Home / Plantas / Como Usar O Mastruz Para Cicatrização?

Como Usar O Mastruz Para Cicatrização?

O meio ambiente oferece para todos os seres humanos diversos benefícios que vão desde a alimentação, até vestimenta e medicações.

Muitos anos atrás, quando tudo ainda era mato, por exemplo, os seres humanos viviam apenas da natureza.

Isso significa que grandes empreas, indústrias e tecnologias ainda não existiam, e todas as nossas necessidades deveria ser encontrada na natureza.

Para isso, era necessário ter um enorme conhecimento acerca das plantas e flores, animais, pedras, e outros, disponíveis na terra, para acabar não sendo infectado por alguma bactériza bizarra.

Com o tempo, novas tecologias e novos conhecimentos foram surgindo, e hoje em dia, quase tudo encontrado na natureza possui estudos sérios e profundos que indicam exatamente todas as características necessárias.

As plantas medicinais são, ainda hoje, utilizadas em diversos países para diferentes doenças e condições de saúde.

Não apenas para doenças, no entanto, as plantas medicinais oferecem diversos benefícios que auxiliam na melhora da nossa condição física e também mental.

Então, acompanhe esse artigo e você vai aprender como usar o Mastruz para a cicatrização, e diversos outros benefícios que ele oferece.

Características do Matruz

O mastruz é uma planta que também é conhecida popularmente como erva-de-santa-maria, ambrósia, ambrosina, entre outros.

O seu nome científico é Chenopodium ambrosioides L. e a sua classificação científica completa é a seguinte:

  • Reino: Plantae
  • Divisão: Magnoliophyta
  • Classe: Magnoliopsida
  • Ordem: Caryophyllales
  • Família: Amaranthaceae
  • Gênero: Dysphania
  • Espécie: D. ambrosioides

O mastruz é uma planta nativa, porém não é endêmica no Brasil. Sua altura pode chegar a cerca de 1,10 metros de altura, e o seu calo é muito ereto.

Suas folhas são consideradas alternas, com seus bordos sendo um pouco siunuosos, e a inflorescência nas suas flores são de cor verde-amarelado.

O fruto do mastruz é considerado utrículo globular, de cor verde pálido e muito membranoso, com sementes de cor preta, muito pequenas e lustrosas.

As folhas do mastruz também apresentam um odor muito aromático, sendo de fácil reconhecimento, e as suas sumidades possuem um odor um pouco desagradável.

No Brasil, o mastruz é encontrado principalmente na Caatiga, Amazônia, Mata Atlântica, e em florestas ombrófilas densas.

O mastruz pertence ao gênero chamado Chenopodium e ele foi descrito primeiramente por Linnaeus, com o significado de “pé de ganso”, que faz referência ao fato de possuir folhas lobadas.

Usar O Mastruz Para Cicatrização

O mastruz é utilizado há milhares de anos como uma planta medicinal para auxiliar nos tratamentos de diversas doenças, mas principalmente para cicatrização.

Suas propriedades são excelentes para auxiliar na cicatrização mais rápida e eficaz de diversos machucados.

Isso porque as folhas do mastruz possuem óleos essenciais em uma quantidade muito grande, e o chá de mastruz é um ótimo cicatrizante.

Chá de Mastruz
Chá de Mastruz

Algumas pessoas utilizam o mastruz como um cicatrizante até mesmo nos machucados mais sérios, que estão inclusive sangrando.

O mastruz acelera o processo de cicatrização, faz também com que um ferimento pare de sangrar de forma mais rápida, e evita também que hematomas surjam, como aqueles roxos chatos em nossa pele após se machucar.

Com propriedades consideradas fermífugas, o mastruz também pode ser utilizado para auxiliar na cicatrização de machucados causados por vermes que podem se instalar no corpo humano.

Machucados que ficam abertos, ou que demoram muito para formar uma casca e se cicatrizar, também podem ser beneficiados pelo mastruz.

A forma mais comum de se utilizar o mastruz para essas feridas é preparando uma infusão da planta com água, ou seja, um chá de mastruz realmente.

Então, caso você possui o hábito, ou azar, de se machucar muito, tenha sempre folhas de mastruz disponíveis em sua casa!

Como usar o Mastruz

O mastruz pode ser utilizado de diversas maneiras, inclusive sendo passado diretamente na pele, ou em infusões de chás.

Algumas pessoas também utilizam o mastruz em forma de uma compressa, para ser colocado em cima de pancada ou contusão como mencionou anteriormente.

No entanto, o uso mais comum do mastruz é com leite. Dessa forma, as folhas de mastruz são colhidas e batidas junto ao leite, o que auxilia muito em algumas doenças respiratórias.

Outra forma muito comum também de se utilizar o mastruz é a sua infusão com água, formando chás.

A infusão de mastruz é feita utilizando cerca de uma xícara de café com folhas de mastruz frescas, com suas sementes também, em um recipiente com 500 ml de água fervente, e então aguardar cerca de 10 minutos.

Após os 10 minutos, é aconselhável que o produto seja coado, e a sua ingestão deve ocorrer de 6 em 6 horas.

O mastruz utilizado dessa forma, com leite, são indicados principalmente para tratar os problemas do trato intestinal.

Todas as partes do mastruz podem ser utilizadas, e a sua infusão pode ocorrer também com xarope, tintura, em essência ou em extrato.

Benefícios do Mastruz

Benefícios do Mastruz
Benefícios do Mastruz

Além de todos os benefícios aqui já citados, o mastruz ainda possui outras propriedades que podem auxiliar em outros temas relacionado à saúde.

O mastruz possui, por exemplo, uma quantidade muito grande de vitaminas, e isso auxiliam no fortalecimento do seu sistema imunológico.

A principal vitamina encontrada no mastruz é a C, então ele é um ótimo aliado para fortalecer nosso sistema imunológico contra gripes e resfriados.

Além disso, o mastruz também é muito utilizado para auxiliar as pessoas que possuem problemas respiratórios, como bronquite, asma, sinusite entre outros.

Isso porque o mastruz possui propriedades que auxiliam na limpeza do muco acumulado e do catarro que fica preso em nossos pulmões e narizes.

O mastruz também é um ótimo aliado quando se trata de problemas do trato intestinal, como digestão.

Nesse caso, o mastruz é muito utilizado para aliviar as dores da gastrite, e após o consumo de alimentos muito pesados e gordurosos.

Caso você seja uma mulher e sofra muito com dores da cólica, o mastruz também é muito utilizado para aliviar as dores, pois ele possui diversas propriedades que são calmantes.

O que você achou do conteúdo? Você já tomou chá de mastruz alguma vez? Conta para a gente nos comentários sua experiência com essa planta e alguma dica que você tenha!

Veja também

Papel de Fibra de Algodão: Vantagens e Desvantagens

O papel é famoso pela sua origem através da madeira, ou melhor, das fibras de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *