Home / Plantas / Efeitos da Babosa no Cabelo Antes e Depois com Fotos 

Efeitos da Babosa no Cabelo Antes e Depois com Fotos 

A Aloe vera (Aloe barbadensis miller), mais conhecida como babosa, é uma planta muito conhecida. Ela é uma das espécies pertencentes ao gênero Aloe e à família Liliaceae. É usada há muito tempo no tratamento de vários problemas de saúde.

No entanto, os seus benefícios são mais amplamente explorados na indústria de cosméticos, devido aos inúmeros benefícios que essa planta pode trazer tanto para a saúde da pele, quanto para os cabelos. A babosa é uma planta verde, com folhas carnudas, no formato triangular, e cheia de nutrientes.

No post de hoje, vamos conhecer quais os efeitos da babosa no cabelo antes e depois, e todos os benefícios que ela oferece. Continue lendo.

Efeitos da Babosa no Cabelo
Efeitos da Babosa no Cabelo

Quais são os Efeitos da Babosa nos Cabelos?

A babosa é altamente hidratante. Ela oferece inúmeros benefícios para os cabelos. É uma excelente forma de tratar os fios ressecados e sem vida, de uma forma totalmente natural. A babosa promove uma hidratação profunda nos cabelos, além de ser uma aliada no crescimento e no combate à caspa, principalmente.

Abaixo, listamos os seus principais benefícios:

  • Contribui para o crescimento dos cabelos: a babosa desobstrui os poros do couro cabeludo. Com isso, a circulação sanguínea é estimulada, favorecendo o crescimento dos fios.
  • Hidrata os cabelos: a babosa é fonte de minerais e vitaminas A, do complexo B (B1, B2, B3 e B6). Por isso, ela tem ação altamente hidratante. Ajuda a repor a água dos cabelos, deixando-os macios, emolientes, hidratados e com brilho.

Por ser fonte de vários nutrientes fundamentais, a babosa é considerada como um dos melhores hidratantes naturais que existem.

  • Previne a queda e a quebra dos cabelos: a babosa tem ação fortalecedora. Por atuar no bulbo capilar, ela contribui para o fortalecimento dos cabelos da raiz às pontas. Ou seja, além de contribuir para o crescimento dos fios, a babosa promove esse crescimento com muita força.
  • Efeito reparador: a babosa é capaz de reparar os cabelos danificados, e promover o fortalecimento dos mesmos. O ácido fólico e a vitamina B12 também ajudam a fortalecer os cabelos e evitar a queda. Além do mais, as vitaminas A, C e E presentes na babosa, também ajudam na renovação celular do couro cabeludo, proporcionando mais fortalecimento e nutrição aos cabelos.
  • Combate a caspa (dermatite seborreica): a babosa é fonte de polissacarídeos e de aminoácidos. E tem propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas, que eliminam as impurezas e combatem a caspa (seborreia). Ela age reduzindo a oleosidades excessiva do couro cabeludo, a descamação e a coceira provocados pela caspa.

Ela também age regenerando o tecido em volta dos folículos capilares, contribuindo para a renovação celular.

O efeito da babosa nos cabelos é altamente hidratante. Ela deixa os fios mais alinhados, macios e saudáveis.

Babosa – Fonte de Nutrientes

A babosa é rica em nutrientes, como vitaminas, aminoácidos, minerais e enzimas fundamentais para a saúde.

Nutrientes da Babosa
Nutrientes da Babosa
  • Minerais: a babosa é fonte de cobre, cromo, manganês, potássio, cálcio, selênio, sódio, zinco e magnésio. Eles são fundamentais para o nosso organismo.
  • Enzimas: fonte de enzimas, a babosa possui em sua composição a amilase, a catalase, lipase, bradicinase, fosfatase alcalina, a peroxidase, e etc. Enquanto a bradicinase age reduzindo os processos inflamatórios, as outras enzimas contribuem para o metabolismo dos carboidratos de gorduras.
  • Antioxidantes: a babosa é fonte de vitamina A, B12, C, colina e ácido fólico. Todos esses nutrientes possuem ação antioxidante que combatem os radicais livres do organismo, prevenindo o envelhecimento precoce, os danos celulares e também o desenvolvimento de doenças.
  • Ácidos graxos: a babosa também possui ácidos graxos em sua composição, como o campesterol, lupeol, colesterol e o beta-sisosterol. Eles possuem ação anti-inflamatória, antisséptica e analgésica.
  • Antraquinonas: têm ação antiviral, antibacteriana e analgésica, combatendo doenças e infecções.
  • Carboidratos: a babosa tem ação anti-inflamatória pois é fonte de polissacarídeos e monossacarídeos.
  • Hormônios: que possuem ação anti-inflamatória e contribuem para a cicatrização.

Onde Encontrar Babosa

A babosa está presente na composição de uma série de produtos para cabelo e para a pele, como no shampoo, condicionador, gel, cremes de pentear, cremes hidratantes, e muito mais.

Produtos Feitos com Babosa
Produtos Feitos com Babosa

Você pode encontrar também a planta babosa para comprar em floriculturas e até pela internet.

Como Usar a Babosa nos Cabelos

A parte da babosa que usamos nos cabelos é o gel que se encontra dentro da sua folha. Mas cuidado ao pegar as folhas da babosa. Elas possuem muitos espinhos nas bordas.

Para retirá-lo, basta cortar a folha e raspar o gel com uma colher. Antes de usar, porém, é necessário retirar a aloína, que é uma toxina que costuma causar alergia, coceira e irritação na pele.

Trata-se de uma substância amarela que sai quando cortamos a folha da babosa. Para retirá-la, é muito simples. Basta lavar o gel da babosa em água corrente, ou coloca-lo dentro de um copo com água.

Feito isso, você pode amassar a babosa com um garfo ou bater no liquidificador. É possível aplica-la nos cabelos pura ou misturada a outros ingredientes, como máscara de tratamento, óleos, e etc.

Como Cultivar Babosa

Quem quiser ter a babosa em casa, é ainda melhor, para usar o produto da forma mais natural possível, e sempre que desejar. Além do mais, essa planta também fica linda no jardim.

Vamos aprender como cultivar a babosa:

1 – Preparar o solo: a babosa gosta de solo permeável, muito bem drenado e fofinho. A mistura ideal é composta de 50% de terra orgânica adubada e 50% de areia média.

2 – O vaso: você tem duas opções: usar um vaso grande, para que a raiz tenha espaço suficiente. Ou plantar a babosa em um vaso bem apertadinho, caso queira retirar mudas. Assim, com a planta não terá muito espaço para se desenvolver, ela será obrigada a gerar mudas.

E, na hora de plantar, as folhas devem ficar o máximo possível por cima da terra, para não apodrecerem.

3 – Regas: as plantas suculentas em geral, não gostam de ficar encharcadas. Por isso é que o solo deve ser bem drenado. Regue somente o suficiente para umedecer a terra, mas sem que ela fique muito encharcada. E certifique-se que o vaso não retém água no fundo. Caso contrário, as raízes da babosa podem acabar apodrecendo.

Basta regar a planta uma vez por semana, e pulverizando a água. Não há necessidade de usar muita água, pois esse tipo de planta consegue armazenar bastante quantidade em seu interior.

A babosa também não deve receber chuva constante.

4 – Transplante de muda: quando decidir retirar mudas da babosa, o ideal e não regar a planta por, pelo menos, 3 dias antes. Isso ajudará as mudas a se recuperarem melhor da troca de lugar.

5 – Luminosidade: a babosa necessita de muito sol. O ideal é que ela receba, diariamente, cerca de 8 horas de luz natural. Sendo assim, se for cultivar dentro de casa, é preciso escolher um local que tenha muito sol, como na beira da janela, por exemplo.

Veja também

Tabela De Ciclo Da Soja Precoce

A soja precoce, basicamente é uma variedade que desenvolve o ciclo entre o plantio e a colheita em um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *