Home / Plantas / Lírio da Paz Gigante e Venenoso? Como Cuidar, Substrato e Fotos

Lírio da Paz Gigante e Venenoso? Como Cuidar, Substrato e Fotos

O lírio em si já é uma flor belíssima. O que dizer, então, de um lírio gigante, como é o da paz? Gostaria de aprender de cultivá-lo e cuidar dele? Acompanhe a leitura.

Características do Lírio da Paz Gigante

De nome científico Spathiphyllum cannifolium, e também conhecida por bandeira branca, essa espécie de lírio é uma herbácea muito parecida com o lírio da paz comum. A diferença é que, até mesmo pelo nome popular, o lírio da paz gigante possui um tamanho bem maior. As suas folhas também são grandes, simples e brilhantes, com longos pecíolos e de coloração verde-escura.

Suas touceiras podem atingir até 70 cm de altura. Já as inflorescências nessa espécie são perfumadas. A bráctea que faz parte da inflorescência, inclusive, é de coloração branca, formando, em geral, um ângulo mais aberto do que um lírio da paz comum. Na maior parte das vezes, com o passar do tempo, e em lugares bem sombreados, essa mesma bráctea tende a adquirir uma coloração esverdeada.

Podemos dizer que, em essência, o lírio da paz gigante é uma planta de interiores. No entanto, por ter um porte mais avantajado, o seu uso é um pouco mais diferenciado. E, é esse modo mais peculiar de cuidar dessa espécie de lírio que vamos falar agora.

Cuidados Básicos com o Lírio da Paz Gigante

Por ser maior do que um lírio comum, este aqui precisa ser plantado em vasos que possam dar o devido suporte à planta. Os vasos mais indicados, portanto, são os largos. Uma de suas particularidades é que se trata de uma das poucas plantas que podem florescer em ambientes sombreados, o que permite com que possam adornar salas, banheiros, escritórios e por aí vai.

Contudo, trata-se de uma flor que ainda gosta, vez ou outra, de uma iluminação difusa. Ou seja, deixá-la totalmente à sombra não fará com que floresça. O ideal, portanto, é que o local onde a planta esteja possa ser sombreada, mas que tenha brechas para, eventualmente, a luz externa bater no ambiente onde o lírio esteja.

Lírio da Paz Gigante Características

Fora que essa flor é considerada uma “filtradora”, ou seja, que tem a capacidade de limpar ao ar dos poluentes que ali estejam. Além disso, pode ser usada tranquilamente como planta de jardim, podendo compor bordaduras muito bonitas, além de maciços que podem ficar à sombra, ou simplesmente à meia-sombra.

Uma das vantagens dessa planta é que a suas flores são bastante duráveis, com tendência a se manterem floridas durante todo o ano, com uma razoável redução nas estações do outono e do inverno.

Melhores Formas de Cultivo

Com essas informações em mãos, você deve ter em mente que, primeiro, deve plantar o lírio da paz gigante à luz difusa. Já o solo precisa ser do tipo fértil, um pouco ácido, e que seja bem adubado. Também é importante que o solo seja irrigado com relativa frequência.

O substrato para a preparação do vaso tem que ser com brita, cascalho ou manta geotêxtil para garantir a drenagem da terra, e depois basta colocar uma camada de areia úmida e uma mistura formada à base de areia, composto orgânico e húmus de minhoca em partes iguais.

Trata-se de uma planta bastante sensível a invernos rigorosos, e à luz solar direta, pois isso pode provocar queimaduras na flor. Importante destacar também que ele aprecia tanto o calor do ambiente, quanto a umidade de onde é plantado. É justamente por esse motivo que essa espécie de lírio não deve ser colocada em ambiente com ar condicionado, ou que tenha correntes de ar muito fortes.

Com o passar do tempo, possa ser que se acumule muito pó nas folhas da planta, o que pode ser removido com uma boa lavagem de mangueira. Importante também evitar manusear as folhas para não machucá-las.

Em termos de fertilização, o mais recomendado é usar adubos orgânicos de forma semestral, sempre na primavera e no outono. Utilizando o chamado NPK, as flores podem adquirir uma coloração esverdeada.

Outro passo importante para cuidar bem do seu lírio da paz gigante é podar flores que estejam velhas e verdes, pois, dessa forma, você estará estimulando uma nova floração. Nesse aspecto, bom ressaltar ainda que a multiplicação dessa planta se dá por divisão de touceiras, onde cada uma permanece com a estrutura completa, com ramos e raízes que nem uma planta adulta.

Como Podem ser Feitas as Regas?

Para essa espécie de lírio, é importante ficar atenção a essa questão das regas. Elas devem ser feitas apenas quando a terra estiver seca, com o intuito de deixá-lo mais úmido. Só tome o devido cuidado para não formar pequenas poças de água, pois isso pode ser bastante prejudicial para a planta.

Da mesma forma, é preciso ficar atento, pois a falta d’água faz com que a flor rapidamente murche e morra. E, qual o ideal? Regar, pelo menos, uma vez por semana (ou, como já dito anteriormente, quando a terra estiver seca). O mais recomendando é que você espere a planta murchar só um pouco antes de molhá-la novamente.

É bom lembrar que o clima preferido dessa flor é a umidade dos trópicos. Ou seja, além de molhar a terra, o ideal é borrifar só um pouco de água na flor com certa regularidade. Importante aumentar a frequência desse procedimento durante o verão. Contudo, cuidado, pois o lírio da paz é bastante sensível ao cloro. Portanto, use, se possível, água purificada. Se não, pegue água da pia, e deixar descansar por 24 horas, que o cloro dela sairá.

E, Afinal, o Lírio da Paz Gigante é Venenoso? Como se Cuidar?

O lírio da paz gigante, na verdade, faz parte da família Araceae, que apresenta, sim, algum nível de toxicidade em seres humanos e animais domésticos. Isso se deve ao fato de que a planta possui cristais de oxalato de cálcio em seus tecidos vegetais.

É justamente por causa dessa substância química que todas as partes desse lírio podem ser consideradas venenosas caso entrem em contato com o aparelho digestivo dos animais. Em outros casos, há quem apresente reações alérgicas que a sua pele entra em contato com a seiva desse lírio.

Em suma, além dos cuidados consigo, é importante manter essa planta longe de crianças e de animais domésticos.

Veja também

Como Usar a Canela Para Emagrecer?

A canela, assim como o cravo, noz-moscada, gengibre, açafrão, pimenta-do-reino, cúrcuma e outros, é considerada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *