alargados e mais fortes, pois são necessários para mastigar a polpa fibrosa de muitos frutos.

Curiosidades: Frugívoros e Hematófagos

De acordo com crenças populares, existiam os vampiros, que eram seres mitológicos ou folclóricos que sobreviviam se alimentando de sangue de animais ou, surpreendentemente, de pessoas.

Dessa forma, os morcegos que se alimentam de sangue foram atribuídos de um nome mais comum, por possuírem essa certa semelhança com os vampiros. Sendo assim, além de morcegos hematófagos, também são denominados de morcegos vampiros.

Mas, um fator muito importante que a maioria dos morcegos detêm é a sua ecolocalização, pois através dos ecos eles possuem outro “tipo de visão”, podendo se orientar melhor.

Essa ecolocalização é principalmente importante para os morcegos que se alimentam de frutas, devido a sua capacidade de encontrar frutos e flores mais facilmente, tendo como base os seus padrões de ecos.

Portanto, os morcegos frugívoros costumam ser mais numerosos nas florestas tropicais, pois esses são biomas que possuem as maiores produtividades e diversidades de espécies do planeta, o que pode deixar menos complexa a sua busca por alimento.

Tal termo (frugívoro) foi originalmente retirado do latim, e é denominado a partir de “frux”, que significa fruto; e “vorare” sendo igual a comer ou devorar. Possuindo o significado de: uma dieta alimentar composta por frutos, onde as sementes das plantas não são prejudicadas.

Veja também

Alimentação do Tubarão: O Que Eles Comem?

Os hábitos alimentares dos tubarões são muito diferentes se você levar em conta o número …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *