Home / Plantas / Por que a Maçã é Vermelha e Outras Curiosidades Sobre a Maçã

Por que a Maçã é Vermelha e Outras Curiosidades Sobre a Maçã

Uma das frutas que mais são consumidas pelo mundo todo é a maçã. Sua popularidade ficou gigantesca, e até mesmo ganhou o nome para a marca mais famosa de celulares e computadores existentes atualmente. Mais do que isso, é uma fruta deliciosa e que apresenta diversos benefícios para nosso organismo.

Você já se perguntou porque essa fruta tem a coloração vermelha? No post de hoje iremos então explicar isso. E mais, contaremos algumas curiosidades e fatos interessantes sobre a maçã.

Por que a Maçã é Vermelha?

Todo alimento colorido é preciso ter uma substância diferente para trazer essa cor. Elas servem principalmente para isso, mas também, normalmente trazem alguns outros benefícios consigo para nosso organismo. No caso das maçãs vermelhas, e outros alimentos dessa coloração, o que dá a cor vermelha é o chamado licopeno.

O licopeno é uma substância que também trabalha como antioxidante, capaz de eliminar os radicais livres. Esses radicais livres são o motivo de diversos problemas, como envelhecimento precoce, problemas no coração e até alguns cânceres. Quando um alimento tem a coloração vermelha, como é o caso da maçã, além do licopeno, também encontramos sempre as vitaminas C, A e as vitaminas do complexo B. Vemos inclusive alguns sais minerais, como o ácido fólico, potássio e cálcio.

Curiosidades Sobre a Maçã

  • Cerca de 25% do volume de uma maçã se constitui de ar. É essa quantidade de ar que faz aquele barulho de crocante quando mordemos. São os chamados colchões de ar que se quebram.
  • No total, existem 7,5 mil espécies de maçãs no mundo. No Brasil, temos uma enorme variedade, mas as mais consumidas ainda são a fuji e a gala. Se fossemos experimentar um tipo de maçã por dia, levaríamos 20 anos para conseguir. E até lá, provavelmente apareceriam novos tipos de maçãs.
  • A casca da maçã é uma das melhores partes em relação aos benefícios para nosso organismo. Ela possui 12 substâncias diferentes que ajudam a prevenir e até combater o câncer.

  • O país que mais consome maçãs é a China. Para termos uma noção, a produção e consumo anual deles equivale a 39 anos de consumo no Brasil.
  • Existe uma espécie de maçã chamada maçã McIntosh, que é muito popular nos Estados Unidos, especialmente como lanches escolares. Ela também batizou os computadores.
  • O certo é não mastigar as sementes. De acordo com pesquisas, ao chegar no estômago elas liberam o gás cianeto, que pode ser prejudicial para a saúde. Mastigar uma ou outra de vez em quando não traz problemas, mas os cientistas ainda não conseguiram dizer quantas sementes exatamente conseguiriam causar alguma mudança na saúde.
Macieira
Macieira
  • A maçã vem das macieiras, árvores que são, surpreendentemente, da mesma família que as rosas, peras e ameixas. Elas podem viver por até 100 anos.
  • A menor maçã pode chegar ao tamanho de uma cereja. Enquanto que a maior não passa do tamanho de uma toranja.
  • A maior maçã já colhida no mundo pesava 3 quilogramas.
  • Elas são muito utilizadas para tratamentos dentários. Pois possuem em sua composição o ácido málico, que é utilizado em produtos que clareiam os dentes, capazes de dissolver as manchas.
  • Ainda na questão dentária, suas fibras ajudam na salivação. Consequentemente auxilia e facilita a limpeza dos dentes.
  • Os dentistas costumam recomendar maçãs para crianças, e até adultos, que comem muito doce. Isso porque suas propriedades são capazes de matar até 80% dos germes que causam a cárie.
  • Para armazenar uma maçã aberta/mordida, o ideal é que ela fique na geladeira. O gás liberado que amadurece e apodrece a fruta é 10 vezes mais potente quando está fora da geladeira.
  • Para quem quer emagrecer, a maçã é ótima. Ela tem uma boa quantidade de fibras, que ajuda a dar saciedade. E também uma baixa quantidade de calorias, a cada 100 gramas de maçã, há mais ou menos 50 calorias.
  • Ela é cheia de água, por isso, é uma ótima forma de se manter hidratado no dia a dia.
  • A maçã, na realidade, não é um fruto. Mas como assim? Ela é um pseudofruto, que é uma estrutura desenvolvida nas flores, mas que não possui um ovário. O fruto mesmo é somente a porção do meio, que nós não consumimos, onde ficam as sementes.

Outros Fatos Interessantes Sobre a Maçã

  • É muito comum ouvir as pessoas falarem que a maçã é o fruto proibido. Entretanto, em momento algum a maçã é citada como proibida na Bíblia.
  • Na Grécia Antiga, quando um homem ia fazer a proposta de casamento para a mulher, ele atirava uma maçã na mulher. Se ela pegasse, era como se ela tivesse aceitado o pedido. A expressão e brincadeira “pensa rápido”, veio disso. Claro, os cavalheiros somente ofereciam a maçã, um gesto mais delicado para pedir a moça em casamento.
  • Outro componente interessante que a maçã tem é o boro, que está em altas quantidades. De acordo com cientistas, ele é capaz de aumentar a agilidade mental.

  • É muito comum ouvirmos falar sobre a tal cera que é aplicada na maçã após ser colhida. Normalmente, e o correto, é que ela seja uma cera natural que não prejudique nossa saúde. Elas dão, além do brilho, proteção para a fruta, evitando a entrada de bactérias, além de retardar o amadurecimento. Entretanto, é preciso ficar atento, pois nem todas as ceras aplicadas são naturais e de boa qualidade.
  • No Brasil temos uma boa variedade de maçãs, porém a maioria é importada. A macieira se dá melhor com os climas temperados, diferente do clima brasileiro.
  • A origem da maçã é da Ásia Ocidental, e só foram trazidas para as Américas pelos colonizadores europeus.

Esperamos que o post tenha te ensinado algumas novas curiosidades e tenha tirado sua dúvida em questão a coloração da maçã. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em responde-las. Você pode ler mais sobre maçãs e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Planta Mini Clusia: Características, Nome Cientifico, Mudas e Fotos

A variedade de plantas que temos na natureza é tão grande que muitas se parecem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *