Home / Animais / Ficha Técnica da Joaninha: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Ficha Técnica da Joaninha: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

Além de serem insetos com estética muito agradável, as joaninhas são especialmente benéficas para os jardins e plantações. Ao todo, correspondem a cerca de 6.000 espécies distribuídas em 360 gêneros. Dentre essas espécies, nem sempre os indivíduos apresentam a ‘tradicional’ carapaça de cor vermelha. Outras tonalidades possíveis são o amarelo, verde, marron, cinza, azul e rosa.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre essas pequeninas colaboradoras do ecossistema.

Então venha conosco e boa leitura.

Ficha Técnica da Joaninha: Classificação Taxonômica

Saiba Mais Sobre a Joaninha
Saiba Mais Sobre a Joaninha

A classificação científica para estes insetos é bastante extensa, uma vez que apresenta subfilos, subclasses, superordens, infraordens e outras categorias adicionais. A categorização completa está descrita abaixo:

Domínio: Eukaryota;

Reino: Animalia;

Sub-reino: Eumetazoa;

Filo: Arthropoda;

Subfilo: Hexapoda;

Classe: Insecta;

Subclasse: Pterygota;

Superordem: Endopterygota;

Ordem: Coleoptera;

Subordem: Polyphaga;

Infraordem: Cucujiformia;

Superfamília: Cucujoidea;

Família: Coccinellidae;

Ficha Técnica da Joaninha: Descrição de Alguns dos Grupamentos Taxonômicos

A classe dos insetos corresponde ao maior e mais bem distribuído grupamento de artrópodes do planeta. Estes animais representam 70% de todas as espécies já descritas. São invertebrados com exoesqueleto quitinoso; corpo dividido em 3 segmentos (os quais recebem o nome de tagmas) e outras particularidades. Estes segmentos referem-se à cabeça, tórax e abdômen. A estimativa é que existam de 5 a 30 milhões de espécies de insetos viventes.

No caso da subclasse Pterygota, a característica principal são os 2 pares de asas posicionados entre o segundo e o terceiro segmento torácico. Este grupamento conta com um total de 36 ordens, das quais 8 já são extintas.

A Classe das Joaninhas
A Classe das Joaninhas

Em relação à superordem Endopterygota, é comum que neste grupamento ocorra a separação do nicho alimentar das larvas em relação às formas adultas.

A ordem taxonômica Coleoptera abriga espécies conhecidas como besouros, assim como as joaninhas. Nesta ordem, estão presentes o incrível quantitativo de 350 mil espécies. Podem ser encontrados em uma grande diversidade de hábitats, com exceção dos oceanos (embora também possam ser encontrados em litorais). Possuem 2 pares de asas, sendo o par externo esclerotizado (endurecido) com quitina e funcionando como proteção- este recebe o nome de élitro (no caso, é a carapaça da joaninha); e o par interno formado por asas membranosas, no entanto delicadas (utilizadas para voar de fato).

Ficha Técnica da Joaninha: Peso, Altura, Tamanho e Imagens

As joaninhas geralmente medem alguns poucos centímetros de comprimento, embora, dependendo da espécie, seja possível encontrar indivíduos maiores. Neste quesito, também há variação de acordo com a fonte literária consultada. O site “perito animal” aponta a média de comprimento entre 4 a 8 milímetros; porém outras publicações apontam variações ainda maiores, estimadas entre 0,8 milímetros a 1,8 centímetros.

O peso estimado é de 0,021 gramas.

Ficha Técnica da Joaninha: Coloração de Élitro e Outras Características

A carapaça ou élitro (terminologia usada para se referir à porção que recobre as asas membranosas) possui uma coloração bem viva e vibrante, frequentemente representada pelo fundo vermelho com pintas na cor preta. No entanto, esta coloração pode variar conforme a espécie e apresentar colorações ‘alternativas’, tais como rosa, amarelo, verde, marrom e azul.

A Cor das Joaninhas
A Cor das Joaninhas

A coloração chamativa, na verdade, atua como estratégia de defesa, visto que sugere aos predadores da joaninha que a mesma possui um gosto ruim ou é venenosa (esta estratégia recebe o nome de aposematismo).

O corpo é bem redondo ou semiesférico, a cabeça é pequena e as patas são curtas.

Além da coloração, a joaninha pode recorrer a outra estratégia de defesa, sendo capaz de liberar uma substância de odor de desagradável, assim como posicionar-se com o ventre para cima, fingindo morte.

Ficha Técnica da Joaninha: Alimentação, Ciclo de Vida e Curiosidades

Alguns dos insetos inclusos na dieta da joaninha são os ácaros, cochonilhas, moscas da fruta e pulgões (os quais também podem ser chamados de afídeos).

Além dos insetos, outros componentes da dieta incluem pólen, mel, folhas e até mesmo fungos.

Em relação ao ciclo de vida, cada fêmea é capaz de liberar de 150 a 200 ovos por postura, a qual é realizada preferencialmente em locais colonizados por suas presas (de modo a proporcionar oferta de alimentos para as larvas).

As larvas eclodem geralmente 2 a 5 dias após a postura. Após o nascimento, são muito diferentes das joaninhas adultas, uma vez que apresentam corpo escuro e alongado, além de espinhos.

Após um período estimado de 10 dias, as larvas se fixam a um substrato para transformarem-se em pupa. Permanecem como pupa durante um período médio de 12 dias.

Logo após saírem da pupa, as joaninhas adultas apresentam um exoesqueleto muito amolecido e, portanto, vulnerável. Dessa forma, permanecem imóveis durante alguns minutos até o endurecimento deste esqueleto, momento em que estarão aptas a voar.

A alimentação à base de pulgões e outras pragas pode funcionar como alternativa ao uso de agrotóxicos, sendo especialmente benéfica para grandes culturas agrícolas.

A joaninha possui hábitos solitários e passa maior parte do tempo à procura de comida. Curiosamente, são insetos que hibernam durante o inverno, momento no qual também manifestam um comportamento gregário.

Poucas pessoas sabem, mas, caso falte comida, as joaninhas também podem praticar o canibalismo.

Em termos de simbolismo, as joaninhas podem estar ligadas à idéia de harmonia, equilíbrio  e felicidade. Na China, está ligada à boa sorte. Na França, acredita-se que, caso a joaninha pouse em uma pessoa, poderá trazer à mesma renovação e transformação.

Ficha Técnica da Joaninha: Listagem de Algumas Espécies

Espécies de Joaninha
Espécies de Joaninha

Uma das espécies de joaninhas mais comuns de joaninha é a joaninha-dos-7-pontos (nome científico Coccinella septempunctata) originária da Europa. Esta espécie possui a carapaça vermelha com 3 pontos ou pintas de cada lado, além de 1 pinta no centro entre os dois élitros.

Algumas das outras espécies incluem a joaninha de dois pontos (nome científico Adalia bipunctata); a joaninha de 22 pontos (nome científico Psyllobora vigintioduopunctata), a qual possui carapaça de cor amarela; a joaninha rosa (nome científico Coleomegilla maculata), a qual possui formato ovalado e manchas negras irregulares (muitas vezes com borda avermelhada) ao longo da carapaça; e a joaninha negra (nome científico Exochomus quadripustulatus), a qual possui a raríssima tonalidade preto brilhante (a qual pode variar com o passar do tempo), além de pontos amarelos, alaranjados e vermelhos, os quais possuem tamanho diferentes entre si.

*

Depois dessa gama de informações e ficha técnica sobre a joaninha, que tal continuar por aqui conosco para visitar também outros artigos do site ?

Sinta-se sempre bem-vindo por aqui.

Até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

Green Me. Joaninha- Por que ela é considerada Símbolo da Sorte? Disponível em: < https://www.greenme.com.br/viver/arte-e-cultura/66645-joaninha-por-que-ela-e-considerada-simbolo-da-sorte/>;

LILLMANS, G. Perito Animal. Tipos de joaninhas: características e fotos. Disponível em: < https://www.peritoanimal.com.br/tipos-de-joaninhas-caracteristicas-e-fotos-22988.html>;

Wikipédia. Joaninha. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Joaninha>;

Veja também

Lebre na Natureza

Tudo Sobre a Lebre : Características, Nome Cientifico e Fotos

Hoje vamos trazer mais um animal incrível e cheio de curiosidades super interessantes para os …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.