Home / Plantas / Pode Plantar Limão em Vaso?

Pode Plantar Limão em Vaso?

Se você gosta muito de limão e adoraria poder colher limões frescos diretamente do seu quintal hoje o post é para você. Ter alguns pés de frutas em casa é um baita de um privilégio, não é verdade? Quando você tem um quintal grande isso se torna ainda melhor, mas nem todo mundo mora em locais espaçosos. Se você mora em casa pequena, sem quintal ou ainda em apartamentos saiba que você pode sim ter um pé de limão também.

Chupar limão como fruto não é tão agradável, embora existam pessoas que consigam consumir ele dessa forma. Mas quem não adora uma deliciosa limonada gelada, um mousse de limão ou uma bela salada regada a limão?

Seja para fazer deliciosas sobremesas, ou para temperar um peixe, um frango entre outros é sempre bom ter um limão por perto.

Pode Plantar Limão em Vaso?

Para iniciar essa aventura escolha um vaso bacana. Esse vaso precisa ser espaçoso para que a planta não sofra com falta de espaço e se desenvolva adequadamente. O tamanho recomendado nesse caso é de um vaso de no mínimo 25 litros. Se você comprar um vaso menor, seu pé de limão não vai para frente e muito menos irá frutificar.

Você vai poder cultivar o seu pé de limão na varanda do apartamento ou da sua casa, sem a necessidade de maiores espaços. Pode ficar tranquilo, pois isso não será um problema para ele, pois são fortes e resistentes e se adaptam com muita facilidade ao ser cultivada em vaso.

Pé de Limão no Vaso
Pé de Limão no Vaso

Depois então compre uma muda bem bonita e vistosa. O limoeiro precisa ter uma boa drenagem de água, por esse motivo o fundo do vaso deve ser preparado para isso. 

Vamos começar então, a primeira coisa a ser adicionada são pedras ou cascalhos, e não se esqueça de verificar se o fundo do vaso possui aqueles pequenos furos para escoar o excesso de água.

Outra dica sobre o vaso, na hora de comprar é importante estar atento a algumas questões. Vasos de plástico não são uma boa escolha nesse caso, pois eles aquecem demais como calor, pois isso escolhe vasos de barro ou de pedra que não absorvem calor.

Saiba que o limoeiro pode ser propagado tanto por enxerto quanto através de sementes que seria o ideal, mas é uma maneira mais custosa e ideal para profissionais. Para iniciantes no assunto é sempre comprar uma muda já pronta, dessas encontradas em lojas de plantas e flores.

Preparação do Solo

Limoeiro
Limoeiro

Agora com um vaso bem escolhido é hora de iniciar o preparo da sua terra. Recomendamos que para esse tipo de plantio seja utilizado 50% de terra vegetal, ao menos 10% de areia e ainda 40% de húmus de minhoca. Com essa mistura o seu limoeiro vai se desenvolver muito saudavelmente.

Agora que você já preparou o fundo do seu vaso conforme nossas orientações, podemos seguir. Lembre-se que essa planta terá que ser regada com frequência e é por isso que o preparo do fundo é tão importante para não encharcar a raiz. Abra o berço e no centro coloque a sua muda a uma profundidade de pelo menos 2 cm.

Em vasos também podem ser plantadas sementes do limão, mas isso será um processo muito mais demorado, por isso as mudas fazem mais sucesso. Mas saiba que é possível, os cuidados de cultivo não mudam, e pode ser bem interessante acompanhar todo o desenvolvimento desde do início.

Cuidados com o Pé de Limão no Vaso

Saiba que o pé de limão precisa receber bastante luminosidade, por isso estar exposto diretamente ao sol é muito importante para ele. Escolha um local onde ele possa receber sol pleno.

A rega do pé de limoeiro deve ocorrer uma vez por dia. Mas deve ser muito cuidadosa a fim de deixar a terra úmida e nunca encharcada, pois pode ocorrer o apodrecimento da raiz da planta. Verifique constantemente se o sistema de drenagem feito no fundo do vaso está cumprindo o seu papel.

Saiba que é muito importante realizar constantemente a manutenção do seu pé de limão, mais ou menos entre 30 e 60 dias é recomendado adicionar mais mais nutrientes na planta, utilizando adubos orgânicos.

A poda de limpeza também é fortemente recomendada para fortalecer a planta, retire folhas secas, galhos secos que possam estar sugando os nutrientes dela. Os frutos antigos também devem ser retirados, pois assim novos vão tomar o lugar.

Ter um pé de limão em casa tem muitas vantagens, você vai ter limões frescos sempre que precisar, além disso ainda pode aproveitar as folhas do limoeiro que são úteis na preparação de chás com muitos efeitos medicinais. O pé de limão ainda proporciona ao ambiente um delicioso cheiro cítrico de limão que perfuma todo o ambiente.

Espero que com as nossas dicas você tenha se animado a ter seu próprio limoeiro na sua casa, um ambiente com plantas é um ambiente muito mais alegre.

Tipos de Limão

Agora vamos brevemente conhecer sobre algumas espécies de limão que existem.

Limão Siciliano

Essa é a versão mais ácida de todas, também a mais antiga. Ele é mais alongado que os outros e tem uma coloração amarela. O seu uso é mais recomendado para pratas na culinária.

Limão Taiti

Esse é o mais vendido no nosso país, talvez por ser o ingrediente principal da caipirinha. Ele é doce e o menos ácido de todos, por isso é a escolha ideal para limonadas. Ele é mais redondo e tem uma coloração verde intensa.

Limão Galego

Esse é um limão bem gostoso, o mais utilizado na cozinha para receitas doces e salgadas, assim como em sucos. Ele é redondo e tem uma coloração verde clara.

Limão Cravo

Ele lembra bastante uma laranja pequena, mas é por conta da sua coloração alaranjada. Ele é perfeito para temperar saladas, marinar carnes e etc. Cheio de vitamina C é um limão que deve ser incluído na cozinha.

Veja também

Araçari-Letrado

Tem Tucano no Brasil?

Hoje vamos falar sobre os tucanos, esses animais lindos e coloridos que encantam todo mundo. …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.