Home / Plantas / Como Plantar Flores em Garrafa PET

Como Plantar Flores em Garrafa PET

Nos últimos anos, a preocupação com a sustentabilidade dos recursos materiais vem aumentando exponencialmente. As garrafas PET, por exemplo, são compostas por material plástico, o qual demora em torno de 450 a 500 anos para ser naturalmente degradado pelo meio ambiente.

Muito vezes, esse plástico pode ser despejado nos rios, comprometendo a vida de pequenos animais marinhos, ou poluir as ruas, trazendo consigo maior risco de doenças associadas, tais como a leptospirose. O mesmo ocorre com outros materiais, a exemplo do vidro, borracha e metal.

Uma estratégia para diminuir esse “lixo” que seria liberado para o meio ambiente é a reciclagem, ou mesmo a reutilização doméstica desses materiais, e nesse quesito as garrafas PET são campeãs absolutas. Elas têm dominado o cenário do artesanato, além de também serem usadas para armazenamento de materiais e para o plantio de vegetais.

Neste artigo, você vai descobrir como plantar flores em garrafa PET, e deixar o seu jardim e a sua casa megacoloridos e sustentáveis.

Então venha conosco e boa leitura.

Tempo de Decomposição dos Materiais e Reciclagem do Lixo Doméstico

Materiais orgânicos tais como cascas e resíduos de frutas e vegetais levam de 1 a 3 meses para se decompor, sendo facilmente mineralizados (convertidos em sais minerais para a nutrição do solo), por ação de fungos e bactérias. Esses materiais se reciclam naturalmente, pois os minerais convertidos são reutilizados por outros seres vivos, neste caso os vegetais.

O papel já demora um tempo maior, neste caso de 3 a 6 meses. Pedaços de tecido podem levar de 6 meses a um ano para serem degradados. No caso dos chicletes, este tempo sobre para 5 anos; e de 5 a 10 anos, no caso de filtros de cigarro. Madeira pintada e tampas de garrafa demandam um tempo estimado em 15 anos. O nylon leva mais de 30 anos, período de tempo semelhante ao das sacolas plásticas de supermercado. O tempo de deterioração para latas de conserva é de 100 anos, valor que sobe para 200 anos no caso das latas de alumínio. Materiais plásticos em forma de recipientes de armazenamento demandam um tempo estimado de 450 anos para deterioração. Fraldas descartáveis demandam 600 anos. Outros materiais, tais como vidro e pneu, possuem um tempo de decomposição indeterminado.

Com o grandioso tempo necessário para a decomposição destes materiais, se faz necessário um tratamento adequado para o lixo doméstico, no entanto, os processo de reciclagem ainda são insuficientes. Estima-se que, no Brasil, 76% do lixo residencial seja lançado a céu aberto, 10 % liberado em lixões controlados, 9% destinados a espaços de aterro sanitário e apenas 2% seja de fato reciclado.

Estratégias de Reaproveitamento Criativo da Garrafa PET

Cortando a parte superior da garrafa PET, e pintando-a com tinta spray, é possível criar um bonito porta-lápis para decorar o escritório. Quem quiser, pode abusar da criatividade e inserir propostas de decoupagem e pedraria. O mesmo é válido para a confecção de potes armazenadores, no entanto, no caso destes é valido cortar a garrafa, mas unir a parte superior que seria jogada fora, com a inserção de um zíper.

Com garrafas PET, é possível fazer vasos de plantas decorados, além de construir pequenas casas para passarinhos, ou estações para o beija-flor beber água açucarada.

A base da garrafa pode ser aproveitada como carimbo de flor, além de que, quando recortada pode ser utilizada para confecção de lustres (há vários tutoriais na internet sobre isso). Partes de garrafa pintadas em spray também são empregadas em decorações natalinas alternativas, nas quais são montadas grandes estruturas tais como árvores de natal, bonecos de neve e gigantescas caixas de presentes.

Também há quem usufrua da capacidade de flutuação das garrafas PET e as utilize como auxílio na construção de pequenas jangadas, ou mesmo barcos artesanais.

Sugestões de Plantio em Garrafa PET

Muitos vegetais se adaptam com facilidade à estrutura de vaso “fornecida” pela garrafa PET. Um exemplo disso são as ervas medicinais, temperos e hortaliças. No caso da alface, a dica é pendurar as garrafas apoiadas em uma parede ou tela gradeada e dispor as mesmas uma sobre a outra, dessa forma as águas de escorrimento poderão ser aproveitadas, desde que haja furos para drenagem no fundo desses vasos improvisados.

Para confecção de viveiros de mudas, é importante aproveitar garrafas menores, remover sua porção inferior, encher com água e preencher com areia na proporção de 1:3. Devem ser depositadas de 1 a 3 sementes, e revestidas por uma fina camada de areia. Este pequeno viveiro deve ser mantido protegido da luminosidade direta do sol. As mudas que brotarem deverão ser transplantadas para vasos maiores quando atingirem 15 centímetros de altura.

Espécies como as suculentas e cactáceas, em geral, podem ser plantadas na forma de jardins suspensos. Porém, neste caso, não deve-se manter o solo úmido e a incidência direta de luz solar é altamente recomendável.

Uma grande dica, inclusive de decoração, é plantar morangos nestas garrafas e dispô-los na varanda. Salsinha e coentro também são uma boa pedida, no entanto, suas raízes são profundas e demandam garrafas maiores ou plantio na garrafa em posição horizontal.

Espécies como batata-inglesa, alho, batata-doce e tomate devem ser plantados em garrafões, com maior porte que as garrafas PET tradicionais.

Como Plantar Flores em Garrafa PET: Onze Horas

Embora a maioria dos vegetais que podem ser plantados nas garrafas PET incluam hortaliças, algumas flores também entram nessa lista. A principal delas é uma espécie conhecida como Onze horas, nativa da América do Sul e que pode ser encontrada desde o sudeste brasileiro até o Uruguai e a Argentina; também é encontrada na porção sul da Ásia. A planta recebeu este nome pois abre suas flores todos os dias às 11 horas e as fecha ao entardecer.

Para o plantio desta espécie, convém remover a base da garrafa PET, realizar de 3 a 4 furos na tampa, e providenciar um suporte para vaso. Também é importante realizar alguns furos de tamanho médio (5 milimetros) ao longo da garrafa.

O preenchimento desta garrafa é feita através de uma camada de brita ou cascalho a ser depositada no fundo (para facilitar a drenagem), seguida de um fino de véu de areia e muita terra, a qual deve estar seca.

O plantio é realizado através de mudas. Essa mudas além de serem plantadas em cima do vaso improvisado de garrafa, também podem ser introduzidas gentilmente através dos furos laterais feitos na garrafa. Após esse processo, regar o solo e, se julgar necessário, acrescentar um pouco mais de terra.

Após 10 dias de plantio, as primeiras flores já podem começar a brotar.

Como Plantar Flores em Garrafa PET: Orquídeas

Muitos amantes da jardinagem doméstica já testaram o plantio de orquídeas em garrafa PET, e obtiveram bons resultados. Para isso basta cortar a garrafa ao meio. Tanto a parte de cima, quanto a parte de baixo da garrafa serão aproveitados.

A parte superior da garrafa, em forma de funil, é utilizada para o plantio da orquídea, retirando-se a tampa. A parte de cima deve ser encaixada invertida na parte de baixo, mas antes convém inserir alguns substratos na parte de baixo, tais como casca de pinos, carvão e brita. O ideal é que haja mais brita.

A orquídea será inserida na parte de cima, e, ao ser regada, o excesso de umidade vai ser drenado para o substrato presente na parte de baixo.

*

Agora que você já sabe como plantar flores em garrafa PET, continue conosco e visite também outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

 

REFERÊNCIAS

BRANCO, A. Green Me. 10 plantas que você pode plantar em garrafas PET. Disponível em: < https://www.greenme.com.br/consumir/reutilizacao-e-reciclagem/5643-10-plantas-que-voce-pode-plantar-em-garrafas-pet>;

DEUSVANDO, F. Plantio de orquídeas em PET descartável com reservatório de água. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=GjbYNwcWSMM>;

HENDERSON, N. Tudo interessante. 30 maneiras super criativas de reutilizar garrafas de plástico. Disponível em: <https://www.tudointeressante.com.br/2015/05/30-maneiras-super-criativas-de-reutilizar-garrafas-de-plastico.html>;

Portal São Francisco. Decomposição do lixo. Disponível em: <https://www.portalsaofrancisco.com.br/meio-ambiente/decomposicao-do-lixo>;

Quintal Criativo. Plantando 11 horas nas PETS. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=YZXQTtEw6yo>.

Veja também

Curiosidades Sobre a Ameixa e Fatos Interessantes

A ameixa é um membro da família das rosas e é um parente próximo de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *