Home / Plantas / Como se Faz Mastruz com Leite ?

Como se Faz Mastruz com Leite ?

A medicina natural está cada vez mais presente em nosso dia-a-dia. Neste cenário, nomes famosos incluem a babosa, camomila, boldo, chá de quebra-pedra e tantos outros. O mastruz (nome científico Dysphania ambrosioides) também é bastante popular, principalmente quando adicionado à leite.

O mastruz é um vegetal originário da porção central da América do Sul. Além da apresentação com leite, também pode ser consumido na forma de chá, xarope e até mesmo cataplasma (espécie de ‘papa’ medicamentosa aplicada diretamente sobre a pele). A formulação em cataplasma também é útil, pois, além dos benefícios que serão citados adiante, o mastruz apresenta nas suas folhas óleos essenciais adequados para a cicatrização de pequenas feridas.

Neste artigo, você conhecerá um pouco mais sobre os benefícios do mastruz à saúde, bem como conhecerá o modo de preparo do mastruz com leite.

Então venha conosco e boa leitura.

Mastruz Classificação Botânica

A classificação científica do mastruz obedece à seguinte estruturação:

Reino: Plantae;

Divisão: Magnoliophyta;

Classe: Magnolipsida;

Ordem: Cariophyllales;

Família: Amaranthaceae;

Gênero: Dysphania;

Espécie: Dysphania ambrosioides.

A família botânica Amaranthaceae possui 2000 espécies distribuídas em 10 gêneros. Tais espécies estão distribuídas em todo o planeta, mas apresentam predileção pelas áreas de clima tropical e subtropical.

Quais os Benefícios do Mastruz para a Saúde?

O mastruz possui ampla concentração de vitaminas, minerais e fitonutrientes. Entre as vitaminas, o destaque é para as vitaminas C, A e vitaminas do Complexo B. Em relação aos minerais, a listagem incluem o Zinco, Potássio, Cálcio e Ferro.

O Zinco e a vitamina C auxiliam a reforçar o sistema imunológico, e, com isso, atuam na prevenção de uma diversidade de doenças. Quadros de rinite, sinusite ou asma também podem ser aliviados com ingestão do mastruz com leite- apresentação que ajuda a diluir e eliminar o muco (dessa forma, desobstruindo as vias aéreas).

O consumo de chá de mastruz auxilia a aliviar quadros de má digestão, bem como gastrites e flatulências. No caso da gastrite, a bebida é capaz de reduzir o desconforto decorrente da azia, ao balancear os níveis de suco gástrico e, consequentemente, a acidez estomacal.

Há quem considere que o chá de mastruz também seja bom para eliminar parasitas intestinais. No entanto, não há um número suficiente de evidências sobre o assunto.

O consumo de mastruz também pode melhorar a oxigenação do sangue, e, por consequência, permite que os nutrientes circulem melhor pelo corpo. Tal processo pode ser eficaz até mesmo na diminuição das inflamações corporais.

Para quem é atleta, uma boa dica é aplicar cataplasma de mastruz sobre as articulações (de modo a reduzir as dores). Dessa forma, a apresentação é uma excelente aliada nas rotinas de recuperação pós-treino. Este cataplasma é bastante eficaz contra picadas de inseto e até mesmo contra pé-de-atleta.

Seja na forma de cataplasma, ou através do consumo do chá, alivia os sinais de desidratação cutânea, que também estão associados a coceiras e lesões.

Mastruz como Remédio
Mastruz como Remédio

Outra finalidade do cataplasma de mastruz é aliviar as dores e desconfortos resultantes de um quadro de hemorroidas, uma vez que o mastruz é anti-inflamatório e cicatrizante. Convém lembrar que, neste caso, as folhas devem estar ainda mais higienizadas. Esta indicação não deve substituir o tratamento convencional, mas aliar-se a ele, de modo, a trazer resultados ainda melhores.

Graças à ação de relaxamento muscular, uma xícara de chá de mastruz e, é claro, um pouco de repouso podem aliviar as desconfortáveis cólicas menstruais.

Como se Faz Mastruz com Leite?

Os ingredientes desta receita são 2 litros de leite e a medida de 2 copos contendo folhas frescas de mastruz. Caso julgue necessário, você pode reduzir ambos os ingredientes pela metade.

Folhas de Mastruz para Preparo
Folhas de Mastruz para Preparo

As folhas devem ser muito bem lavadas e adicionadas ao liquidificador, junto com o leite. Simples assim.

A bebida deverá ser armazenada na geladeira em uma jarra com tampa. A sugestão de consumo é de 2 a 3 copos por dia.

Como se Faz Chá de Mastruz?

Para o preparo do chá serão necessários apenas 500 ml de água e 5 folhas de mastruz.

Bastar colocar a água para ferver na panela e adicionar as folhas assim que a fervura começar- deixando as mesmas em ebulição durante 1 minuto. Após esse curto período, o fogo deve ser apagado e a panela tampada. Os últimos passos incluem esperar amornar e coar.

A sugestão para o consumo do chá é de 1 copo pela manhã e 1 copo pela noite.

Como se Faz Xarope de Mastruz?

Há quem prefira consumir xarope de mastruz no lugar do chá ou do mastruz com leite. Neste caso, os ingredientes são 1 copo de chá de mastruz (já preparado previamente) e ½ xícara (chá) de açúcar.

Xarope de Mastruz
Xarope de Mastruz

O modo de preparo consiste em levar o chá ao fogo junto com o açúcar e mexer até que engrosse. Em seguida, basta esperar esfriar e colocar em um vidro com tampa.

A sugestão de consumo é de 1 colher (sopa) duas vezes ao dia.

Como se Faz Cataplasma de Mastruz?

Para o preparo do cataplasma, serão necessárias 10 unidades de folhas de mastruz, bem como água à gosto.

As folhas devem ser amassadas com pilão, pingando sempre um pouco de água para ajudar a liberar o suco.

Apanhando Mastruz para o Preparo
Apanhando Mastruz para o Preparo

Após pronto, o cataplasma deve ser aplicado sobreo local afetado. Sugere-se colocar uma gaze ou tecido de algodão por cima. O ideal é que este cataplasma fique no local pelo período de 1 hora. Após o processo, basta lavar o local normalmente com água.

Consumo de Mastruz: Recomendações e Contraindicações

Convém lembrar que é obrigatório consultar a opinião do seu médico antes de realizar qualquer tratamento natural.

O mastruz é famoso no tratamento alternativo de infecções respiratórias, mas é importante lembrar que muitas destas condições demandam tratamento à base de antibióticos e até mesmo podem requerer internação. Neste caso, tudo bem recorrer ao mastruz para gripes e resfriados simples; porém, a mesma lógica não é válida para casos mais graves, tais como a pneumonia.

O chá de mastruz não pode, em hipótese alguma, ser ingerido durante a gravidez- uma vez que possui potencial abortivo.

O mastruz também não pode ser consumido continuamente, uma vez que possui certa toxicidade que resultam em náuseas e outros sintomas após o uso prolongado.

*

Depois de conhecer um pouco mais sobre o mastruz, formas de consumo, benefícios e precauções; nossa equipe o convida a continuar conosco para visitar também outros artigos do site.

Este espaço é seu.

Sinta-se à vontade e até as próximas leituras.

REFERÊNCIAS

ASTIR- Associação Tiradentes de Policiais e Bombeiros Militares do Estado de Rondônia. DICA DE SAÚDE- Para que serve a planta Mastruz e efeitos no corpo. Disponível em: < http://www.astir.org.br/index.php/dica-de-saude-para-que-serve-a-planta-mastruz-e-efeitos-no-corpo/>;

OLIVEIRA, A. Dicas Online. Mastruz: benefícios e como consumir. Disponível em: < https://www.dicasonline.com/mastruz/>;

Wikipédia. Dysphania ambrosioides. Disponível em: < https://pt.wikipedia.org/wiki/Dysphania_ambrosioides>;

Veja também

Quais as Plantas que Curam Diabetes?

Diabetes é uma doença crônica, por vezes referida como síndrome metabólica, na qual ocorre uma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *