Home / Animais / Tratamento Caseiro Para Ferroada de Arraia

Tratamento Caseiro Para Ferroada de Arraia

As arraias são peixes cartilaginosos com mais de 300 espécies conhecidas na atualidade. Estão distribuídas em praticamente todos os continentes e, embora haja variabilidade de espécies, elas compartilham características em comum tal como o formato do corpo em disco, achatamento dorso-ventral, barbatanas flutuantes que contornam o corpo, fendas branquiais próximo à cabeça, cauda delgada e longa, e escamas placóides na constituição da pele. Algumas espécies possuem ferrão, outra não.

Cada vez mais acidentes com banhistas e mergulhadores têm sido mais frequentes, principalmente em zonas costeiras e tropicais. Quem passa por episódios assim garante sentir dor intensa no local. A arraia não é considerada um animal agressivo e, nos casos de acidentes com humanos, utiliza o ferrão para se defender.

Poucos sabem que, dependendo da gravidade da ferroada, alguns cuidados realizados em casa farão uma grande diferença. Casos maias graves geralmente demandam atendimento médico, no entanto, nem sempre há algum estabelecimento de saúde por perto, e, enquanto o indivíduo aguarda atendimento, poderão ser administrados cuidados que previnam infecções e outras complicações.

Neste artigo, você descobrirá como proceder para realizar um tratamento caseiro para ferroada de arraia.

Então venha conosco e boa leitura.

Ferroada de Arraia: Identificando os Sintomas

Após o episódio, os sintomas mais comuns incluem dor, inchaço e sangramento no local. Também pode ocorrer fadiga, debilidade, dores de cabeça, câimbras musculares, náuseas, vômito, diarreia, tontura, vertigem, palpitações, desmaio e dificuldade respiratória.

Alguns sintomas como reação alérgica generalizada, identificada através de inchaço dos lábios, língua e respiração ofegante; perda excessiva de sangue; e convulsões sinalizam para a necessidade de tratamento médico imediato.

Na dúvida, sobre a quem recorrer, basta acionar o corpo de bombeiros através do número 193, ou o SAMU através do número 192. Portadores de HIV e Diabetes devem procurar atendimento médico imediato.

No entanto, casos mais graves ou até mesmo fatais costumam ser raros. Quando estes ocorrem dificilmente estão associados ao veneno, e sim a lesões internas dos órgãos, quando a ferroada atinge o peito ou o abdômen; assim como a excesso de sangramento, prováveis reações alérgicas e infecções secundárias.

Como Se Prevenir Contra Ferroada de Arraia

A arraia pode ser encontrada no fundo de mares e oceanos, sendo que algumas espécies também habitam locais de água doce. Os acidentes por arraia decorrem do hábito desta de se posicionarem no fundo das águas, com apenas uma fina camada de areia por cima, e os olhos para fora. Essa atitude, na verdade, é uma estratégia empregada para a caça.

Quando estiver banhando em águas tropicais, é recomendável arrastar os pés enquanto anda na água, ao invés de pisar diretamente. Dessa forma, caso entre em contato com alguma arraia, apenas encostará nela, sem a pressão natural da pisada.

No caso de mergulhadores que possam avistar alguma arraia, se houver alguma tentativa de aproximação por parte deles, é importante que seja realizada suavemente. Excesso de movimentação e ansiedade podem interferir mesmo que discretamente na pressão da água, assustando o animal, o qual poderá tentar se defender através da ferroada. Alguns mergulhadores mais atrevidos também gostam de se apoiar no dorso de algumas arraias para pegar “carona” durante o nado, atitude essa que está totalmente desaconselhável, pois estressa significativamente o animal.

Tratamento Caseiro Para Ferroada de Arraia

Ocorrido o acidente, enquanto o indivíduo ainda estiver no mar, ele pode tentar irrigar o fermento com água marinha, de modo a remover partículas e impurezas. Após isso, deve-se tentar estancar o sangramento, o que pode ser realizado através de uma ligeira aplicação de pressão no local, com o auxílio de um dos dedos das mãos. Uma sugestão é aplicar peróxido de hidrogênio para auxiliar nesta etapa, no entanto, é importante lembrar que o peróxido de hidrogênio poderá arder.

Uma das medidas mais importantes, neste caso, é mergulhar o local do ferimento em água quente, como ocorre no caso de ferroadas nos pés, locais mais atingidos. Esta etapa pode parecer incômoda, porém é de grande ajuda no controle da dor, visto que a água quente ajuda a desnaturalizar o complexo proteico do veneno. O ideal é que a temperatura esteja na faixa de 45 °C, noe entanto tomando o cuidado de evitar prováveis queimaduras leves. O tempo de imersão em água quente é de 30 a 90 minutos, ou até que o alívio da dor se torne perceptível.

Mergulhando o Pé Ferido em Água Quente
Mergulhando o Pé Ferido em Água Quente

De modo a evitar que a ferida infeccione, é importante manter o local sempre limpo e seco. A higienização poderá ser deita através da lavagem com sabonete (de preferência bactericida) e água. O uso de curativo é desaconselhável, no entanto é necessário utilizar alguma pomada no local que tenha ação antibiótica.

Outra dica caseira incrível para esses casos é dividir uma aspirina pela metade e aplica-la cuidadosamente ao longo do ferimento.

Após os cuidados realizados em casa, se o indivíduo notar que o local está muito sensível, avermelhado em excesso, inchado, coçando e produzindo secreção, é chegada a hora de procurar atendimento médico de emergência. Nestes casos, é realizada administração de antibióticos orais e intravenosos e a drenagem de abscesso.

Tratamento Médico Para Ferroada de Arraia
Tratamento Médico Para Ferroada de Arraia

Convém lembrar que feridas por ferroadas de arraia demoram a cicatrizar, logo é importante que haja total cuidado com a antissepsia do local e procura de cuidados médicos, sempre que necessário.

Protocolo Médico Para Ferroada de Arraia

Quando algum caso de ferroada de arraia chega a um posto de atendimento médico, o primeiro cuidado é remover agum fragmento de espinho ou mesmo de tecido da cauda do animal. Estes materiais nem sempre estão presentes, porém quando estão podem aumentar os riscos de infecção futura.

Kit Médico Para Tratamento de Ferroada de Arraia
Kit Médico Para Tratamento de Ferroada de Arraia

Um outro cuidado é estancar a hemorragia, caso isso não tenha sido feito antes do atendimento médico. Convém lembrar que a lesão resultante da picada de arraia, além de irregular, sangra em abundância e provoca dor intensa, que, costuma diminuir dentro de 6 a 48 horas após o episódio.

Em relação à remoção do espinho e seus prováveis fragmentos, não é indicado realizar esse procedimento caso haja penetração do pescoço, tórax e abdômen. Feridas muito profundas podem demandar intervenção cirúrgica. Em alguns casos, é necessário tomar a vacina antitetânica.

*

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o que deve ser feito após episódios de picadas de arraia, continue conosco e visite outros artigos do site.

Até as próximas leituras.

 

REFERÊNCIAS

BARISH, R. A. Manual MSD. Versão Saúde para a Família. Ferroadas de arraias. Disponível em: <https://www.msdmanuals.com/pt-br/casa/les%C3%B5es-e-envenenamentos/mordidas-e-picadas/ferroadas-de-arraias>;

Brittanica Escola. Capes. Arraia. Disponível em: <https://escola.britannica.com.br/levels/fundamental/article/arraia/482336>;

WkiHow. Como Tratar uma Ferroada de Arraia. Disponível em: <https://pt.wikihow.com/Tratar-uma-Ferroada-de-Arraia>.

Veja também

Macaco Uacari-Preto, Carauri ou Acari-Bico: Características

Hoje vamos conhecer um pouco sobre o Uacari – Preto, cientificamente chamado de Cacajao melanocephalus. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *