Home / Animais / Alimentação da Equidna: O Que Elas Comem?

Alimentação da Equidna: O Que Elas Comem?

A alimentação é algo essencial na vida de qualquer ser vivo tanto autótrofo quanto heterótrofo, justamente porque é por meio dela que obtemos nutrientes para nossa sobrevivência e, consequentemente, para que consigamos desenvolver as atividades essenciais do nosso dia a dia.

Assim, estudar sobre um ser vivo e não entender como funciona a sua alimentação é a mesma coisa de estudar sobre ele de maneira incompleta, justamente porque sem esses parâmetros é praticamente impossível entender completamente como determinada espécie funciona.

A equidna é um animal bem diferente do que estamos acostumados a ver principalmente porque ela está presente na Oceania, um continente que ficou isolado do resto do mundo por conta da pangeia e por esse motivo nos dias de hoje possui os animais mais diferentes e interessantes.

Dessa maneira, justamente por conta desse isolamento não apenas geográfico mas também cultural, não temos tantas informações interessantes sobre a alimentação da equidna.

Portanto, neste artigo vamos falar exatamente sobre a alimentação da equidna de uma maneira geral. Portanto, leia o texto até o final para saber tudo o que há de mais interessante sobre a alimentação desse animal.

Forma de alimentação da equidna

Antes de mais nada precisamos entender a forma com que a equidna se alimenta, já que dessa maneira conseguimos aprender de uma maneira mais aprofundada sobre ela.

Em primeiro lugar, podemos dizer que esse é um ser vivo heterótrofo, e é exatamente por isso que a equidna deve caçar o seu alimento, já que apenas seres vivos autótrofos são capazes de produzir a própria alimentação e, consequentemente, a própria energia.

Em segundo lugar, é possível perceber que a equidna tem a tendência a consumir seres vivos bem menores que ela, justamente porque ela possui um porte bem pequeno e porque especialmente a sua boca é bem menor do que estamos acostumados a ver em alguns casos.

Por fim, é interessante saber que a equidna se alimenta de dois seres vivos principais como veremos a seguir e que curiosamente eles estão presentes ao redor de todo o mundo, enquanto ela pode ser encontrada apenas na Papua Nova Guiné e na Austrália de maneira geral.

Assim, vamos ver algumas informações interessantes sobre esses seres vivos que você com certeza já conhece, mas ao mesmo tempo não sabe que se tratam de uma presa da equidna.

O que a equidna come – as formigas

Dizem por aí que se pesarmos todas as formigas existentes no planeta teremos um peso maior do que se pesarmos todos os seres humanos existentes no planeta, será mesmo que isso é verdade?

Sendo verdade ou não, sabemos que a formiga é um inseto presente ao redor de todo o mundo de maneira geral e, justamente por conta da sua grande distribuição geográfica e de seu tamanho muito pequeno, a tendência é justamente que ela acabe se tornando uma presa fácil de muitos animais no mundo.

No caso, fica claro que a equidna é um desses seres vivos que poderiam transformar a formiga em uma presa e é justamente por isso que devemos estudar sobre ela de uma maneira mais aprofundada.

Equidna e formiga
Equidna e formiga

A formiga é pega de uma maneira muito simples pela equidna: a equidna em questão possui uma língua pegajosa que faz com que seres vivos muito pequenos (como os insetos) fiquem grudados e, consequentemente presos, muito facilmente, e é exatamente essa a forma com que a equidna caça a formiga.

Basicamente, a tendência é que a equidna grude sua língua na formiga e faça com que ela seja pega, dessa maneira ela é capturada.

Portanto, esse é o primeiro animal que serve de presa fácil para a equidna sempre.

O que a equidna come – os cupins

Como já dissemos, além de ser um animal bem pequeno a equidna também possui uma boca bem pequena, e é por isso que ela sempre procura por seres vivos realmente muito menores que elas não apenas no caso das formigas, mas também no caso dos cupins.

Isso porque os cupins também estão presentes ao redor de todo o planeta e são muito pequenos, e por isso ele está classificado no mesmo grupo quando o assunto são os seres vivos que a equidna tende a atacar mais facilmente, e por isso é muito importante aprender mais sobre isso.

Como a formiga e o cupim não são diferentes, a tendência é que o cupim seja capturado da mesma maneira que ela: a equidna gruda sua língua no cupim e também o captura, e é claro que isso só é possível porque o cupim realmente é muito pequeno também e na verdade se parece com uma formiga.

Portanto, esses são os dois seres vivos que mais servem como presa para as equidnas, e por isso é importante aprender mais sobre ela até mesmo para prevenir a extinção de algumas espécies.

Características da equidna

Por fim, agora que já falamos sobre suas presas vamos falar um pouco mais sobre a equidna em si, principalmente porque esse animal é extremamente interessante para quem ainda não o conhece.

Em primeiro lugar, algo muito interessante é que o período de gestação desse animal dura apenas 10 dias e é por isso que ele tem a capacidade de se reproduzir rápido caso seja necessário;

Em segundo lugar, a equidna é pequena e por isso ela mede no máximo 80 centímetros e pesa no máximo 3,5kg, justamente por esse motivo ela caça animais tão pequenos.

Equidna comendo
Equidna comendo

Em terceiro lugar, esse animal muitas vezes é confundido com um porco espinho, mas a verdade é que ele é muito diferente quando paramos para analisar mais de perto, principalmente porque seus espinhos são menos duros.

Por fim, podemos dizer que  o nome científico da equidna de focinho curto é Tachyglossus aculeatus e da equidna de focinho longo é Zaglossus bruijni, e isso significa que elas na verdade não são apenas espécies diferentes, mas também pertencem a diferentes gêneros.

Gosta desse tipo de conteúdo e tem a intenção de continuar aprendendo ainda mais sobre Ecologia? Então confira também aqui no site: Como Cuidar de Anêmona no Aquário Marinho?

Veja também

Espécies de Mariscos: Lista com Tipos- Nomes e Fotos

Os mariscos, também conhecidos como frutos do mar, são os queridinhos na culinária, principalmente nas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *