Home / Plantas / Mandioca – Carboidrato Simples Ou Complexo?

Mandioca – Carboidrato Simples Ou Complexo?

As publicações modernas das gerações fitness da atualidade tem exortado que, embora a batata comum seja um carboidrato simples e deva ser evitada ou limitada, a batata-doce é complexa e é uma boa opção de carboidrato. Isso se aplica de que forma a mandioca?

Alimentos com Carboidratos Complexos

Os carboidratos são decompostos em glicose, que é liberada na corrente sanguínea para fornecer combustível ao corpo. Balanceamento de carboidratos é importante para regular os níveis de açúcar no sangue.

Os carboidratos simples, encontrados em alimentos açucarados, podem elevar o açúcar no sangue muito rapidamente, enquanto os carboidratos complexos podem manter os níveis de açúcar melhores. Reunir-se com um nutricionista é importante para criar um plano alimentar que ajude a equilibrar adequadamente os carboidratos para seus objetivos.

Os vegetais ricos em amido, como batatas, milho, feijão, inhame e mandioca, fornecem carboidratos complexos. Você pode comer vegetais ricos em amido crus, enlatados ou preparados. Os carboidratos complexos encontrados nesses vegetais podem ajudá-lo a sentir-se satisfeito por mais tempo e devem ser incorporados à sua dieta diária.

Ervilhas, feijões, lentilhas e leguminosas secas são boas fontes de carboidratos complexos e fibras. As escolhas deste grupo incluem feijão preto, feijão, ervilhas de olhos pretos e feijão. Consumir carboidratos complexos encontrados em feijões e legumes e outros alimentos aumenta o açúcar no sangue lentamente, em vez de fazer com que ele aumente de uma só vez.

Os cereais integrais contêm o germe e oferecem um estado nutricional mais elevado do que os grãos refinados. Os grãos refinados, que são retirados do germe, são então enriquecidos com vitaminas após o processamento. Os cereais integrais são carboidratos complexos e também contêm fibra a granel.

Os cereais integrais incluem milho, aveia cortada em aço, arroz integral integral, trigo integral e quinoa. Alimentos feitos a partir de grãos integrais, como macarrão, pão e bolachas, são boas escolhas de carboidratos integrais e complexos.

Nutrientes da Mandioca

Este vegetal de raiz tropical é uma fonte significativa de calorias. A mandioca fornece carboidratos e outros nutrientes essenciais, e pode ser uma parte saudável de uma dieta equilibrada. A mandioca crua contém glicosídeos cianogênicos que seu corpo pode converter em cianeto potencialmente tóxico, por isso deve ser cozido antes de ser consumido. Você pode cozinhar mandioca fervendo, assando ou fritando.

Cada xícara de mandioca contém 78 gramas de carboidratos totais. Os carboidratos fornecem 4 calorias por grama, então a mandioca recebe 312 de suas 330 calorias, ou 95%, de carboidratos. Os amidos, como os da mandioca, são tipos de carboidratos complexos. Uma porção de mandioca contém 3,7 gramas de fibra dietética, ou 15% do valor diário. A fibra dietética reduz os níveis de colesterol e ajuda a regular o açúcar no sangue.

A fibra dietética vem das partes de alimentos vegetais que seu corpo não consegue digerir. Outros vegetais, feijões, frutas e grãos integrais são boas fontes. Uma batata-doce tem mais fibras e menos calorias do que uma xícara de mandioca.

A mandioca fornece 42 miligramas de vitamina C, ou 70% do valor diário. A vitamina C é um antioxidante que pode ajudar seu corpo a absorver ferro. Ela fornece 56 miligramas de folato, ou 14 por cento do valor diário. Cada xícara de mandioca fornece 558 miligramas de potássio, o que ajuda a reduzir a pressão arterial. A mandioca é pobre em sódio, com apenas 29 miligramas de sódio por xícara.

Métodos de Preparação e Serviço

A mandioca nunca deve ser consumida crua, pois a raiz compõe pequenas quantidades de glicosídeos cianogênicos, especialmente o ácido hidroxicinâmico. Os compostos de cianeto interferem no metabolismo celular inibindo a enzima citocromo oxidase no interior do corpo humano. A limpeza seguido de cozimento garante a sua segurança para consumo, removendo esses compostos.

Para preparar, basta lavar a raiz inteira em água fria, esfregar seco e aparar as extremidades. Corte em 2-3 centímetros longos trimestres. Usando uma faca, descasque sua pele externa até encontrar carne branca dentro dela. Não use descascador de legumes, pois sua pele é muito dura.

Cortar todas as cordas ao longo de seu núcleo interno. Seções de corte de mandioca tendem a virar descoloração acastanhada por exposição ao ar como na batata, então coloque-as imediatamente em uma tigela com água fria.

A mandioca é um dos vegetais comuns que se apresenta em uma variedade de pratos tradicionais do cotidiano em muitos países do Caribe, África e Ásia. Juntamente com outras raízes tropicais como inhame, banana, etc., também é uma parte integral da dieta nessas regiões.

Para tornar a mandioca segura para consumo humano, ferva as seções cortadas em água salgada até ficarem macias por cerca de 10 a 15 minutos. Escorra e descarte a água antes de usar a mandioca cozida em várias receitas culinárias.

Efeitos do Excesso de Carboidratos na sua Saúde

Carboidratos são uma parte essencial de uma dieta saudável. Ela ajuda a aumentar o humor, promover a perda de peso e também ajuda a reduzir o colesterol ruim no corpo. No entanto, consumir excesso de carboidratos pode ser prejudicial e os efeitos podem ser letais – desde problemas de curto prazo até doenças crônicas de longo prazo.

Ingerir muitos carboidratos pode ser prejudicial à sua saúde, pois permite que os elementos perigosos entrem na corrente sanguínea. Comer alimentos que não necessariamente fornecem nutrição para o corpo, ameaçam sua saúde e sua existência prolongada. Além disso, reduzir ou aumentar o consumo de qualquer um dos nutrientes importantes em sua dieta pode ter grandes conseqüências no corpo.

No entanto, nem todos os carboidratos são prejudiciais. Os carboidratos integrais à base de plantas, como frutas, verduras e grãos, são altamente nutritivos e otimizam a composição corporal. Alguns carboidratos são ricos em calorias, como açúcar, pão e grãos; enquanto alguns são baixos em calorias, como vegetais verdes.

Os carboidratos refinados são alimentos em que a maquinaria retira todas as partes de alta fibra do grão. Exemplos de carboidratos refinados são farinha branca, pão branco, macarrão ou qualquer produto feito de farinha branca.

Excesso de Carboidratos Pode Ser Perigoso Para à Saúde
Excesso de Carboidratos Pode Ser Perigoso Para à Saúde

Quase todas as pessoas neste planeta estão cientes do fato de que os carboidratos em excesso promovem ganho de peso. Mas como exatamente isso acontece? Assim, se houver uma quantidade excessiva de carboidratos no corpo, ele armazenará automaticamente todos os carboidratos extras como gordura corporal. Cada grama de carboidratos contém 4 calorias e todos os alimentos ricos em carboidratos contêm dezenas de calorias, daí a questão do ganho de peso.

Comer muitos carboidratos pode afetar seus níveis de açúcar no sangue. Os níveis de açúcar no sangue são uma fonte de energia para as células que atuam como combustível para nossa existência ativa. Mas carboidratos refinados, como pão branco e macarrão, digerem muito rapidamente e podem aumentar os níveis de açúcar no sangue. De acordo com a Harvard School of Public Health, uma dieta com alto índice glicêmico pode levar a um aumento no risco de diabetes tipo 2.

Alimentos gordurosos podem ter um efeito prejudicial em seus órgãos digestivos. Estes tipos de alimentos podem causar sintomas de gastroparesia ou atraso na digestão. Se o consumo de gordura saturada é maior do que o consumo de fibras, então você pode sofrer de constipação. O alimento digerido, em vez de ser liberado, permanece no cólon e causa constipação.

O excesso de carboidratos se transforma no excesso de gordura do seu corpo. Quando a gordura corporal atinge um ponto extremo, essa gordura faz com que as paredes das artérias se espessem. O consumo de gordura saturada estimula a placa nas artérias a se acumular, estreitando assim o espaço para o fluxo sanguíneo. Isso causa uma ruptura na corrente sanguínea, aumentando assim as chances de um ataque cardíaco ou derrame. Esta condição é conhecida como aterosclerose.

Consumir muitos carboidratos aumenta o número de triglicerídeos no sangue, o que aumenta o risco de desenvolver doenças cardíacas. Isso também faz com que as artérias inchem e coágulos sanguíneos possam ocorrer em seu coração e sangue. Os triglicerídeos vencem a quantidade de colesterol bom no corpo, potencialmente causando numerosas doenças vasculares.

Veja também

Arroz Tem Glúten ou Não? É Bom Para Emagrecer?

Uma pessoa pode ter um estilo de vida sem glúten porque tem doença celíaca, alergia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *