Home / Plantas / Lavanda Selvagem: Como Cuidar, Nome Cientifico E Fotos

Lavanda Selvagem: Como Cuidar, Nome Cientifico E Fotos

A lavanda é uma das plantas mais conhecidas em todo o mundo. Isso por diversos motivos, mas especialmente pela questão de ela estar tão presente na indústria da perfumaria e higiene. É provável que você já tenha se lavado com algum sabonete ou utilizado um sachê em sua gaveta de roupas de lavanda. Sua forma mais pura é em lavanda selvagem, quando encontrada de forma aleatória. E é sobre a lavanda selvagem que iremos falar no post de hoje, mostrando mais sobre suas características, nome científico e como cultivar e cuidar dela. Tudo isso com fotos! Continue lendo para descobrir mais.

Características Gerais Da Lavanda Selvagem E Seu Nome Científico

A lavanda é algo que a maioria das pessoas conhecem, mesmo que nunca tenham a visto na sua forma selvagem, direto da plantação. Ela é utilizada em muitos problemas de higiene, como perfumes, desodorantes e sabonetes, especialmente pelo aroma doce que traz um ar de limpeza. E não é algo recente, a lavanda é utilizada dessa forma pelos gregos e romanos há muitos séculos atrás. Seu próprio nome científico remete a isso, que é Lavandula que vem do latim lavare, e basicamente significa lavar.

Para termos noção de que a lavanda é muito mais do que seu cheiro, e sim do seu poder antisséptico, podemos voltar a época da Idade Média. Quando a Europa começou a sofrer com a Peste Negra, as populações usavam da lavanda em seus banhos e para lavar as suas roupas, e na maioria, elas foram poupadas da morte causada pela praga. Depois, durante as duas guerras mundiais, ela foi adotada oficialmente como o tratamento antisséptico utilizado nos soldados.

Quando nos voltamos a medicina, o óleo das flores e do caule são utilizados no combate da insônia e também possui ação antirreumática, anti-inflamatória e relaxante. Sua origem é do Mediterrâneo, e trabalham em muitas formas. No Brasil, a espécie de lavanda mais conhecida é a lavanda francesa, que é mais rústica e normalmente cultivada no sul e sudeste do país.

Essa lavanda francesa está sendo mais e mais utilizada no paisagismo, pois não precisa de muitos cuidados e rapidamente consegue alcançar um tamanho bom, bem florida e aromática. Quando seca, a planta consegue manter seu aroma, e por isso dá para criar diversos sachês e arranjos semelhantes para perfumar prateleiras e armários. Uma curiosidade interessante, é que ela também é utilizada na culinária. Pode ser vista como um condimento ou até mesmo fazer sorvete de lavanda.

Classificação Científica da Lavanda Selvagem

A classificação científica é uma forma que os cientistas encontraram de separar em categorias as espécies. Veja em relação à lavanda.

  • Reino: Plantae (plantas);
  • Filo: Magnoliophyta;
  • Classe: Magnoliopsida;
  • Ordem: Lamiales;
  • Família: Lamiaceae;
  • Gênero: Lavandula

Como Plantar E Cuidar Da Lavanda Selvagem

Para quem quer começar a lidar com lavandas em casa, a melhor para iniciar é a lavanda francesa. Ela não precisa ser regada com tanta frequência, e consegue se adaptar bem. Ela precisa de um solo arenoso, e com temperaturas amenas, mas mesmo assim tendo luminosidade direta do sol na maior parte do dia. O substrato que deve ser utilizado 20% de areia e 20% de húmus.

Nunca se deve irrigar demais, pois faz com que as raízes apodreçam. Na hora de plantar, deixe um espaço de 30 centímetros entre as mudas, para que haja ventilação. A adubação deve ser feita a cada dois meses, com 100 gramas de húmus para cada arbusto. A poda é anual, e nos meses de inverno, para que a planta continue florida até o outono seguinte.

O clima ideal para essa planta é o subtropical árido, e que tenha bastante sol. A sua propagação é por estaquia, e ela pode chegar a no máximo 90 centímetros de altura, sendo então uma planta pequena. Suas folhas são finas e cobertas de lanugem acinzentada e as bordas denteadas. Enquanto que as flores são pequenas, de cor roxa coberta por uma leve penugem.

Cuidando de Lavanda Selvagem
Cuidando de Lavanda Selvagem

As plantações grandes de lavanda selvagem são as coisas mais lindas, e são muito comuns na França e alguns outros países europeus. Nela podemos ver longos campos de cor violeta, mostrando tamanha beleza da planta. Em Provence, seus campos são essenciais para economia local e promove muito trabalho. No entanto, o real cultivo da lavanda com uma produção em larga escala somente foi estimulado no século 19. Nesse período em que a indústria da perfumaria estava atingindo seu auge e precisava de uma enorme quantidade de essência de lavanda para fazer os produtos. Podemos dizer que a lavanda cresceu selvagem e de uma forma aleatória. Mas com o tempo, o próprio homem foi domesticando em partes vários tipos e espécies de lavandas, até então se especializar e zelar exatamente da forma certa sua produção.

Fotos da Lavanda Selvagem

A lavanda é uma planta muito característica. Sendo assim, não é complicado encontra-la e não reconhece-la. Mas para você ter uma noção maior e conseguir identificar uma lavanda selvagem quando estiver passando por alguma plantação é interessante você já ter um prévio conhecimento. Veja a seguir algumas fotos das lavandas e dos seus grandes campos roxos que enchem nossos olhos de beleza.

Esperamos que o post tenha te ajudado a aprender mais sobre a lavanda selvagem, suas características, nome científico e de como cuidar delas. Não esqueça de deixar seu comentário nos contando o que achou e também deixar suas dúvidas. Ficaremos felizes em ajuda-los. Você pode ler mais sobre lavanda e outros assuntos de biologia aqui no site!

Veja também

Abacate: Sugestões e Diferentes Formas de Consumir

Posso comer abacate batido? Esse é um grande questionamento, que envolve a maneira de comer …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *