Home / Plantas / Maturação da Farinha de Trigo: Como Funciona o Processo?

Maturação da Farinha de Trigo: Como Funciona o Processo?

A farinha de trigo é um dos grãos mais usados na culinária mundial, e principalmente na brasileira. Sua importância econômica para o Brasil é enorme.

Da farinha trigo comemos bolo, é feito os pães, macarrão, biscoitos, entre outros. Alimentos que estão diariamente na mesa de cada brasileiro.

Apesar disso, o Brasil não está dando conta da demanda cada vez maior da população, e a produção da farinha de trigo tem sido insuficiente. Para completar e agravar esse quadro, muitos grãos são perdidos ou então colhidos com uma qualidade muito inferior, devido a pragas, redução de matéria seca ou germinação nas espigas.

O período mais importante na fabricação da farinha de trigo é a maturação. Nesse estágio, é definida a qualidade da farinha, no entanto, é importante lembrar que ele pode ser afetado por fatores ambientais ou humanos.

Por isso, hoje iremos aprender tudo sobre o processo de maturação de farinha de trigo.

Tipos de Trigo

Existem três tipos de farinha de trigo. Todas elas são usadas principalmente no preparo de bolos, massas, pães, entre outros. No entanto, existem pequenas diferenças entre elas, e em alguns casos, uma é mais indicada que a outra para certo preparo de alimento.

A primeira farinha de trigo é a farinha de trigo branca tipo 00. Ela é 100% natural e foi refinada ao extremo durante seu processo, e ela também tem grãos de trigo bem mais fracos. Isso faz com que ela consiga absorver mais água e possui um teor de glúten menor.

Nesse caso, a farinha de trigo branca tipo 00 consegue ser muito mais leve e também areada. Ela é a mais indica quando o alimento a ser preparado é bolo ou torta. E o seu organismo também consegue digerir essa farinha com mais facilidade.

Tipos de Trigo

No entanto, há um problema com o tipo 00. Ele não é produzido aqui no Brasil. Então, países como Canadá, Argentina ou Itália precisam exportar, o que deixa um pouco mais difícil de encontrar essa farinha de trigo.

Existe também a farinha de trigo tipo 0. Com um teor de glúten um pouco maior que a farinha anterior, outra diferença é que ela é branqueada de forma natural. Além disso, ela também possui mais ferro, que ajuda no volume e na textura dos alimentos, como massas. Nesse caso, ela é ideal para o preparo de massas de macarrão, pizzas e pães.

A última e mais conhecida farinha de trigo é de tipo 1. Ela é a mais comprada e vendida, e também a mais versátil no preparo dos alimentos. Sua mistura é feita de grãos de trigos fortes e fracos (com muito ou pouco glúten). Por ser tão versátil, ela é branqueada de forma natural ou química. Pode ser usada também para preparar pães.

Características Científicas

No brasil, a farinha de trigo que é plantada e produzida, leva o nome científico de Triticum aestivum, L. Monocotiledonae, Gramínae.

Quando cultivada, a planta da farinha de frango ode alcançar 0,5 até 1,5 metro, suas raízes possuem uma formação de cabeleira, com um caule reto e oco (ou seja, colmo), suas folhas podem ser entre 6 até 9 sendo estreitas e compridas, e com 3 ou até 5 flores, os grupos formam espiguetas entre 15 até 20, formando então espigas.

A cariopse é o fruto da farinha de trigo. Ele é pequeno, seco também chamado de grão, e seu desenvolvimento é concluído após 30 dias da fecundação.

Importância do Trigo

De todos os alimentos que nós comemos no nosso dia a dia, a farinha de trigo é responsável por fornecer cerca de 20% das calorias. Possui também um tipo de proteína, o glúten, que em outros grãos não existe, então a farinha se torna indispensável no preparo da maioria dos alimentos.

Da farinha de trigo, além dos alimentos mais conhecidos, como pão, bolos e massa, também é produzido: panquecas, canjicas, esfihas, tabule, canjica, talharim, carne de trigo, café de trigo, salgados dos mais variados tipos, entre outros.

Além de fornecer diversos alimentos para o consumo, a farinha de trigo acaba também fornecendo milhares de vagas de emprego, aquecendo a economia nos locais onde é produzida, além de servir como um ótimo produto de exportação para grandes países.

A farinha de trigo começou seu processo de expansão e venda durante a década de 90, quando o Brasil abriu sua economia, e ingressou no Mercosul. A partir de então, a competividade da produção do trigo nacional aumentou, e a concorrência também teve efeito no preço e na qualidade dos grãos.

Maturação do Trigo

A maturação de uma planta significa seu estágio, ou período, em que ela está se desenvolvendo. Esse período vai até o momento em que não ocorre mais um aumento significativo da matéria seca nas sementes, e é nesse ponto onde a germinação é atingida com sucesso.

No Brasil, por possuir um clima quente, considerando todos os fatores que podem influenciar na maturação do trigo, o tempo esperado para uma maturação completa é de 2 até 5 semanas.

Na maioria das vezes, a maturação da farinha de trigo, se inicia no quinto dia depois da moagem.

O processo geral da maturação pode também ser muito acelerado, uma das maneiras de fazer isso é aumentar a aeração ou a exposição ao ar, nessa opção é usado sistemas pneumáticos que fazem os transportes nos moinhos e auxilia no processo.

Uma segunda forma de acelerar o processo de maturação é utilizar alguns produtos químicos, como, por exemplo, o ácido ascórbico. Ele aumenta a maturação da massa, e proporciona uma maior tenacidade e também diminuiu o período da fermentação.

Há ainda, no entanto, muitas dúvidas e controvérsias sobre o que ocorre exatamente durante o período de maturação da farinha de trigo, o que pode se dizer, é que os grupos -tiós, são os melhores e que apresentam, até o momento, o melhor resultado.

No entanto, é necessário maiores pesquisas, estudos e testes para chegar em uma conclusão sobre esse período, que inclusive, é um dos mais importantes para qualidade final do trigo.

Em resumo, a farinha de trigo é um grão com grande importância para todas as casas do Brasil. Deixe nos comentários qual a receita que você mais gosta de fazer com ela.

Veja também

Arroz Tem Glúten ou Não? É Bom Para Emagrecer?

Uma pessoa pode ter um estilo de vida sem glúten porque tem doença celíaca, alergia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *