Home / Animais / Tudo Sobre a Raça de Cachorro Pinscher, Filhotes e Imagens

Tudo Sobre a Raça de Cachorro Pinscher, Filhotes e Imagens

Tudo o que se sabe sobre a raça de cachorros pinscher (imagens abaixo) – inclusive quanto às características dos seus filhotes – são informações meio esparsas, já que as suas origens continuam envoltas por uma espécie de nuvem misteriosa.

Sabe-se, por exemplo, que eles são cães de origem alemã, que já eram apreciados no séc. XVII como cães de companhia e de guarda devido ao seu porte esbelto, inteligência, fidelidade, discrição e coragem.

O pinscher (ou pinscher alemão), ao que tudo indica, seria, digamos, a matriz de onde surgiram as raças pinscher miniatura, schnauzer, doberman, entre diversas outras; mas sempre com algumas características que os unem, como por exemplo, uma pelagem curta, lisa, reluzente e com uma tonalidade que mescla o preto com o canela.

Uma curiosidade sobre esses cães é que, após a Segunda Guerra Mundial, eles tornaram-se quase como uma raça lendária – prestes mesmo a ser extinta – , e que somente a partir do trabalho dedicado de alguns de seus amantes, por meio de um longo e elaborado processo de cruzamento, foi possível garantir a sua sobrevivência para as gerações futuras.

E esse trabalho ainda ajudou a criar diversas outras raças, que tornaram-se, curiosamente, ainda mais populares do que o pinscher alemão ao redor do mundo.

Mas o grande momento dessa raça ocorreu na virada dos anos 80 para o 90, quando foram reconhecidos pelos principais clubes de cinofilia do mundo como uma raça pura.

Até que, finalmente, em 2003, tivessem o seu reconhecimento assegurado pela tradicional American Kennel Club; e aí então o céu passou a ser o limite para essa tão original e singular raça de cães europeus.

Tudo Sobre a Raça de Cães Pinschers: Fotos, Imagens, Filhotes, Entre Outras Características

Muitos não sabem, mas o termo “Pinscher” serve para designar um grupo de cães com origem comum, mas que, por meio de complexos e sofisticados processos de cruzamentos – que envolvem até mesmo manipulações genéticas –, apresentam características físicas das mais diversas.

A comunidade dos Pinschers pode nos presentear, por exemplo, com singularidades, como os schnauzers, os pinschers miniatura e os zwergaffenpinscher (o macaco-anão); raças que, do alto dos seus “assustadores” 25 ou 30 cm, estão entre as menores e mais incomuns raças de cães do mundo.

Mas essa “família” também pode abrigar raças consideradas sinônimos de valentia, coragem e ameaça, como os assustadores cães dobermans – as estrelas de inúmeras produções cinematográficas quando o objetivo é demonstrar as características mais sombrias dessa imensa família Canidae.

Agora, sobre as características dos filhotes da raça de cachorro pinscher, tudo o que se sabe, além das suas características físicas (como vemos nessas fotos e imagens), é que eles, desde cedo, demonstram a “personalidade” de um cão possessivo, territorialista, genioso e independente. O que faz com que o adestramento seja uma das primeira preocupações de quem quer que pretenda ter a companhia desse tipo de animal.

Os pinschers também costumam ser predispostos a determinados tipos de doenças, como o Mal de von Willebrand, que consiste em um distúrbio de origem proteica que faz com que o animal apresente dificuldades de coagulação sanguínea.

Além de outras, também bastante comuns, como: hipotireoidismo, cataratas, doenças cardíacas, Displasia Coxofemoral, entre outros transtornos que poderão ser ao menos minimizados caso você tenha recebido do criador um documento onde estejam registradas tais predisposições, além das melhores indicações de tratamentos e de cuidados com vistas a minimizar esses riscos.

Além de Fotos, Imagens e Filhotes, Tudo o Mais que Mereça ser Destacado Sobre os Cães Pinscher

De uma raça de cães criada, inicialmente, para tomar conta de galinhas, frangos e demais espécies de passeriformes – como grandes auxiliares dos produtores de aves do sul da Bavária, séculos atrás, na luta contra a invasão de roedores –, os pinschers tornaram-se um clássico entre as raças de cães de companhia, mas que também podem executar, e muito bem, as funções de um excelente cão de guarda.

Os pinschers (ou pinscher alemão) geralmente medem entre 40 e 50 cm de altura e costumam pesar entre 16 e 20 kg. Sua pelagem também é das mais originais. Costuma apresentar-se na cor preta, com detalhes marrom, canela, pardo ou dourado.

Sobre essa pelagem, o que se sabe é que ela é um dos atributos que tornam essa raça tão apreciada, já que uma textura lisa, firme, curta, reluzente e áspera faz com que os cuidados com relação à banho, tosa, escovação e limpeza sejam insignificantes ou totalmente inexistentes.

Apesar de ser tão parecido fisicamente com um doberman, o que os seus admiradores afirmam é que, nem de longe, eles representam uma ameaça ou as características sombrias e ameaçadoras da família Canidae. Nada disso!

Tudo o que se pode dizer sobre a personalidade do cachorros pinschers, além das características dos seus filhotes, como vemos nessas imagens, é que eles possuem as de um típico cão de companhia, atento, disposto, discreto e que dificilmente utiliza-se de latidos para chamar a atenção.

Eles irão proteger a sua propriedade da mesma forma como o fazem os mais fiéis e leais cães de guarda que conhecemos. Porém com a vantagem de não representarem uma ameça. Ao contrário! Seu porte elegante, expressão serena, caráter altivo, independente e discreto, na verdade fazem deles a melhor companhia que um indivíduo pode desejar dentro dessa comunidade.

Os Cuidados com Essa Raça

Os pinschers são, reconhecidamente, cães um tanto quanto possessivos. O mais provável é que eles elejam um membro da família e passem a segui-lo – ele e somente ele – , como um típico cão de companhia e de guarda; e provavelmente só obedecerão ao seu comando.

Logo, recomenda-se que desde cedo eles sejam ensinados a diferenciar um gesto normal de uma ameça, a fim de que não se tornem um perigo para crianças, visitas, outros cães e até mesmo para os membros da família.

Um filhote de pinscher também deverá receber uma imunização com as principais vacinas recomendadas; e não esquecer, também, de pedir o certificado de saúde (caso adquira-o em um canil), atestado de pedigree e de vacinação, entre outras certificações que certamente o ajudarão a criar esse animal nas melhores condições possíveis.

Outra coisa a saber sobre o pinscher é que ele também não é exigente com relação a banho e escovação. Um banho a cada 15 dias, uma escovação semanal, caminhadas ou corridas diárias em um campo aberto e visitas semestrais a um bom veterinário podem ser tudo de que eles precisam para crescerem fortes, saudáveis e cheios de energia como só eles podem ser.

Caso queira, deixe a sua opinião sobre esse artigo. E ajude-nos a aprimorar, ainda mais, os nossos conteúdos.

Veja também

Lista de Raças de Galinhas Gigantes Com Nome e Fotos

Se referir a galinhas gigantes relativiza muito a interpretação. Há raças que são tão fofas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *