Home / Plantas / Pragas E Doenças Que Atacam O Araçá, Como Resolver E Evitar

Pragas E Doenças Que Atacam O Araçá, Como Resolver E Evitar

De sabor parecido com a goiaba, o araçá é um dos mais produtivos frutos cultivados no país. Mas, nem por isso o araçazeiro está livre de doenças e pragas que podem matá-lo, por mais saudável que ele esteja.

Quer descobrir como combater essas enfermidades? Então, acompanhe a leitura.

Características Gerais Do Araçá

Trata-se de um fruto pertencente a uma planta de porte arbóreo que varia entre 3 e 6 m de altura, onde a copa é rala e irregular. Já um tronco saudável dessa planta tem que ser liso e descamante. Os frutos, em si, precisam ser arredondados, com uma coloração que vão variar entre o verde, o vermelho e o amarelo (a depender da espécie). Já a polpa precisa ser de duas cores pra denotar que está em perfeitas condições: ou branca-amarelada ou avermelhada.

Em termos de cultivo, essa fruta é encontrada no Brasil em seu estado silvestre, preferindo solos que sejam secos. Porém, não é tão exigente assim quanto ao clima, sendo até mesmo bastante resistente quanto a geadas.

Como já dissemos antes, o araçá tem, em si, um gosto semelhante ao da goiaba, apesar de ser mais ácida. Além disso, há outra diferenciação: em geral, a polpa do araçá é menos carnuda, e também tem um valor econômico mais reduzido.

Existem espécies de araçazeiros que dão frutas tão saborosas, que elas podem ser comidas diretamente no pé, após amadurecidas. Outras, por serem ácidas demais, só servem para o fabrico de doces, sendo ótimas para esse tipo de iguaria justamente pelo fato de dar um gosto azedo ou agridoce ao produto.

Algumas Doenças E Pragas Que Podem Atacar O Araçá

Ferrugem da Goiabeira (Puccinia psidii)

Essa doença é causada por um fungo chamado de Puccinia psidii, e além do araçá, pode atacar também pés de goiaba, eucaliptos, e por aí vai. O ataque desse organismo é tão intenso nessas plantas que, geralmente, a perda dos frutos é entre 80 e 100%. Esse prejuízo ocorre porque esses fungos agem diretamente nos tecidos das plantas que estão em desenvolvimento.

Nas plantas que já são adultas, porém, os primeiros indícios dos ataques desses fungos é o aparecimento de ponto amarelados ou simplesmente necróticos. Esses pontos, geralmente, evoluem para manchas circulares, rodeadas de uma massa bem densa. Com o passar do tempo, as áreas amareladas desaparecem, dando lugar a porções necróticas e secas. Os frutos infectados ou caem da planta, ou os que ficam meio que se “mumificam”. Obviamente, estes estarão perdidos para consumo também.

A melhor forma de controlar essa doença é arejando o pé de araçá. Além disso, podas e desfolhas frequentes ajudam na a formar um ambiente desfavorável para a proliferação desses fungos.
Uma adubação correta, no sentido de se evitar o excesso de adubação nitrogenada, também é importante. Além disso, é importante que o lugar onde o pé de araçá esteja plantado seja de baixa umidade, ou que seja numa região sem tantos períodos chuvosos.

Se os frutos ainda estiverem com menos de 3 cm de diâmetro, outra recomendação é pulverizar a planta com fungicidas cúpricos. Acima desse tamanho, não é recomendável, pois frito maiores são pouco tolerantes ao cobre presentes nesses fungicidas.

Moscas de Frutas (Anastrepha spp.)

Os frutos de plantas atacadas por essa espécie de mosca (especialmente o araçá) possui sintomas bem próprios. Geralmente, aparece um halo de coloração escura, que possui um tamanho de aproximadamente 2 cm de diâmetro no local afetado. É nesse lugar que os ovos dessa mosca forma colocados, e quando as larvas nascem, esse halo fica com uma coloração castanha. Isso acontece pelo fato de que a casca do fruto começa a apodrecer.

Os tecidos nesse local atingido vão sendo gradativamente atingidos, o que acaba desenvolvendo fungos no local. Essa praga ataca preferencialmente frutas que estejam expostas ao sol, e cujas colheitas ocorrem, preferencialmente, no verão.

Nesse caso, antes mesmo de aplicar qualquer remédio, o mais recomendável é conseguir verificar se, de fato, essas moscas são o problema das frutas do araçá estarem com esse problema. Pra isso, é preciso colocar armadilhas nas proximidades da planta, ou do tipo McPhail, ou mesmo confeccionadas em embalagens plásticas.

Já o controle mesmo (quando constatado que se trata desse tipo de mosca que está infestando o araçazeiro) é realizado com iscas tóxicas, onde essa mistura precisará ser à base de uma substância que seja atrativa (como proteína hidrolisada ou melaço, na diluição de 5 e 10% respectivamente), mais um bom inseticida.

Elachypalpus Psidii

Artrópode descoberto recentemente por pesquisadores brasileiros, esse pequeno animal (que é bem parecido com um pequeno mosquito) ataca, especialmente, os pés de araçá. De apenas 0,3 cm de comprimento, ele forma galhas no araçazeiro, que são espécies de tumores que simplesmente “roubam” nutrientes da planta, o que acaba por diminuir (e muito) a produtividade dela.

No entanto, ataques ainda piores podem acontecer, o que pode fazer com que a planta não consiga realizar a fotossíntese, o que acarreta na diminuição gradativa dos seus frutos. Os danos se dão, essencialmente, devido à oviposição das fêmeas nas folhas. Quando as larvas nascem elas se alimentam do tecido foliar das plantas.

É através disso que se forma a galha, que é onde a larva fica protegida até ficar na fase adulta. O ataque do inseto começa, em geral, após a emissão de brotações na planta, entre os meses de novembro e janeiro mais ou menos.

Araçá Na Mão de um Homem
Araçá Na Mão de um Homem

Pesquisadores ainda estão trabalhando naquilo em um tratamento químico para combater essa praga, mas, o que pode ser feito, de maneira mais prática, é a podação de galhos que estejam afetados, em especial, durante o período de inverno. Isso sem contar que, assim como outros bichinhos galhadores, esse daqui pode servir de alimento para predadores naturais, que podem, de repente, serem introduzidos na área onde o araçazeiro atacado se encontra.

Como se pode perceber, a grande dica é verificar frequentemente o seu pé de araçá (ou qualquer outra planta) para verificar se ela se encontra com alguma parte estranha, seja nos caules, tronco ou frutos. Percebendo qualquer mancha ou coisa similar, é ficar alerta e tentar combate aquele problema da melhor maneira possível.

Veja também

De Onde Vem e Pra Que Serve o Medicamento Soyfemme

Os fitoestrogênios são plantas adequadas para regular e reequilibrar as funções hormonais; naturalmente, essas plantas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *