Home / Animais / Como o Cachorro se Locomove: Sistema Locomotivo dos Cães

Como o Cachorro se Locomove: Sistema Locomotivo dos Cães

Todo mundo já sabe que os cães são a paixão nacional do Brasileiro e, por isso, muitas pessoas se interessam cada vez mais pelo funcionamento de seus corpos; principalmente porque isso pode facilitar o processo de domesticação.

Entretanto, ainda pode ser difícil encontrar informações precisas e ao mesmo tempo simplificadas sobre o sistema locomotivo dos cães. Isso porque esse não é um assunto tão comentado e, por isso, é mais complicado entender exatamente como tudo funciona.

Portanto, neste artigo iremos falar um pouco mais sobre o sistema locomotivo dos cães baseando-se nas partes que o compõem e em como elas funcionam.

Os Cães

Antes de mais nada, é interessante ressaltarmos as características gerais do cachorro. Assim, na hora de vermos o lado mais científico de seu corpo tudo ficará mais fácil e simples de ser entendido por todos.

O cachorro é um mamífero pertencente à família dos canídeos que possui um corpo formado pelo tronco, 4 patas, focinho e cauda. Uma coisa muito interessante – que muitas pessoas não sabem – é que o cachorro pode ser considerado uma subespécie do lobo, apesar do comportamento de ambos animais ser muito diferente.

  • Hábitos alimentares

Assim como esperado, o cão possui hábitos alimentares carnívoros. Porém, por ser um animal domesticado ele tende a se alimentar de ração e carne apenas quando cozida; isso porque nos dias de hoje os cães possuem uma imunidade menor do que possuíam antigamente, resultado da domesticação – já que os cães foram os primeiros animais domesticados pelo ser humano de que se tem notícia.

Cachorro Hábitos Alimentares
  • Hábitos de reprodução

Com o passar do tempo os hábitos de reprodução dos cães mudaram de maneira não natural. Com a domesticação, a reprodução dos cães é dividida em natural e assistida.

Ela é natural quando ocorre sem intervenção do ser humano, principalmente em meio à natureza; e ela é assistida quando ocorre com a intervenção do ser humano, que muitas vezes faz os animais se reproduzirem para vender ou apenas para ter filhotes e aumentar a família.

Por conta da variedade de espécies pode ser difícil definir o tempo de gestação e a quantidade de filhotes que nascem após a gravidez, mas geralmente esse período dura 60 dias e as fêmeas têm cerca de 5 filhotes; porém, essa é apenas uma média que leva em conta todas as raças de cães e por isso não pode ser levada como um fato.

Sistema Esquelético

O sistema esquelético consiste no conjunto de ossos presentes no corpo de um ser vivo; ou seja, consiste no esqueleto do ser vivo, formado por ossos e responsável por sustentar o corpo do animal.

Por conta desse sustento, podemos perceber que o sistema esquelético é uma parte fundamental para o funcionamento do sistema locomotor do cão; já que em conjunto com outros sistemas (como o nervoso e o muscular) o animal conseguirá se locomover corretamente.

Por isso, é importante entender bem como esse sistema esquelético é constituído no corpo do cão, para que não restem dúvidas e você consiga entender mais profundamente esse assunto.

Sistema Esquelético – Divisão

Falando de maneira científica, podemos entender que o sistema esquelético do cão é dividido em duas porções pelo seu corpo: o esqueleto axial e o esqueleto apendicular; ambos constituem todo o esqueleto do cão e trabalham em conjunto para que ele consiga se locomover.

É importante entender separadamente em qual parte do corpo cada uma dessa porção está presente, assim os estudos se tornam mais fáceis e o assunto fica didaticamente mais simples de entender.

  • Esqueleto axial
Cachorro Esqueleto Axial

O esqueleto axial está mais presente na parte superior do corpo do cão, e nessa porção estão presentes os ossos da cabeça, do pescoço e todo o tronco – ou coluna vertebral do cachorro. Essa porção constitui o corpo do cachorro e é extremamente importante e a maior porção de ossos.

  • Esqueleto Apendicular

O esqueleto apendicular abrange a parte “externa” do corpo do cão, já que nessa porção estão presentes os ossos das pernas e patas; ou cientificamente falando, os membros torácicos e os membros pélvicos.

Cachorro Esqueleto Apendicular

Por fim, podemos destacar que essas duas porções de esqueleto se unem por meio dos ossos da cintura do cão; ou seja, a escapular e a pélvica.

Com todas essas divisões e porções, o sistema esquelético do cão está pronto para constituir parte do sistema locomotor de que ele precisa para se locomover.

Sistema Locomotivo – O Conjunto

Como já dissemos, é importante que você entenda que o sistema locomotivo do cão é formado por um trabalho em conjunto existente entre o sistema esquelético, o sistema muscular e o sistema nervoso.

Já te falamos tudo o que você precisa saber sobre o sistema esquelético, e agora vamos explicar separadamente como funcionam o sistema muscular e o sistema nervoso no corpo do cão de maneira bem didática para facilitar tudo para você.

  • Sistema Muscular

O sistema muscular é responsável por promover movimentos voluntários e involuntários no corpo dos animais, e isso inclui o cão. Dessa forma, podemos dividir os tipos de músculos de acordo com a origem desses movimentos (voluntária ou involuntária).

Os músculos que oferecem movimentos involuntários são chamados de lisos e os músculos que oferecem também movimentos voluntários são chamados de estriados e cardíacos.

Esse sistema é extremamente importante para a sustentação do corpo do animal e está diretamente ligado ao sistema nervoso e ao sistema esquelético.

  • Sistema Nervoso

Para finalizar a tríplice de sistemas que trabalham em conjunto para resultar no sistema locomotor devemos explicar mais detalhadamente o sistema nervoso.

O sistema nervoso é responsável por sinalizar o corpo de que ele precisa se movimentar; ele é o principal componente dos movimentos involuntários e também é extremamente importante para os movimentos voluntários.

Cachorro Sistema Nervoso

No caso do movimento involuntário, o sistema nervoso age de maneira autônoma e a ação não passa pelo pensamento do cão antes; no caso do movimento voluntário, o sistema nervoso age em conjunto com o pensamento humano, e assim a ação é feita.

Quer saber um pouco mais sobre os cães? Leia também: Tudo Sobre a Raça de Cachorro Pinscher, Filhotes e Imagens

 

 

Veja também

Diferenças Entre Raças de Cães Maltês, Poodle, Shih-Tzu, Yorkshire e Bichon Frise

Porque as necessidades de todos são tão diferentes, vamos nos concentrar na comparação entre algumas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *