Home / Plantas / Flores Que Começam Com a Letra E: Nome e Características

Flores Que Começam Com a Letra E: Nome e Características

O mundo das flores é muito diverso, já que elas podem ser completamente distintas umas das outras. Ao mesmo tempo, todas exigem cuidados em relação ao cultivo, ainda que algumas necessitem de atenção em maior grau. Em todo caso, o certo mesmo é que as flores possuem uma série de divisões muito interessantes, que costumam partir das características de cada uma para separá-las em grupos.

Não é isso que acontece quando se decide separar as flores por ordem alfabética, mas, ainda assim, é uma divisão válida. Portanto, enquanto pode haver muitas que iniciam com a letra V ou F, por exemplo, não há tantas opções para aquelas que começam com a Letra E.

Em todo caso, quando acontece uma situação dessa, o lado positivo é descobrir um pouco mais sobre o universo das plantas para entender, de uma vez por todas, como as flores podem ser variáveis e diferentes. Se você deseja aprender mais sobre as flores que começam com a letra E, descobrindo um pouco além sobre esse mundo tão complexo e belo, veja algumas das plantas que cumprem esse requisito logo abaixo.

Edelvais

A edelvais é uma flor bastante conhecida em grande parte do mundo, pois realmente apresenta detalhes muito belos em sua estrutura. A flor também é conhecida em alguns locais como pé-de-leão, devido ao seu formato e ao fato de ter pétalas fofas. O mais curioso sobre a edelvais é que existem uma série de lendas que tratam dessa flor. Em uma delas, por exemplo, há a firmação de que a flor nasceu a partir das lágrimas de uma virgem.

Ademais, em certo ponto da história, essa flor já foi símbolo até da resistência contra os nazistas, mostrando o quanto a edelvais pode ser histórica. Além disso, a flor está nas moedas de ouro da Áustria, além de ser um símbolo nacional da Suíça e também da própria Áustria.

No exército suíço, os generais não recebem estrelas como símbolos do seu nível de graduação, mas a edelvais. Portanto, dá para entender o quanto essa planta pode ser importante nessa região do planeta. A planta, em si, não passa dos 10 centímetros de altura, com caule grosso e carnudo. A flor, em si, é branca. Contudo, há alguns detalhes em amarelo por toda a sua composição, o que gera um contraste muito bonito entre as cores e valoriza ainda mais a flor.

Erysimum

O gênero de plantas erysimum possui flores belíssimas, que podem ser de cores variadas, mas sempre com um toque de beleza. O gênero possui cerca de 230 espécies legítimas, todas interligadas de alguma maneira, embora haja muitas variações na erysimum. Contudo, em todo o mundo há mais de 700 espécies de erysimum, mas nem todas são aceitas pela comunidade científica como pertencentes ao grupo.

Nativas da Ásia, as flores do gênero não demoraram muito a tomar todo o mundo, até mesmo por conta das suas cores fortes. Atualmente é possível encontrar a erysimum em muitos locais do mundo, embora ninguém chame as flores do gênero pelo nome científico e, assim, é provável que você jamais tenha escutado sobre elas.

A planta possui características de arbusto, então não cresce tanto, o que facilita o seu cultivo ao longo do tempo. Suas flores podem ser verdes em tom claro, laranjas, amarelas, vermelhas e de mais muitas outras cores. Contudo, as principais representantes do gênero possuem cores muito vivas, que agradam os insetos responsáveis por fazer o trabalho de polinização. Assim, a erysimum se multiplica cada vez mais, rumando para todas as partes do mundo. Isso também explica o fato de a flor ter se propagado tanto pelo planeta.

Ervilha-de-Cheiro

A ervilha-de-cheiro é mais um exemplar de flor que começa com a letra E, podendo chegar a 2,5 metros de altura quando em níveis máximos. Porém, o mais normal é que a planta não ultrapasse os 70 centímetros de altura, o que ajuda a plantar em espaços reduzidos. Logo, na maior parte das vezes os vasos servirão perfeitamente para o cultivo da ervilha-de-cheiro, mas em alguns momentos será necessário fazer o transporte para um jardim aberto.

A flor pode ser de muitas cores, variando entre branco, vermelho, roxo e rosa. Ademais, alguns tipos possuem duas cores ao mesmo tempo, o que cria muita beleza para a planta. O nome ervilha-de-cheiro se deve ao fato de a planta produzir sementes que lembram um pouco as ervilhas comuns. Todavia, a semente da ervilha-de-cheiro não pode ser consumida, pois é extremamente venenosa.

Assim, o máximo que você pode fazer com ela é cheirar, e mesmo assim se deve lavar muito bem as mãos após esse momento. De origem italiana, a flor é nativa da Sicília e, dessa maneira, lida bem com o clima um pouco mais quente e litorâneo. Logo, planta a ervilha-de-cheiro no Brasil costuma ser uma grande opção.

Flor Espirradeira

A espirradeira é uma flor que pode ter muitos outros nomes. Dessa maneira, a planta pode ser chamada também de oleandro, loendro, flor-de-são-josé e muito mais. Porém, em muitas partes do Brasil ela é conhecida apenas como espirradeira. Essa panta costuma ficar entre 3 e 5 metros de altura, então é preciso ter bastante espaço para cultivá-la no seu jardim. Vale lembrar que a planta ainda é muito tóxica, então não a deixe perto de crianças ou animais domésticos, pois a espirradeira pode, em último caso, gerar a morte.

A flor pode ser branca ou vermelha, mas aparece mais comumente na cor rosa, em um tom muito bonito que combina com qualquer tipo de jardim. As folhas da planta são muito pontiagudas, por vezes descritas como pontas-de-lança. A planta não possui fortes exigências quanto à sua temperatura ideal, já que se adapta bem às diferentes condições climáticas impostas.

Popular na África e na Ásia, a espirradeira já possui exemplares em todas as partes do mundo, até mesmo por conta da sua facilidade de adaptação a ambientes de temperaturas variadas. Calcula-se que uma folha da espirradeira seja capaz de matar um homem de 80 quilos, com a planta sendo usada para o suicídio desde os primeiros momentos da humanidade.

Veja também

Como se Faz Saião com Leite? Para que Serve?

O saião (nome científico Kalanchoe brasiliensis) é uma planta medicinal que também pode ser conhecida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *