Home / Plantas / Como Podar a Haste de Phalaenopsis?

Como Podar a Haste de Phalaenopsis?

A poda de uma orquídea, como no resto das plantas, não é apenas conveniente, mas também necessária.
Com a poda, eliminamos as partes da planta que já estão mortas e as que impedem seu crescimento, com a intenção de que (no caso das orquídeas) elas cresçam mais fortes, saudáveis ​​e produzam uma floração maior. Falaremos em especial sobre a Phalaenopsis.

Haste de Phalaenopsis
Haste de Phalaenopsis

Curiosidades

  • Antes da poda, devemos fazer com as ferramentas e utensílios necessários, não será que, no processo, percebamos que esquecemos algo e deixemos a orquídea em uma situação desamparada
  • Tesouras de poda bem afiadas e desinfetadas, para evitar a propagação de qualquer doença
  • Carvão ou canela em pó para desinfetar
  • Vaso de flores, se necessário para realizar um transplante
  • Substrato adequado para orquídeas
  • Use ferramentas de corte muito afiadas, como tesoura para podar uma orquídea
  • Antes de começar a podar esteriliza as ferramentas, para impedir a propagação de fungos e bactérias
  • As raízes das orquídeas são podadas apenas em seu estado de repouso
  • Nunca elimine partes saudáveis ​​de uma orquídea
  • Existem orquídeas que entram em períodos de descanso e pode parecer que algumas áreas estão murchas. Em caso de dúvida, é melhor não fazer nada, consulte um especialista
  • Podar as varinhas florais das orquídeas
  • Dependendo do tipo de orquídea que você possui, você deve podar as varinhas florais de uma maneira diferente.
  • Podar as varinhas florais da orquídea Phalaenopsis
  • Entre os jardineiros, há controvérsia suficiente entre se é necessário ou não podar as varinhas florais do Phalaenopsis.
  • Como regra, as varinhas florais podem ser removidas assim que a floração for concluída e desde que a orquídea não tenha desenvolvido keiki, não tenha um nó ou a varinha floral tenha secado.
  • Se a varinha floral tiver desenvolvido um nó, é comum cortar acima do nó, de modo a favorecer o aparecimento de uma nova varinha floral ou um keiki. podar uma varinha floral orquídea phalaenopsis
  • Quando ocorre uma nova floração a partir de uma antiga varinha floral, as flores geralmente são menores e de menor qualidade,É por isso que alguns jardineiros preferem eliminá-los completamente assim que a flor termina.
  • A vantagem de não eliminar completamente a varinha floral, se houver um nó, é que podemos causar uma segunda floração, sem esperar um ano inteiro.

Podar

Continuaremos a podar a haste floral da orquídea Oncidium quando todas as flores murcharem, que geralmente duram cerca de oito semanas. Procuraremos a base do espigão floral que une o pseudobulbo e corta logo acima, tomando cuidado para não danificar o pseudobulbo. Desta forma, favorecemos o aparecimento de um novo pseudobulbo, que por sua vez irá gerar uma nova varinha floral.
Vamos cortar no ponto em que a bainha se junta ao caule. Cuidado para não cortar uma vagem que não tenha florescido, nem as folhas nem o pseudobulbo.

Removeremos o espigão, mas deixaremos o caule intacto, que só será podado quando um transplante de maconha for realizado, ou eles morrerem completamente.

Para um desenvolvimento correto de nossas orquídeas, precisamos estar constantemente vigilantes antes do aparecimento de quaisquer sintomas que nos avisem de problemas, que é melhor parar antes que se tornem irreversíveis.

Na maioria das vezes, simplesmente podando as partes danificadas das orquídeas, a planta continua seu desenvolvimento sem problemas. Podemos encontrar-nos na necessidade de podar as folhas, raízes ou ambas.

Podar Haste de Phalaenopsis
Podar Haste de Phalaenopsis

As orquídeas são suscetíveis de serem atacadas por bactérias, deixando folhas murchas e amareladas; nesses casos, é melhor remover completamente as folhas. Também podemos encontrar folhas com manchas pretas, que podem ser causadas por algumas doenças fúngicas, fertilização excessiva, rega excessiva ou uso de água dura para irrigação.

Dependendo do tamanho da mancha preta, podemos remover apenas parte da folha ou, se necessário, removê-la completamente.

Um Pouco Sobre

Como regra, apenas as raízes das orquídeas são podadas quando vamos proceder ao transplante, e isso deve ser feito quando a orquídea atingir seu período de descanso, no outono. É fácil detectar raízes danificadas, elas terão uma cor marrom. podar uma orquídea, remover raízes danificadas. Depois de cortado, procederemos à desinfecção com carvão ou canela em pó. Após a poda das raízes Vamos curar feridas durante um ou dois dias, o que não deve água, a primeira rega é o melhor feito com água fervida, para se certificar de que não contém qualquer tipo de germe que pode ser absorvido através da raízes.

Essas plantas elegantes de tais flores impressionantes precisam de cuidados específicos para serem exibidas em todo o seu esplendor, levando em consideração o substrato mais adequado e a irrigação para a poda, sendo esta uma das partes mais delicadas de seus cuidados.

Sem dúvida, suas mais de 25.000 espécies, todas com características únicas e diferenciadas, fazem desta planta uma das mais utilizadas para decorar jardins elegantes e colorir nossas casas. Uma das mais conhecidas e que você pode acessar sem problemas é a orquídea phalaenopsis, também conhecida como orquídea borboleta. Isso, como o resto das orquídeas, precisa de uma poda anual para aumentar sua floração.

As orquídeas precisam de manutenção constante para eliminar folhas e flores em más condições ao longo do ano. No entanto, você deve executar uma poda que sempre corresponda ao final da floração. Não importa a época do ano, a única coisa importante é que você faça a poda quando as flores começarem a murchar.

Embora alguns esperem que as hastes secem, recomendamos que, para obter uma floração maior no próximo ano, você pode podar sua orquídea antes que o caule seja mais lenhoso para ativar os novos rebentos.

Passo a Passo

Antes da poda, você deve esterilizar suas ferramentas para evitar possíveis doenças, como fungos.
Verifique também se as tesouras de poda manuais que você vai usar estão bem afiadas para fazer um corte limpo, para evitar ferimentos graves na planta. Da mesma forma, confirme se as flores da sua orquídea estão mortas ou muito danificadas e se a parte superior da haste tem uma cor amarelada. Também é aconselhável não podar a orquídea se ela não tiver uma altura mínima para ser considerada adulta; no caso da orquídea Phalaenopsis s é de cerca de 30 centímetros.

Depois de verificar todas as opções acima, siga estas etapas simples para podar uma orquídea corretamente:

  • Remova todas as folhas amareladas uma a uma.
  • Podar todas as hastes secas a partir do terceiro nó, sempre contando a partir da base da orquídea.
  • Corte todas as flores murchas também do terceiro nó. Lembre-se de que é muito importante que você continue mantendo a forma e a estrutura da haste original.
  • Corte as raízes da sua orquídea removendo as partes secas ou escuras. Pode ser necessário retirar a planta do recipiente para facilitar sua tarefa. Puxe levemente as hastes e segure a base com a mão para removê-la com cuidado.
  • Finalmente, adicione substrato e pulverize as folhas e a base da sua orquídea com água.
  • Podando uma orquídea: como e quando fazê-lo – Como podar uma orquídea passo a passo
  • Manutenção de orquídeas – cuidados básicos
  • Para manter-se em boas condições e pelo maior tempo possível com suas flores carnudas e grandes folhas verdes brilhantes, você precisa conhecer os cuidados básicos das orquídeas.

As orquídeas precisam de muita luz. Isso é essencial para o crescimento ideal e a floração de nossa planta. Mas tenha cuidado, nunca exponha sua orquídea à luz solar direta, pois isso pode causar danos. Certifique-se de que recebe a luz através de uma janela em caso de estar dentro ou em um canteiro de flores onde outras plantas agem como um para-sol.

Mantenha-o a uma temperatura que varia entre 20ºC e 22ºC. Sempre use substrato específico para orquídeas. As raízes grossas das orquídeas precisam de um substrato muito fino à base de casca de pinheiro para seu desenvolvimento. Se você acabou de comprar uma orquídea, verifique se ela tem várias flores e ainda tem várias fechadas. Além disso, você deve alterá-lo para um recipiente, preferencialmente de vidro ou plástico transparente, para poder realizar a fotossíntese e adicionar vários seixos no fundo, que serão os que sustentam a planta. Não os remova completamente da panela, apenas mantenha as raízes em contato com os seixos, onde será onde a água e o substrato se acumulam para crescimento futuro.

Realizando todos esses cuidados simples, florescerá várias vezes ao ano e você pode desfrutar de suas lindas flores e folhas impressionantes por mais tempo.

Veja também

Como se Faz Saião com Leite? Para que Serve?

O saião (nome científico Kalanchoe brasiliensis) é uma planta medicinal que também pode ser conhecida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *