Home / Plantas / Flor Brinco de Princesa Branco, Vermelho, Amarelo com Fotos

Flor Brinco de Princesa Branco, Vermelho, Amarelo com Fotos

A Flor brinco de princesa – Fuchsia hybrida – é um grande sucesso de um processo de hibridações (Fuchsia corymbiflora Ruiz. & Pav., Fuchsia fulgens Moc. & Ses. e Fuchsia magellanica Lam ) e melhoramentos genéticos, que a tornaram muito populares. Na América do Sul existem cerca de 200 espécies diferentes dela, e sua origem deu-se nas Cordilheiras dos Andes.

Além de brinco de princesa, ela pode ser conhecida como fúcsia, agrado e lágrima.  O nome científico do gênero da flor brinco de princesa, Fuchsia, foi dado em homenagem ao sobrenome do médico e botânico alemão Leonhart Fuchs, que nasceu na região de Wemding, por volta do ano de 1501.

Que tal saber mais sobre a Flor brinco de princesa branco, vermelho, amarelo com fotos? Então, permaneça e por aqui e fique por dentro de tudo sobre essa belíssima flor!

Origem da Flor Brinco de Princesa

No século XIII chegou à Inglaterra e tornou-se rapidamente um sucesso nos jardins ingleses. A tradição de cultivo de jardins nos quintais das casas é uma declaração de status e também um dos maiores hobbies dos ingleses.

Brinco de Princesa no Quintal
Brinco de Princesa no Quintal

No Brasil, é a flor símbolo do estado do Rio Grande do Sul, por meio do Decreto Estadual n°38.400, de 16.04.98, tendo muito prestígio. É uma planta que têm preferência por climas frios, por isso é encontrada em locais de clima mais ameno, como nas regiões mais altas do Rio Grande do Sul, em meio à Mata Atlântica.

Pode ser encontrada também nos estados de Minas Gerais, do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Santa Catarina.

Características Gerais da Flor Brinco de Princesa

A Flor brinco de princesa, muitas vezes, é utilizada como recurso paisagístico, para adornar janelas ou pórticos (em jardineiras pendentes ou apoiado em grades), por conta também do formato da flor. Podem ser colocadas também em cestos de vime entrelaçadas,

Quando se trata das folhas do brinco de princesa, elas se apresentam em grupos de 3 a 5, são lanceoladas, geralmente com margens serradas ou inteiras, e em algumas espécies, podem ter de 1 cm a 25 cm de comprimento. As flores são pendentes e muito atraentes, podendo ter muitas variações de cores o que as deixa mais especiais.

Os cálices variam do branco ao magenta intenso e o pedúnculo é alongado e pendente, dando a impressão de ser mesmo um brinco. O cálice da flor é cilíndrico e tem uma corola com várias pétalas. Como a flor brinco de princesa é uma flor híbrida, têm diversas espécies, onde existem pequenas variações como pétalas longas e estreitas ou então curtas e largas. O fruto dela é uma baga que é comestível e suas sementes são pequenas e numerosas.

Ela se adapta melhor em regiões onde a umidade ambiente está em torno de 60% com variações de boa iluminação e sombra parcial, solo fértil, com boa irrigação e drenagem. A temperatura ideal para o plantio é de 10 °C a 22 °C.

A Flor brinco de princesa, além de ser uma planta muito atrativa para os olhos, atrai também animais como beija-flores, criando um espetáculo belíssimo à parte!

Cultivo da Flor Brinco de Princesa

Você pode ter as suas próprias flores brinco de princesa, mas para isso deve saber cuidar muito bem delas, ok?

Por exemplo, em relação ao período do crescimento do brinco de princesa é necessário adubar o arbusto da flor duas em duas semanas. Já no que se refere às adubações de reposição, elas devem ser feitas no começo da primavera e do outono para estimular a floração e no começo do verão para a pós-floração.

O procedimento correto de adubação é o de realizar a retirada da camada superficial do solo do canteiro onde a espécime estiver ou do vaso, e adicionar composto de folhas e adubo granulado, regando logo em seguida. Para facilitar o processo de adubação de reposição, é indicado que no dia anterior se umedeça o solo do vaso, pois assim a tarefa de retirar o solo superficial que será reposto.

A adubação com húmus de minhoca, que auxilia na porosidade do solo, pode ser realizada em meses alternados. Ela aumenta os teores de nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio e manganês do solo, melhora o pH e aumenta o número de microorganismos no solo.

O fim da Primavera e começo do Outono é a melhor época para realizar a propagação de mudas, onde se deve retirar os ramos terminais (estaquias) que estejam ainda sem flores e colocá-los em areia, com ou sem enraizadores. As estacas devem ser feitas de ramos jovens, que tenham entre 8 cm e 10 cm de comprimento. Uma dica para evitar que as folhas inferiores venham juntos, é a de fazer o corte logo abaixo de um nó.

Cultivo de Flor Brinco de Princesa
Cultivo de Flor Brinco de Princesa

Após o florescimento, é indicado realizar uma poda de forma a fortalecer a planta. Se houver uma irrigação em demasia nas raízes e tronco, pode-se gerar um ambiente propício ao aparecimento de fungos e podridão, que ocasionalmente podem levar a planta à morte se não tiver o tratamento mais adequado e atenção.

As mudas são vendidas a partir de R$ 40,00 (dependendo da região do país).

Classificação Científica da Flor Brinco de Princesa

Brinco de Princesa Amarelo
Brinco de Princesa Amarelo
  • Reino: Plantae
  • Divisão: Magnoliophyta
  • Classe: Magnoliopsida
  • Ordem: Myrtales
  • Família: Onagraceae
  • Género: Fuchsia
  • Espécie: F. hybrida
  • Nome binomial: Fuchsia hybrida

Algumas Curiosidades Sobre a Flor Brinco de Princesa

Já temos, praticamente, todas as informações sobre a Flor brinco de princesa branco, vermelho, amarelo com fotos. Que tal, então, saber e rever algumas curiosidades super interessantes sobre essa flor!

  • O brinco de princesa é usado no estado de Minas Gerais como uma planta terapêutica. A sua essência é empregada em curas emocionais.
  • Apesar de a Flor brinco de princesa ser encontrada, em sua maioria, na América do Sul, a planta também é cultivada em países como a Nova Zelândia e até no Taiti.
  • Mesmo sendo um arbusto pequeno e com folhas e flores delicadas, a Flor Brinco de Princesa está entre uma das mais resistentes do país.

Algumas espécies da planta produzem pequenos bagos semelhantes a frutos dentro de suas flores, que podem até ser ingeridos, sem trazer malefícios. Essa pequenina parte do brinco de princesa tem formato arredondado, cor vemelho-intenso e mede de 5 mm a 25 mm apenas.

Veja também

Como Usar a Canela Para Emagrecer?

A canela, assim como o cravo, noz-moscada, gengibre, açafrão, pimenta-do-reino, cúrcuma e outros, é considerada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *