Home / Plantas / Para Que Serve a Planta Boca de Leão? Qual a Sua Função?

Para Que Serve a Planta Boca de Leão? Qual a Sua Função?

Com sua elegância e sua suavidade ao toque, as flores da planta boca de leão vem adornando ambientes ajardinados com suas roupas coloridas e iridescentes, com agradável evidência. O nome boca do leão é assim descrito em função da estrutura peculiar e única da corola floral, bilabada, tubular e tortuosa, com uma impressionante semelhança a lábios.

Descrevendo a Planta Boca De Leão

Esta planta tão atraente e sedutora aos insetos, ganha também a atenção dos muitos curiosos, adultos e pequeninos que, cativados por sua forma, as estrangulam de lado, ainda que sempre gentilmente, tocando para abrir seus botões que, ao abrir, é como se um “leão” abrisse sua boca. Seu nome científico é antirrhinum majus. E se estudarmos a definição ou transliteração desse termo etimológico, perceberemos seu significado literal fazendo mesmo referência a um focinho, levando a interpretação livre do nariz ou focinho leonino. Por isso a impressão que as pétalas causam, sendo comparadas a lábios se abrindo, e justificando assim o nome comum “boca de leão”.

A planta boca de leão é uma perene herbácea ou anual em seu cultivo, nativa das terras limítrofes do Mediterrâneo. Cresce em solos bastante secos e pedregosos, enfeitando sua terra nativa de cores esplêndidas. A boca do leão, uma espécie floral aveludada e peluda, de caule firme com uma seção quadrangular, carnuda (rumo ao ápice) e lignificada na base, desenvolvendo-se no máximo a 50 centímetros de altura. A planta boca de leão possui folhas bem pequenas e lanceoladas com média de 3 cm de largura por 8 cm de comprimento). Adoram temperaturas quentes e luz direta, preferindo estar a pleno Sol de verão para florescer rica e abundantemente.

Existem diferenças significativas entre as folhas do caule e as folhas basais; sendo a primeira sem pecíolos, mas inteiras e pubescentes, enquanto a segunda é espatulada, oposta e séssil. Os frutos capsulados possuem sementes ovalados e com crista. As flores boca de leão são hermafroditas (masculino e feminino), dividido em quatro seções, simétricas bilateralmente ( ou zigomorfas); apresentando uma profusão de tons múltiplos, diferentes de acordo com a variedade: podendo desabrochar espontaneamente brancas ou rosa, mas com híbridas cultivadas com flores de cores diversas. Todas as flores boca de leão, no entanto, terão tamanho médio com 6 centímetros.

Para Que Serve a Planta Boca De Leão? Qual a Sua Função?

Com tamanha belezura e multivariação cromática, a boca do leão é cultivada na maioria dos casos para fins decorativos; no entanto, a planta é muito explorada também para terapias por ser tão rica em iridoides glicosilados, semelhantes à aucubina. Com efeito, promove ações antialérgicas ou anti-histamínicas, essencialmente apreciados em sua complexidade fitopatológica. O processo para medicamento consiste é extraído de suas flores e folhas, tradicionalmente aplicados em métodos de decoções ou infusões.

Outros componentes da propriedade da planta boca de leão, além dos iridoides, são muito visados para garantir uma ação calmante, emoliente, diaforética, diurética e anti-inflamatória como os glicosídeos. Associa-se a planta boca de leão em aplicações tópicas de queimaduras e semelhantes, bem como num processo de infusão para tratar enfermidades inflamatórias das mais diversas bem como úlceras. Desde tempos antigos, a planta boca de leão vem sendo usado pra fins terapêuticos e cosméticos e muito pouco ou quase nada de efeitos colaterais foram associados a planta.

Utilização Moderna Da Planta Boca De Leão

De acordo com a medicina popular, esta planta tem as seguintes propriedades medicinais:

  • Componentes: mucilagens e glicosídeos.
  • Propriedade: antiflogístico (cura de estados inflamatórios); anti-inflamatório (atenua um estado inflamatório).

É utilizado em todas as inflamações (úlceras na boca). Externamente, é eficaz no eritema. Pode acalmar queimaduras solares. Na medicina, as folhas são usadas (para serem colhidas na primavera antes da floração) e as flores recém-chocadas (mas não recolhem o copo). Estes produtos devem ser secos e depois utilizados como infusões.

Boca de Leão Branca no Vaso
Boca de Leão Branca no Vaso

Devido à sua bela aparência resultante da forma elegante e polimorfismo de suas flores, a boca de leão é frequentemente cultivada em jardins. Existem cores bicolores ou manchadas. Muitas vezes, no entanto, ela consegue se propagar “por conta própria” fora do cultivo humano e, portanto, é naturalizado nas zonas temperadas das várias partes do mundo.

Nas zonas mediterrânicas, a variante rústica sobrevive bem, pois resiste a temperaturas de alguns graus abaixo de zero. Devido ao intenso uso como planta decorativa, muitas variedades foram criadas. A planta boca de leão pode ser dividido em duas categorias: a variedade (cultivar) “nanum” com cerca de quarenta tons diferentes de cores e a variedade (cultivar) “pumila” com vinte subtipos diferentes.

Nos tempos antigos, essa planta também possuía propriedades cosméticas; enquanto para a indústria moderna é útil obter corantes (verde escuro e dourado). Ainda tem sido usada por muitos estudiosos com o intuito de qualificar os benefícios que ainda podem ser obtidos de suas propriedades biológicas.

A Planta Boca De Leão Como Organismo Modelo

Mudas de Plantas Boca De Leão nos Vasos
Mudas de Plantas Boca De Leão nos Vasos

O antirrhinum majus tem sido usado como organismo modelo em genética bioquímica e de desenvolvimento há quase um século. Muitas das características da planta boca de leão a tornaram desejável como organismo modelo; isso inclui sua herança diploide, facilidade de cultivo (com um tempo de geração relativamente curto de cerca de 4 meses), facilidade de autopolinização e polinização cruzada e a variação da morfologia e cor da floração.

Antirrhinum majus também tem sido utilizado para examinar a relação entre polinizadores e plantas. Com o debate sobre as vantagens evolutivas, o formato cônico-papilado das pétalas das flores, com argumentos sugerindo que o formato melhorou e intensificou a cor da flor ou auxiliou na orientação dos polinizadores através da visão ou do toque. Outro papel que a planta boca de leão desempenhou no exame da relação entre polinizador e planta foi nos estudos de aromas florais. Duas das enzimas da planta, fenilpropanóides e isoprenoides, foram usadas no estudo de sua produção de perfume floral e seu efeito na atração de polinizadores.

Lembramos sempre que todo e qualquer uso de produtos para fins terapêuticos ou cosméticos, mesmo e principalmente produtos naturais, precisam de recomendações médicas para evitar possíveis efeitos colaterais, principalmente em pessoas sensíveis ou alérgicas. Enfim, nunca se auto medique mas consulte sempre seu médico!

Veja também

Tabela De Ciclo Da Soja Precoce

A soja precoce, basicamente é uma variedade que desenvolve o ciclo entre o plantio e a colheita em um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *