Home / Plantas / Tudo Sobre a Barba-de-Serpente: Características e Fotos

Tudo Sobre a Barba-de-Serpente: Características e Fotos

A barba-de-serpente é uma planta ornamental originária da parte oriental do continente asiático, de países que possuem clima tropical de altitude, como por exemplo a China, as Coreias do Sul e do Norte e o Japão, país onde é uma planta bastante popular devido às suas condições geográficas.

Ela pode ser incluída na categoria de plantas de forração de sol pleno ou meia-sombra. Plantas de forração são plantas que, majoritariamente, crescem no sentido horizontal e possuem uma média de 30 centímetros de altura.

O nome científico da barba-de-serpente é ophiopogon jaburan, e ela pertence à família Ruscaceae, a mesma família do lírio-do-brejo e da rosa do deserto. Além do nome popular de barba-de-serpente, essa planta também é conhecida como ofiopógão ou ofiopogo.

O Que É Barba-De-Serpente?

A barba-de-serpente é uma planta perene, o que significa que seu ciclo de vida é longo, superior a dois anos, e é também uma planta herbácea, ou seja, não possui tronco acima do nível do solo. As suas raízes são fibrosas, comumente terminando em tubérculos.

Barba-de-Serpente
Barba-de-Serpente

Muito parecida com uma gramínea, possui folhagens ornamentais e produz estolhos – que são caules rasteiros, subterrâneos ou superficiais que lançam raízes e folhas em intervalos mais ou menos regulares.

Folhas e Flores

A planta apresenta moitas baixas, com média de 20 a 40 centímetros de altura e 70 centímetros de diâmetro. É dotada de haste subterrânea e possui dezenas de folhas, que como características principais são bastante finas, brilhantes, coriáceas, compridas e laminares.

As folhas nascem a partir da base da planta, crescem e depois caem em direção ao solo, de forma recurvada. A cor mais comum para a folhagem da barba-de-serpente é o verde-escuro, porém em se tratando de paisagismo, utiliza-se mais as plantas variegadas, que são as dotadas de folhas com raios amarelo-pálido ou branco-creme.

É no verão que suas inflorescências aparecem, com flores delicadas e pequeninas dispostas em forma de espiral em espigas eretas, com a aparência de um sino. As flores, que se sobrepõem à folhagem, possuem colorações em tons de roxo, púrpura, violeta ou lilás, ou então são brancas.

Flor da Barba-de-Serpente
Flor da Barba-de-Serpente

Depois de florir, a barba-de-serpente pode ter pequenos frutos azuis ou violetas, que se apresentam na forma de baga (fruto carnoso que só mostra suas sementes quando apodrece ou quando é aberto).

Como Cultivar

A barba-de-serpente é uma planta que pode estar em ambientes externos com sol direto ou à meia-sombra, embaixo de arbustos ou de árvores, por exemplo.

O solo para o cultivo deve ser fértil, leve, com boa drenagem e, preferencialmente, enriquecido com algum tipo de material orgânico – pode ser vegetal, animal ou microbiano, vivo ou morto, desde que tenha capacidade de decomposição.

Embora seja uma planta resistente à seca, o solo em que a barba-de-serpente for plantada deve ser regado com regularidade, estando sempre úmido, porém nunca encharcado de água, pois isso pode causar doenças na planta e inclusive o apodrecimento de suas raízes.

Cultivo da Barba-de-Serpente no Jardim
Cultivo da Barba-de-Serpente no Jardim

Também é necessário fertilizar esse solo com matéria orgânica a cada seis meses. A planta ainda tolera intempéries climáticas e baixas temperaturas, inclusive geadas.

A barba-de-serpente não é uma planta cara e, além disso, não demanda muita manutenção, visto se tratar de uma planta rústica.

A planta não precisa nem deve ser podada, pois isso retiraria seu aspecto de moita e suas funções decorativa e ornamental. Para manter a beleza da planta, pode-se apenas retirar as folhas velhas, murchas ou que estejam caídas.

O recomendado é que, caso queira plantar mais de uma barba-de-serpente, suas touceiras (tufos) devem ser divididas, pois assim é feita sua multiplicação – que raramente ocorre através de sementes.

Ao plantá-las também deve-se manter a separação por touceiras com um mínimo de dez centímetros de distância entre uma e outra planta, o que estimula o seu desenvolvimento pleno e o nascimento das flores.

A barba-de-serpente pode ser plantada em regiões de clima subtropical, tropical, mediterrâneo, continental e também em áreas litorâneas.

Em relação às pragas e doenças, não há relatos de que alguma grave acometa a barba-de-serpente. Em relação aos insetos, lesmas, caramujos e caracóis podem ser vistos como pragas ocasionais.

A Barba-De-Serpente Como Decoração

Em se tratando de paisagismo, a barba-de-serpente é uma planta muito versátil e é costumeiramente utilizada como forração, delimitando caminhos, marcando as bordas de um canteiro ou plantadas de forma maciça.

Ou seja, ela é uma planta que tem sido mais utilizada como parte secundária no paisagismo, não como protagonista. Em relação às suas flores, apesar de bonitas, elas sozinhas não possuem grande interesse decorativo, sendo a planta como um todo o objeto utilizado nas composições ornamentais.

Mas além da barba-de-serpente em si, seus frutos em formato de bagas oblongas podem ser cortados e utilizados para a composição de arranjos florais para ambientes internos, rendendo ótimas composições se agregados a outros tipos de plantas.

Barba-De-Serpente Decorando o Jardim
Barba-De-Serpente Decorando o Jardim

Como possui folhas que crescem para depois caírem pendentes e recurvadas, ela é ideal para ser plantada em vasos ou jardineiras, suspensos ou ao nível do solo, podendo ser usada para decorar sacadas e varandas, pois nesses ambientes faz ótima composição tanto sozinha como ao lado de outras plantas.

Além de ser muito utilizada em jardins, pátios, decorações para varandas de casas ou sacadas de apartamentos, a barba-se-serpente é umas das plantas mais usadas pelas prefeituras brasileiras para decoração canteiros centrais e espaços públicos – isso por se tratar de uma planta muito resistente e relativamente barata.

A planta de barba-de-serpente ainda é ideal para integrar jardins verticais, que ultimamente têm sido objeto de grande atenção dos paisagistas, tanto para serem instalados em empresas, restaurantes, prédios comerciais, como para fazerem parte de decoração de casas e prédios.

Ela é uma planta que facilmente pode fazer parte dos jardins verticais que estão em lugares que recebem diretamente a luz do sol e maior incidência de vento, como para jardins verticais que estejam à meia-sombra e sem tanto vento, pois é uma planta que se adapta bem a ambas as situações.

Sendo assim, por sua versatilidade, a barba-de-serpente é capaz de fazer parte de jardins verticais, ou quaisquer outros ambientes que possuam plantas, internos e externos.

Veja também

Esporos

O Que São Esporófitos E Esporos? O Que São Esporos Briófitas?

Pra quem mexe usualmente com plantas talvez já tenha tomado contato com termos como esporófito …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *